15 de janeiro de 2019

RELIGIÃO GLOBALIZADA

É hora de começar mais um ano. Com alguma esperança? Acho que sim, mesmo que não seja fácil. Os globalitários não se conformam de terem registrado alguns insucessos. Enquanto isto os Senhores da Guerra olham orgulhosos  para o novo armamento, de que dispõe. Os premonitores de carreira fazem as costumeiras advertências para este 2019 e este seu blogueiro vai comemorar o início de mais um decênio. Os últimos dois foram dedicados ao trabalho que vem fazendo. Inicialmente lançando o livrinho “...e a Guerra Continua”; depois com o blog 2a.guerra.zip.net, censurado e removido pelo provedor UOL em agosto de 2010 e, desde então aqui no blogger. Todas as postagens até 1/2015 foram reunidas em mais quatro livros, disponíveis na Livraria do Chain, Curitiba.

Mas desculpem, estou divagando. Eu queria mesmo é  falar sobre RELIGIÃO. Fui batizado como evangélico protestante, portanto CRISTÃO. Não sou praticante. Estaria melhor situado entre os seguidores do antigo Bispo Arius. Para mim religião é um modo de ser, sentir, agir, que incorporamos junto ao leite materno. Isso fica com a gente, mesmo que passemos a ser agnósticos, ou até mudemos de confissão. É o que penso, posso estar errado.

Agora, o que não posso conceber, nem imaginar, é ver religião sendo tratada como como se fosse empresa. Ela não pode ser negociável, ter ações que mudam de dono. Participações, um tem 20 outro 80%?  Não dá, não concordam? Então como é que cada vez mais está se falando numa tal religião “judaico-cristã”?    . Recentemente a expressão foi usada até mesmo em importante discurso transmitido para todo o país. Existem grandes diferenças entre as duas, mesmo que ambas usem a Bíblia como referência.  Não é aqui o lugar para tratar destas diferenças, entretanto, é com certeza que dá para dizer que as duas confissões não cabem sobre o mesmo teto. Deve ser mais fácil juntar o Judaísmo ao Islã do que ao credo cristão.

 O que realmente está por trás de tudo isto é a NOVA ORDEM MUNDIAL, planejada de longa data e organizada pelos globalizadores. Nos seus planos só existe UMA religião. Tudo começou na segunda metade do século passado, depois de definidos os resultados da II Guerra Mundial. Levantaram-se vozes que culparam o Vaticano de não ter assumido um posicionamento mais definido. Ainda fazia parte da liturgia da Sexta-Feira Santa a seguinte oração: “Onipotente e sempre eterno Deus, que não excluas da Tua Misericórdia nem os pérfidos judeus: ouça os rogos que dirigimos pela cegueira daquele povo, para que, reconhecendo a luz da Tua Verdade, que é Jesus Cristo, saiam de suas sombras pelo mesmo Deus e Nosso Senhor.”

Aí veio o CONCÍLIO VATICANO II em 1962, convocado pelo Papa João XXIII. Lamento que hoje nos falte o companheiro Alfredo Braga, de tão saudosa memória. Tinha ele feito estudos esclarecedores sobre essa convenção e seus bastidores. Nestes agiram luminares, infiltrados desde longa data, que conseguiram uma mudança radical na posição da Igreja. Depois de dois mil anos, numerosos concílios e encíclicas papais, vem a ENCÍCLICA NOSTRA AETATES, promulgada ao final do Concílio pelo Papa PauloVI, que muda tudo. Agora é “paz e amor, somos todos irmãos”. Ali deu-se a primeira marretada na destruição da Igreja CRISTÃ. Era preciso começar pela Católica, a mais estruturada, as evangélicas seguiriam automaticamente, se é que até não se anteciparam.
Segue o famoso Papa João Paulo II. Em sua visita à sinagoga de Roma em 13 de abril de 1986, ele condenou severamente as atitudes anteriores da Igreja, ignorando as razões doutