31 de março de 2019

DE NOVA IORQUE A CHRISTCHURCH

O que aconteceu em CHRISTCHURCH nada mais é do que uma sequência do que houve em NOVA IORQUE a dezoito anos atrás. Com o ruir das torres do World Trade Center abriram-se as cortinas para a encenação da NOVA ORDEM em público. Com as quase 3000 vítimas no WTC começou uma grande matança mundial sob a égide do “terrorismo”. Uma palavra que a partir de então marca constante presença nos noticiários.

Mas ela não só patrocinou as guerras no Oriente Médio, a “Primavera Árabe”, a destruição da Líbia e até a guerra na Síria. Nesta caminhada fez surgir o Estado Islâmico, talvez o objetivo maior da NOVA ORDEM MUNDIAL.

Para não me tornar repetitivo, eu recomendaria a leitura, aqui neste blog, da postagem que publiquei em 13.04.2018 sob o título “O QUE É GLOBALISMO”, e , se não for demais, também a anterior.

Voltando ao IS (Islamic State). É chamado estado, mas não tem estado, não tem fronteiras, não tem estrutura de governo, não tem Banco Central, não tem população, só tem guerreiros! Assim teve, ou tem, dinheiro para compra de material bélico, para alimentar e movimentar suas tropas, para cortar cabeças. Foi criado para fazer nascer uma consciência islâmica, uma união dos muçulmanos, isto porque o grande objetivo dos globalistas é fazer com muçulmanos e cristãos se dizimem mutuamente. O grande Pacto Migratório assinado recentemente em Marraquexe, com a presença de 150 países faz parte desta estratégia. Quanto a esse pacto a chanceler alemã Merkel revelou um detalhe curioso: Se enganam os representantes dos países, que pensam estarem livres dos compromissos do acordo, porque a assinatura de dois terços validou seus termos para TODOS.

Além de guerras, no que se refere a atos de terrorismo, tudo o que vem acontecendo desde que Bush pai mencionou em público pela vez primeira a NOVA ORDEM MUNDIAL (isto num discurso em 11.9.1990, curiosamente 11 anos antes do WTC em 2001), é parte do grande projeto de estabelecê-la. Anders Breivik, Oslo 2011, iniciou a série que por ora terminou em Christchurch. No entremeio houve Barcelona, Londres, Bataclan, Charlie Hebdo, Nice e Berlim. O primeiro e o último teriam como autores cristãos ou brancos, ambos aprisionados. As demais ocorrências supostamente foram causadas por seguidores do islã, que ou não sobreviveram ou não foram detidos.

Os autores Anders Breivik e o último, Brenton Tarrant, chegaram a escrever longos manifestos. Não sei se foram publicados, ou não, e também não procurei. Tenham os atentados sido executados por iniciativa própria dos autores, ou gerenciados por outros escalões, o certo é que tudo o que foi relacionado aí em cima se enquadra, faz parte, de uma ardilosa estratégia diabólica, monitora da implantação do globalismo.

39 comentários:

  1. É inadmissível que evidências como a de abaixo passe sem relevância alguma na mídia de massas e ao mesmo tempo se queira afirmar que a mídia de massas não faz parte da globalização.

    Olhe a notícia no print do link sr. Toedter:

    https://3.bp.blogspot.com/-GJ9J9nBdlTM/XI__rmf3S7I/AAAAAAAARhw/1kAETy0UdccIjnCtWRVfXaK83qvndZw3ACLcBGAs/s1600/NZshooterIsrael.jpg

    Grade abraço!

    ResponderExcluir
  2. A cultura ocidental tem morrido uma morte politicamente correta - Paul Craig Roberts

    https://worldtraditionalfront.blogspot.com/2019/03/a-cultura-ocidental-tem-morrido-uma.html

    ResponderExcluir
  3. Enquanto um grupo de mídia e políticos agrupa o lado islâmico como Merkel e o Pacto Migratório, um outro de mídia e políticos agrupa o lado branco e/ou nacionalista e/ou cristão. E ambos os agrupadores tem algo em comum, nenhum deles denuncia quem em realidade por detrás está dessa zorra toda: a Maçonaria e Israhell. Por isso não são confiáveis criaturas como Trump, Bolsoasno, Putin, Viktor Orbán, Matteo Salvini e outros pseudo defensores dos brancos e/ou nacionalistas e/ou cristãos.

    Pra entender isso é fácil:
    1) lema do Mossad diz: "pela fraude farás a guerra" que coincide com o
    2) lema da Maçonaria: "ordo ab chao" que coincide com a
    3) estratégia judaico-bolchevique comunista da Tese x Antítese = Síntese.

    Eles jogam nos 2 lados, por isso sua agenda sempre avança. Mas explica isso pro gado.

    Cobalto

    ResponderExcluir

  4. Supremacistas brancos com o rabo entalado

    O homem confessou a sua ligacao a uma area radical de extrema direita se nao leu o memorando devia ter lido antes de escrever, um supremacista branco assassinou 50 islamicos que oravam. O que e um supremacista branco? que odio lhe bombeia o sangue e o leva ao crime cobarde. Nada mais nada menos que o mesmo fervor tribal de identidade que anima o neofascismo e radicalismo ideologico e religioso etnico, todos sao ferozes defensores da tribo,sao todos um retrocesso civilizacional. O capitao do mato vinicius de morais,dizia com orgulho ser o branco mais preto do brasil. Eu tambem sou branco preto judeu muculmano cristao etc etc.

    Supremacistas brancos, sao as bestas que se reduzem a merda de uma tribo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um tipo de incidente que só favorece caluniadores da identidade branca. O mais intrigante, literalmente, é que um dos envolvidos em tal caso, fugiu para Israel. Mas a mass midia (judaica em grande parte do Ocidente) preferiu não difundir. Por que?

      https://intellectualobserver.com/the-fifth-suspect-of-christchurch-shootings-has-defected-to-israel/

      Aqui abaixo, se as letras estiverem pequenas, um recurso gráfico irá lhe ajudar:

      https://3.bp.blogspot.com/-GJ9J9nBdlTM/XI__rmf3S7I/AAAAAAAARhw/1kAETy0UdccIjnCtWRVfXaK83qvndZw3ACLcBGAs/s1600/NZshooterIsrael.jpg

      O autor do tal manifesto, o tal Tarant, parece ter também algum apreço pela 'Terra Santa', talvez indo até visitá-la.

      https://www.timesofisrael.com/new-zealand-mosque-shooting-suspect-reportedly-visited-israel-in-2016/

      Quanto ao ódio aos brancos, sem novidade vindo da frente hasbará:

      Uma apresentação ao tema, pela ótica do judeu Noel Ignatiev:

      Harvard odeia a raça branca? – Por Paul Craig Roberts
      https://worldtraditionalfront.blogspot.com/2018/06/harvard-odeia-raca-branca-por-paul.html

      “Judeus, comunistas e o ódio genocida nos ‘Estudos sobre a branquitude’”
      https://worldtraditionalfront.blogspot.com/2018/02/judeus-comunistas-e-o-odio-genocida-nos.html

      Me surpreende a ausência da ala do judaísmo internacional, da linha de Adolphe Cremieux, difundindo universalismo daquele iluminado pelas luzes da razão, ficar omissa ou sem voz relevante alguma contra os postulados de Noel Ignatiev, conforme exposto nos links dos artigos.

      Fica a pergunta: Pode-se considerar que o judaísmo internacional ao se silenciar e não combater um difusor do ódio (esse sim, ódio cego e declarado) como Ignatiev, toma tal posição por se coadunar com as posições de Ignatiev?

      Excluir
    2. Existem vários supremacismos, e tendem ao exagero ou distorções.

      Abaixo um pouco do supremacismo judaico, a partir da boca do principal e mais influente rabino de Israel nos últimos anos, ao menos publicamente, e que inclusive influía muito no Likud (partido de Netanyahu) e na política em geral do Estado judaico.

      5 of Ovadia Yosef's most controversial quotations | The Times of Israel

      Selecionei a 3ª citação da lista, que é bem pertinente em nossa temática:

      '3) The purpose of Gentiles — to serve Jews:

      “Goyim were born only to serve us. Without that, they have no place in the world – only to serve the People of Israel.”

      “In Israel, death has no dominion over them… With gentiles, it will be like any person – they need to die, but [God] will give them longevity. Why? Imagine that one’s donkey would die, they’d lose their money.

      “This is his servant… That’s why he gets a long life, to work well for this Jew.”

      “Why are gentiles needed? They will work, they will plow, they will reap. We will sit like an effendi and eat… That is why gentiles were created.”

      — Weekly Saturday night sermon in October 2010'

      https://www.timesofisrael.com/5-of-ovadia-yosefs-most-controversial-quotations/

      Ao menos o velho Ovadia Yosef era transparante em alguma medida.

      Excluir
    3. Existe o supremacismo bom que e o teu e o supremacismo mau que e dos outros, mas o pateta o que quer dizer supremacismo branco preto amarelo as riscas?😇😇😇😇😇😇 vai para a tua tribo.

      Excluir
    4. Quem começaste com o supremacismo aqui foste tu! Te mostrei o supremacismo judaico, ao menos parte dele.

      Também lhe mostrei o que é o ódio, nas palavras de Ignatiev, já que estavas a tocar na questão de ódios.

      Achei pertinente citar fontes judaicas, para lhe dar mais credibilidade.

      Mas como se fazes de surdo, cego e mudo nos foruns, de modo conveniente, afinal em duas postagens acima lhe dei suficiente para se empanzinar. Mas tem mais aqui, guardado para ti.

      O que é mais odioso que a assumida Sampson Option? Isso é real, ao contrário de fantasias judaicas sobre o holocausto (inclusive já ensaiadas em 1919 conforme aqui: https://worldtraditionalfront.blogspot.com/2019/01/a-crucificacao-dos-judeus-deve-parar.html )

      Novamente optei por usar fonte judaica, no caso Michael Chossudovsky (acho os livros dele contribuir na compreensão da geopolítica).

      "The Samson Option – taking out Israel’s enemies with it, possibly causing irreparable damage to the entire world – has been floated by Israeli strategists including Ariel Sharon, as a last-ditch option if Israel faces annihilation."

      https://www.globalresearch.ca/israeli-political-insanity-the-samson-option-israeli-letter-poem-to-grass-if-we-go-everyone-goes/30460

      Seus superiores da frente hasbará devem estar a lhe apertarem as bolas, já que nem fôlego tem mais para arriscar os dentes aqui comigo e pula e finge-se de surdo de modo conveniente. Releia as duas postagens minha acima... desfaz bem as intenções hasbará de defender com mentiras a imagem do judaísmo internacional e sionismo.

      Excluir
    5. "Existe o supremacismo bom que e o teu e o supremacismo mau que e dos outros" Olha o que dirigiste a mim lhe servindo:

      'O que é o Poder Judeu, grupo punido por 'incitar racismo' que pode chegar ao governo de Israel

      O legado radical do rabino Meir Kahane pode ser restaurado nas próximas eleições em Israel, marcadas para 9 de abril, em especial por meio do partido Poder Judeu, herdeiro das ideias do rabino, se aproximou do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, que tenta reeleição'

      https://www.terra.com.br/noticias/mundo/o-que-e-o-poder-judeu-grupo-punido-por-incitar-racismo-que-pode-chegar-ao-governo-de-israel,2d52b007fafa7f8622a2743a0eedbb6d4uw7vzmf.html

      Qualquer confronto as claras a profissão hasbará é triturada! Estás sendo triturado aqui!

      Excluir
    6. Nao digas asneiras moco, sabes porque nao se pode discutir contigo porque tens po de mico judaico na mona.se nao sabias que num estado democratico como israel e normal que os seus detratores e dissidentes que ate apelam a sua destruicao o possam fazer livremente. Tenham ido a conferencias a teerao de negacionistas etcetc, e tenham lugar em israel. sempre que tu poes ai ou citas uma dessas pessoas como testemunha abonatoria a tua causa so provas essa mesma democraticidade israelita eheheh, e claro que nos outros estados da zona quem se atreve a tanto tem que fugir a sete pes para o imperialista e democratico e demoniaco ocidente, e mesmo assim pode acabar retalhado numa embaixada de um qualquer pais, tipo turquia. E claro que em israel estao mais proximo de chegar ao poder extremistas de direita do que qualquer bacoco religioso. Mas continua como a avestruz e veras a luz das profundezas.ate pareco o jeremias lololol

      Excluir
    7. Já começamos discordando em certas premissas!

      Há um mal enorme, dentre tantos na Idade Contemporânea, a saber, a deturpação das palavras. E a palavra 'democracia' é um saco que acumula mais sentimentalismo e falácias que qualquer outra coisa. Nem na pátria original ela era vista como a melhor solução, mas sim como um estágio de dissolução da cultura. E esperança dos 'internacionalistas' da época para poderem fragmentar um poder real e soberano, hierárquico e não montado através de convenções artificiais totalmente camufláveis e ambíguas.

      Chegamos aqui à Israel: convenções artificiais, camufláveis e ambíguas.

      Se tem um partido que é satisfatoriamente transparente em suas intenções, o tal 'Poder Judeu', que para os desinformados é algo chocante, mas veja lá, isso temos desde sempre, Levitas na alegada monarquia unida entre Israel e Judeia, depois os partidários de Esdras, depois as sujeiras que culminaram em Esther, depois os de Onias III e macabeus no período selêucida, depois Shamaia (oposição à Hilel), depois zelotes,e a coisa vem até a época moderna.Atuaram e atuam na região local, na Palestina, ou em região concentradora e central da diáspora, especialmente nos assentamentos do Pale no leste da Europa. Chegamos na Rússia e tínhamos o Poale Zion e tudo por trás do bolchevismo, e não poucos dessa leva extremista foram acolhidos em Israel, ocuparam cargos da mais alta liderança! E liderança formal ou informal, pois grupos terroristas como Haganah e Irgun tinham em suas fileiras elites judaicas procedentes dos movimentos de agitação judaica na Rússia czarista, 'diplomadas' com 'méritos'. Ze'ev Jabotinsky é um desses! Yitzhak Ben-Zvi é outro! Esta esquerdalha na Rússia era ponte e substrato para o nacionalismo sionista mesmo, fazendo possível um Menachem Begin vindo do Irgun e formar o Likud de Netanyahu! Chegamos a atualidade. O Likud é na realidade a mesma coisa que o partido Poder Judeu, só que camuflado pela mídia ocidental, isto é, pelas agências de notícias e publicistas em maior parte judeus ou subsidiados por estes!

      Assim é o que vale para dentro de Israel, nomes e oposições com disfarces de diversidade de vozes democráticas, mas que possuem a essência no ultra-nacionalismo!

      Excluir
    8. Continuação:

      Mas e fora de Israel? Como é usada a ambiguidade judaica? Diversidade disfarçada que na verdade é sempre nacionalismo também? Ou é algo que possui duplicidade conforme a conveniência? É este último caso! Como não lembrar agora que os mesmos trotskistas na URSS eram marxistas, mas nos EUA quando chegaram corridos de Stalin viraram os NEOCONS?

      Só que esses extremistas são só metade da missa! Em nações que procuram sua coesão e nacionalismo, eles mudam para esquerda, e viram corroedores das bases identitárias dos países que os acolhem, podando o crescimento de nacionalismos sem vozes judaicas nos parlamentos ou hierarquias! O judaísmo internacional em sua forma de esquerda 'moderada' faz esse trabalho usando a democracia, e louva-se a democracia como fazes aqui, hasbarah.

      Então democracia nos outros países é empecilho para nacionalismo real sem falsas oposições. É bom lembrar que mesmo nacionalismos legítimos, como qualquer grupo humano possui conflitos devido a pluralidade natural, o que é completamente diferente de pluralidade artificial ou degenerada! O judaísmo internacional fomenta essa democracia de oposições e conflitos artificiais aumentando as oposições e conflitos naturais, porem estes últimos são conciliáveis, enquanto as oposições e conflitos artificiais, que precisam da democracia, não são conciliáveis! Este é o ponto que justifica o nacionalismo para todos povos e invalida a democracia para todos os povos!

      Em Israel há nacionalismo, e a democracia, instituição artificial e debilitadora, é só fachada, sendo a essência dos partidos que realmente atuam o nacionalismo judaico. Enquanto fora de Israel o judaísmo internacional fomenta democracia sem ser fachada, debilitando as nações para que não tenham força proveniente de unidade, unidade esta que impede a existência da diáspora judaica que vive explorando os povos e é a condição indispensável para continuar vivo o anseio judaico de domínio universal.

      O sionismo de Herzl, esse eu concordo, ao menos em seus traços delineados no livro dele ‘Estado Judeu’, onde os judeus do mundo iriam para um Estado, saindo da diáspora onde causavam atritos com os demais povos, e no Estado Judeu iriam desenvolver sua vida e identidade. É justo, e inclusive os nazis concordaram, e fizeram o acordo de Haavara, mas as lideranças judaicas, de Rothschild à Achad Há’an queriam um Estado Judeu concomitante com a diáspora, pois só o Estado judeu sem a diáspora não permite o anseio de domínio universal judaico vivo, é preciso a diáspora para simultaneamente impedir o nacionalismo das demais nações e absorver recursos destas! Isso é claro, e isso decidiu por fim ao sionismo original de Herzl e avançar o estado atual das coisas!

      DAÍ OS LOUVORES DO JUDAÍSMO INTERNACIONAL À DEMOCRACIA PARA OS DEMAIS POVOS, ENQUANTO EM ISRAEL SE MANTÉM NACIONALISMO, APENAS USAM DISFARCE DE DEMOCRACIA!

      Excluir
    9. Moco se nao deixas de imitar o avestruz ficas ceguinho, olha rapazito israel e o unico pais no medio oriente onde nao existe democracia, estas contente? concordo contigo e tudo neeeeeee. Conseguiste a tua epifania? 😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂, mas tem cuidado com a democracia dos outros para nao acabar em pedacos.😷😷😷😷

      Excluir
    10. Fugiu, ou imitou o avestruz, das reiteradas ameaças judaicas de exterminar a Europa (Opção Sansão) como foge o diabo da Cruz.

      "Eles vão de um crime a outro" 2.700 anos e nada mudou. Aliás, pioraram pois agora tem armas nucleares.

      Cobalto

      Excluir
    11. "Eles vão de um crime a outro" 2.700 anos e nada mudou. Aliás, pioraram pois agora tem armas nucleares"

      Vao vao, o "crime" chama-se defender a sua sobrevivencia.sempre ao longo de seculos😇😇😇😇

      Teeemmmmm, nem precisam disso se tem, que ninguem sabe se tem mesmo,mas sem eles nao prestam neeeee😂😂😂😂😂😂😂😂 como poderao ter alcancado tal tecnologia..

      Para que querem eles as armas nucleares para se defender de semitas arabes? em 1947 seis paises arabes estabilizados e com exercitos formados ha anos fugiram a sete pes😀😀😀😀😀😀 dos israelitas maltrapilhos que defenderam o seu recem atribuido territorio, em 1967 na guerra dos seis dias, varreram novamente os exercitos arabes e avancaram e conquistaram territorio para alem do territorio de partilha que ainda mantem algum, em 1973 nova tareia nos arabes que tinham decidido atacar israel no yom kippur, os arabes depois mudaram de tactica e mandaram criancinhas para a frente de batalha, os celebres soldadinhos de chumbo de arafat, as intifadas, mas os gajos sao terriveis, ou nao fossem judeus e tivessem um deus e um jeremias a jogar do lado deles,😀😀😀😀😀 os arabes que o digam, nao precisam de armas nucleares ate com fisgas como o david, nao tem o teu deus jave do lado deles??😂😂😂😂😂😂 tu e que podias pedir ao jeremias para o teu deus ser mais justo neee😂😂😂😂😂😂
      Nao sejas avestruz olha que a escuridao cega, ja viste as toupeiras😇😇😇😇 da cumprimentos ao amigo jeremias.mas comeca a ser chato, sera da idade? Repete sempre o mesmo.😇😇😇😇

      Excluir

    12. "concordo contigo e tudo neeeeeee. Conseguiste a tua epifania?"

      Fatos comprovando fatos, que dão razão a minha "epifania" rsss.

      Democracia é fachada para política subterrânea, geralmente também a democracia é apenas falsa oposição por causa da força da política subterrânea. Havia dito que em Israel seja Likud ou Poder Judeu, Partido Branco e Azul ou o que for, é política judaica, supremacismo judaico, e falácias levitas especifico aqui agora.

      Israel's Election: Two Sides of the Same Coin
      Jonathan Cook

      https://www.jonathan-cook.net/2019-04-07/netanyahu-and-gantz-are-two-sides-of-the-same-coin/

      "Gantz, who heads the Blue & White party, hardly emerges spotless, either. He has steeped himself in dubious military glory with ads showing footage of the devastation in Gaza that he presided over, a bombing spree that killed more than 500 children. The video bragged about his sending the enclave "back to the Stone Age". Blue & White, which includes two other high-powered generals, is the Israeli security establishment's effort to oust Netanyahu, who is seen as having squandered international goodwill with his public intransigence on peacemaking ... This time, there are no left-leaning parties in the running. This is a straightforward slugging match between the right wing (Gantz) and the even more right wing (Netanyahu)."

      Excluir
    13. Abaixo um exemplo de "vai qualquer coisa que cola!" É válido para mostrar MAIS uma vez o judaísmo internacional em ação! Era Sarkozy exortando judeus da França a defenderem Israel, depois o lacaio Rothschild Macron fazendo algo semelhante, aí a coisa no outro lado do Atlântico é a mesma. É isso! Expor o judaísmo internacional! De vários centros, mobiliza-se a política externa das nações, isto é, a política INTERNACIONAL, com judeus na articulação, sempre, e muitas vezes na execução!

      Pres. Trump Says He Made Snap Decision on Golan After 'Quickie' History Briefing With Kushner, Friedman and Greenblatt
      The Times of Israel

      https://www.timesofisrael.com/trump-says-he-made-snap-decision-on-golan-after-history-crash-course/


      President Donald Trump said Saturday that his decision to recognize Israeli sovereignty over the Golan Heights was made swiftly after a "quickie" history lesson. Trump last month signed a proclamation recognizing Israel's de-facto annexation of the plateau, upending decades of US policy. The move drew some international condemnation and Israeli praise. The president told the Republican National Coalition's annual convention in Las Vegas that he decided on recognizing Israel's hold on the territory after getting a rushed briefing from senior White House aide Jared Kushner - his son-in-law - ambassador to Israel David Friedman, and negotiator Jason Greenblatt. He said the three had phoned him about an unrelated matter when he brought up the Golan, but did not say when the conversation took place.

      Acho que os links atendem o que afirmei nessa série acima de colocações. Irra, se fosse uma luta de boxe, estarias já com a cara deformada, mas não é luta de boxe, é uma quase erística, e então irá ter que se contorcer e deformar seus 'argumentos', mais ainda...

      Excluir
    14. Moco, voce nao entende nada de politica internacional nem do que escreve, o que tu dizes e citas vale zero sobre o estado de alma que levou o trump a essa decisao percebes o facto? 😂😂😂😂 mas o que conta,donald trump assinou um decreto presidencial, conhecido nos e.u.a. como ordem executiva, que reconhece os montes gola como territorio israelita, o decreto judicial de donald trump tem o poder de lei, mas pode ser contestado judicialmente ou revogado por um futuro presidente, logo, a medida nao e definitiva e esta a ser entendida mais como um ato simbolico dos estados unidos, de apoio a israel e especificamente a netanyahu, primeiro-ministro de israel, nao dos judeus, mas de cidadaos israelitas,que tem usado a imagem de trump na sua campanha para as eleicoes de 9 de abril e o reconhecimento americano da anexacao dos gola foi usado como um trunfo eleitoral e com resultado certeiro, mas tem mais, se nao for revogado por outro presidente ou judicialmente, o que nao deve acontecer devido a habitual tendencia politica dos e.u.a. para com israel sera um facto consumado.😂😂😂😂😂😂

      Quanto a ganz e as 500 criancas mortas, ja nao sao do tempo da intifada, dos soldadinhos de chumbo do arafat, por isso so podem ser aquelas que o hamas usava como escudos humanos em locais de onde lancava roquetes em escolas hospitais onde guardava armamento, enfim tacticas humanistas e de protecao dos civis muito avancadas para o nosso entendimento civilizacional que como sabemos somos atrasados em relacao a eles.

      So me saem dukes😤😤😤😤😤

      Excluir
    15. Nessa sequência acima de bate e volta entre nós, deste uma passo e se fazes de esquecido nos outros.

      A diápora hasbará! Cercando presidentes alheios, e deixando de fazer-lhes alheios!

      Foi o Bernard Baruch, Brandeis e cia ao redor de W. Wilson.
      Depois o mesmo Bernard Baruch, F. Frnfurter, H. Morgenthau a cia ao redor de F. D. Roosevelt.
      Agora esses aí ao redor de Trump!

      ´
      É judaísmo internacional isso, diferente de diplomacia!

      Sei que teu trabalho é medido por falácias e evasões, e te entendo rsss, pois és hasbará. Nem espero nada daí a não ser falácias e evasões. Da minha parte cabe expor isso!

      O que importa aí é que não há oposição real no parlamento judeu, como havia entre saduceus e fariseus no Sinédrio pelos idos dos selêucidas e romanos, agora é tudo sionista e quase tudo de origem terrorista! Procedem do Haganah, Irgun, e até de terrorismo judaico da Rússia czarista, foram absorvidos pelo Likud, fundando pelo Menachen Begin, coloco de novo, para ter o prazer de ver mais um contorcionismo teu! Aí essa turma do Kahane e do Poder Judeu é só mais outra frente extremista.

      O Estado Sionista é aquele capaz de se alinhar com o ISIS!!!

      https://www.jpost.com/Middle-East/Report-ISIS-Israel-temporary-allies-against-Iran-515358

      Só isso já valia a intervenção externa, dissolução do parlamento e do Estado Judeu. Não falta lugar para vocês!!! Biro Bijam está de pé!

      Terrorismo contemporâneo vem dessa turma!

      Repare que quando implementaram o parlamento na Rússia, o Duma, a coisa não melhorou, havia falsa oposição de certa maneira, Menchviques sob a liderança do judeu Martov, Bolcheviques sob a liderança do meio-judeu Lenin, e Trotsky-Bronstein, judeu também, oscilando entre ambos lados. Falsa oposição em termos de judaísmo internacional. Desses grupos aí, que fermentaram o comunismo-marxista, tal como o Poale Zion saíram os grupos da segunda geração (1890-1917) que eram do socialismo-marxista na caso dos outros e ao mesmo tempo sionita-nacionalista na pretendida futura nação!

      Exatamente como hoje!

      Excluir
    16. Essa agora, abaixo, foi nível pastor evangélico! Mas pastores possuem linhagem rabínica de certa maneira. Vamos 'sentir' as emoções abaixo:

      " o que tu dizes e citas vale zero sobre o estado de alma que levou o trump a essa decisao percebes o facto? "

      O 'estado de alma' quer dizer lavagem cerebral de judeus ao redor dele, apenas isso.


      Em tempo, tu caíste pelas tábuas agora ao fazer ataque ad hominem a mim. Vejamos:

      Escreveste isto:

      "voce nao entende nada de politica internacional nem do que escreve"

      Em primeiro lugar não escrevo como anônimo, e sim da minha pessoal real. Enquanto isso fazes aqui o contorcionismo sob anonimato.

      Em segundo lugar, ao menos tenho um bacharel, Farmácia e Bioquímica, e duas licenciaturas, uma em História e uma em Filosofia, fora formação na cultura clássica, além de estudos em demais tradições, que é o mínimo que se deve ter desde sempre um ocidental no primeiro caso, e um tradicionalista no segundo caso.

      Terceiro, não faço malabarismos nem contorcionismos, e nem me faço de cego, surdo e mudo, diante dos fatos. Muito menos preciso recorrer a alegações bíblicas para justificar geopolítica, e veja bem nesse último caso que mesmo sendo anti-iluminismo uso aí mais as chamadas 'luzes da razão' que tu o qual recorres ao fanatismo para a geopolítica ao trazer explicações baseadas em 'povo eleito'. Contradições e mais contradições da sua parte, que anda a fazer metamorfoses, indo a 'aleatoriedade', para 'explicar' que a articulação do judaísmo internacional é coincidência, até o fanatismo valendo-se de alegações de 'povo eleito' para explicar a geopolítica.

      É, andas sempre abaixo da linha do razoavelmente racional... e no anonimato.

      Quanto a mim? Além do que expus sobre mim mesmo, completo que não preciso de nada do que tu te utilizas: 'aleatoriedade' e 'fanatismo' para formular 'explicações' e nem de anonimato. Normal, é o mínimo que qualquer indivíduo normal faz, algo inatingível para qualquer hasbará ehehehe

      Excluir
  5. Vamos la e capaz de enquadrar nesta sua prespectiba globalista o ataque de dois estudantes a uma escola de s. Paulo? E que isto de ser selectivo e conspirativo ja todos sabemos como funciona.😁😁😁😁😁

    ResponderExcluir
  6. O entalanco


    "Sou apenas um homem branco normal, de uma família normal, que decidiu tomar uma posição para assegurar o futuro do meu povo"Os objetivos do ataque, assumiu, era "criar um clima de medo" e "incitar à violência" contra os muçulamos. Para Tarrant, estes "grupos de invasores" estão a tentar "ocupar" as terras e a "substituir etnicamente" o seu povo.

    No documento, o atirador conta ainda que teve um "breve contacto" com Anders Breivik, o neonazi responsável por um ataque terrorista que matou 77 pessoas, principalmente jovens, num acampamento político em Utoya, Noruega, a 22 de junho de 2011. O australiano diz que Breivik lhe deu a "bênção" para realizar o ataque, definindo-o como uma "vingança" por todos os atentados terroristas perpetrados por muçulmanos contra europeus e as "milhares de mortes" por eles causados.

    "As origens da minha linguagem são europeias, a minha cultura é europeia, as minhas crenças políticas são europeias, as minhas crenças filosóficas são europeias e, mais importante de tudo, o meu sangue europeu", escreveu, tentando explicar os motivos porque se sente próximo da Europa. Além de Breivik, revê-se em outros exemplos que "se posicionaram contra o genocídio cultural e étnico" do Ocidente,"Eu fiz uma viagem à Europa ocidental e estive em países como França, Espanha, Portugal e outros. O primeiro evento que provocou a mudança na minha cabeça foi o ataque em Estocolmo, no dia 7 de abril de 2017. Foi mais um ataque terrorista numa série de tantos outros que nunca mais acabam", escreveu o homicida.

    E todos os matadores foram presos, sem fugas vao para a cadeia.😁😁😁😁😁😁😁,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tarrant e Brevik são duas operações bandeira falsa de israHELL, agentes do mossad. por isso não foram mortos hehe

      Excluir
    2. Declaração Judaica de Pureza Racial:

      "Queremos que a assimilação seja substituída por uma nova lei: a declaração de pertencer à nação judaica e à raça judaica ...

      Pois somente aquele que honra sua própria raça e seu próprio sangue pode ter uma atitude de honra em relação à vontade nacional de outras nações."

      Dr Joachim Prinz, vice-presidente do World Jewish Congress ("Wir Juden", 1934, pág. 150-1) citado por Israel Shahak, "Jewish History, Jewish Religion")

      Cobalto

      Excluir
  7. O Maçom Breivik matou crianças norueguesas, não estrangeiras!

    É do interesse Judaico, é do interesse da humanidade que os brancos passem por um genocidio. Até que as crianças brancas sejam queimadas vivas, mulheres brancas estupradas, mutiladas, assassinadas e todos os homens brancos que não tenham sido assassinados assistam imponentes seu povo aterrorizado;apenas então a humanidade estará em maior pé de igualdade, pronta para discutir privilégio branco e o aparente complexo de inferioridade que as maiorias tem! Rabino Ishmael Levitts.

    Se esses judeus não fossem racistas, eles iriam viver numa boa junto com os palestinos numa Republica Comunista Judaica-Palestina, sob as asas do jargão maçônico de “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Se esses judeus não fossem racistas"

      Responda so a uma pergunta:
      POrque razao os palestinianos nao formaram o seu estado nas terras da Partilha?
      É que durante 20 anos de 1948 a 1967, os israelitas não estavam la e só passaram a estar depois de terem sido atacados a partir de lá.

      Excluir
    2. A questão não é essa, hasbará malamado. A questão é por que os palestinos deveriam aceitar perder mais da metade de suas terras (as melhores partes, mais férteis, com mais água) por seus antepassados milenarmente habitados pra um agrupamento de amaldiçoados por Deus?! É só lermos Jeremias 9:3:

      "A língua deles (dos judeus) é como um arco
      pronto para atirar.
      É a falsidade, não a verdade,
      que prevalece nesta terra.
      Eles vão de um crime a outro;
      eles não me reconhecem",
      declara o Senhor.
      ("assim declara o Senhor", não foi Hitler)

      Cobalto

      Excluir
    3. " por seus antepassados milenarmente habitados "

      quem era esse povo esse governo essa cultura,😀😀😀😀😀,
      Nao seriam uns beduinos que quando a agencia judaica comecou a comprar terras as venderam imediatamente. Muitos deles ate nem viviam la eram grandes latifundiarios que viviam no cairo, tipo familia de arafat. O rei da jordania ate dizia que os arabes ( palestinos ) eram prodigos em vender as terrras e depois choramingar por elas, o proprio mufti de jerusalem em inquerito feito pelos ingleses devido ao boato de que as terras eram roubadas confirmou sob juramento que foram compradas. So podia nao e, um povo que tem um mandamento de nao roubaras.😀😀😀😀😀😀😀😀😀😀

      Excluir
    4. Assim disse Hitler a Jeremias, ops!! , assim disse o Senhor a Jeremias:

      "A língua deles (dos judeus) é como um arco
      pronto para atirar.
      É a falsidade, não a verdade,
      que prevalece nesta terra.
      Eles vão de um crime a outro;
      eles não me reconhecem",
      declara o Senhor.

      Cobalto

      Excluir
    5. E o senhor falava hebreu?😂😂😂😂 so podia neeeee foi criado por eles. Eu gosto de heteronimos na literatura podemos sempre assumir outras personalidades e responsabilidades😁😁😁😁😁 sem sermos nos.

      Excluir
  8. "O Maçom Breivik matou crianças norueguesas, não estrangeiras!"

    Macom? lol

    Ah matou norueguesas nao estrangeiras, grande valor moral no assassinato eram conterraneas dele, ao menos os outros poupam as deles.😂😂😂😂, mas olha la assassinato agora e assim um valor relativo para estes supramacistas, eu ja desconfiava.😀😀

    Mais um pateta, a saudacao maconica agora mudou , e ate e bem parecida com outra bem conhecida,va la perceber-se esta gente.

    Eis a saudacao "maconica" do macon breivik

    Por anders breivik,ele mesmo.

    https://youtu.be/Gmbq9QbWt_o

    😁😁😁😁😁😁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anders Behring Breivik era um ataque franco-maçônico da Noruega! Fato!
      https://www.youtube.com/watch?v=gXwVpSUGEg0

      Ander Breivik é maçom e seu ato de terror foi maçom:"ordo ab chao"! Fato!
      https://catholicherald.co.uk/commentandblogs/2011/08/01/what-attracted-anders-breivik-to-freemasonry/

      Aqui a "expulsão" dele da judaico-maçonaria:
      https://rationalwiki.org/wiki/Anders_Behring_Breivik#cite_note-21
      Na carta que escreveu , entre outros , informa que "o documento lista o nacional-socialismo como uma das "4 ideologias de ódio", sendo as outras três o islamismo, o comunismo e o multiculturalismo." Não cita o judaísmo que criou essas 3 "ideologias de ódio".

      São os próprios maçons que dizem que "uma vez maçom, sempre maçom" .. hehe

      Os próprios maçons que dizem: "Ele é/foi um membro da Ordem Maçônica Norueguesa, a Grande Loja admitida pela Grande Loja Unida da Inglaterra (UGLE) como única Grande Loja Regular na Noruega":
      http://masonictimes.blogspot.com/2011/07/anders-behring-breivik-freemason-that.html

      https://www.youtube.com/watch?v=A0eGuZ-YzEA

      Cobalto

      Excluir
  9. Mas tenho mais uma duvida acerca do macon breivik, ele nao e assim bem passado da carola ou e? E que pela analise visual do comportamento dele lembra aqueles thrillers de terror, afastem- me desta personagem,lollollol. Essa tal " saudacao a macon "eheheheh, nao se faz so a membros da tribo? Acho que nem o hitler fez isso no seu julgamento,ou o rapaz pensou que ficava maior que ele ? Lololol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "A língua deles (dos judeus) é como um arco
      pronto para atirar.
      É a falsidade, não a verdade,
      que prevalece nesta terra.
      Eles vão de um crime a outro;
      eles não me reconhecem",
      declara o Senhor.
      Jeremias 9:3

      Sobre isso não tens dúvidas então! Ótimo!

      Cobalto

      Excluir
  10. "Valor moral" tem só os talmudistas! "É que durante 20 anos de 1948 a 1967, os israelitas não estavam lá e só passaram a estar depois de terem sido atacados a partir de lá".

    Aqui "valor moral" talmudista! O fanático racista judeu Ben Gurion, em maio de 1948. "Se eu fosse um líder árabe nunca assinaria um acordo com Israel. É normal; nós tomamos o país deles." Outra de Ben Gurion em 1948 falou que os judeus estão se vingando hoje contra os árabes por causa do seu “sofrimento bíblico” de 3000 mil anos atrás! “ A nossa aviação atacará Port Said, Alexandria e o Cairo, e isto para vingar nossos ancestrais oprimidos pelos egípcios e pelos assírios nos tempos bíblicos”. Do outro lado clamam ao mundo e batem no peito para enganar os trouxas que são “humanistas e democratas”, mas escorraçam racisticamente negros africanos como a cachorros sarnentos e pestilentos e os devolvem para África! Acusam de racistas e anti-semitas aos que ousam se levantar em críticas aos seus comportamentos sectários-racistas, mas na maior cara de pau racista proíbem que seus filhos e filhas casem-se com negros, palestinos, muçulmanos e cristãos. Já falei, mas vou repetir, que no Brasil e nem na Europa não tem um único judeu ou judia casados com negros, ciganos, chineses, coreanos, mongóis e outras raças e, com certeza que também o talmudista anônimo da sua sinagoga em Lisboa, não está casado com mulher negra, cigana, chinesa ou outra mulher goiym!!! Em Israel, proíbe-se, inclusive, casamento com pessoas de qualquer outra procedência que não do grupo hermeticamente fechado da sinagoga racista. Israel é o Novo Estado Racista da atualidade, fundado na sua antiga ideologia do Talmud racista que prega limpeza étnica, eugenia, proibição de miscigenação. Do outro lado o “povo eleito” combate o racismo dos outros povos, em nome da “democracia”! O deus dos judeus, diz não se misturem, preservem suas raízes, e para os gentios, o judeu cristo diz que todos são iguais perante deus!


    ResponderExcluir

  11. "São os próprios maçons que dizem que "uma vez maçom, sempre maçom" .. hehe"

    Exactamente por isso ele faz a tal saudacao a macon de braco estendido ou ainda nao percebeste.😂😂😂😂😂😂😂 Eu sei que custa o entalanco e grande.

    "O assassino foi membro da juventude do Partido Progressista entre 1999 e 2004. Apesar de ser o partido mais conservador da Noruega, Breivik fez críticas ao fato de o grupo abraçar o multiculturalismo e a “correção política” em vez de tomar uma “posição idealista”..…"Breivik era descrito por seus correligionários como “calmo e quieto”, diz o Guardian. No entanto, quem o conhecia na adolescência afirma que sua visão extremista remontava aos tempos de "ensino médio; um amigo teria chegado a sugerir que Breivik teria comparecido a eventos neonazistas na época."...."o terrorista era fã de video games violentos e de vestimentas em estilo militar. Com aspirações a ser um jovem empreendedor, mas sem muito sucesso nos negócios, Breivik aparece em fotos sempre bem vestido. Sua última empreitada foi a fazenda que ele mantinha desde 2009. O jovem admitiu em um post que seus negócios serviam para apoiar suas atividades políticas.

    "Breivik nunca escondeu suas visões racistas e ultraconservadoras, diz o perfil publicado pelo Guardian. Apaixonado por caça, também não escondia que tinha duas armas registradas, uma pistola Glock e um rifle automático, tudo publicado em sua página do Facebook."... "De acordo com o jornal “The Guardian”, desde os ataques, o levantamento feito por jornalistas e pela polícia sobre a vida de Breivik indica que o assassino teria se correspondido com grupos de extrema direita em diversos países para discutir questões ideológicas e estratégias políticas, incluindo a criação de um partido nacionalista de extrema direita norueguês."...." a declaração de um amigo do assassino ao jornal norueguês VG, revelando que Breivik, hoje com 32 anos, já revelava preferências políticas de extrema direita desde seus vinte e poucos anos, quando começou a manifestar opiniões controversas no Facebook e no site Document, e avesso ao Islã."...."Em sua militância online, Breivik se descrevia como um nacionalista, ofendia imigrantes somalis e criticava o antigo primeiro-ministro norueguês Gro Harlem Bundtland, membro do Partido Trabalhista. Brundtland havia comparecido ao acampamento jovem de Utoya um dia antes do massacre."

    Ah grande macon😂😂😂😂😂😂😂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a própria documentação da Maçonaria e seus membros que dizem que seu ídolo, o sionista Breivik, o é. E fica de idiotice por conta de um braço esticado. É otário mesmo. Típico de quem não tem assunto ou razão.

      Oras, se não é maçom, reclame com a Maçonaria. Diga que a documentação que a Maçonaria emite não vale nada, o que vale é a sua tapeação ... rs

      Anders Behring Breivik é maçom e sionista. Fato.

      Cobalto

      Excluir
  12. "Oras, se não é maçom, reclame com a Maçonaria. Diga que a documentação que a Maçonaria emite não vale nada, o que vale é a sua tapeação ... rs"

    Esta bem abelha,eu nao tenho nada que reclamar, a investigacao e que ja reclamou, e que nem de fato e gravata,😂😂😂😂 a unica ligacao que pairou e mesmo assim foi desmentida pela investigacao foi esta.😇😇😇😇, as autoridades norueguesas, interrogaram varios britanicos no ambito da investigacao a matanca de breivik , e o procurador paal-fredrik hjort kraby disse que os nomes de alguns britanicos surgiram depois de ter sido ouvido na passada semana o 'blogger' ingles paul ray, mas paul ray, autor do blogue "lionheart" - no qual professa o "renascimento do lendario exercito dos guerreiros cristaos, os cavaleiros templarios" e o combate ao Islao afirmou as autoriades que foi um dos fundadores do referido grupo, mas disse que nao conhece breivik e negou ser o mentor citado no manifesto deste sobre a independencia europeia.

    Assim em tua honra encerro o meu caso. E que nem de fato e gravata, mas compreendo as tuas dores do entalanco.😀😀😀😀😀😀, isso passa, desliga.😂😂😂😂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anders Behring Breivik é maçom e sionista. A própria Maçonaria que diz. Fato.

      Cobalto

      Excluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas, agressões e baixarias não serão publicadas.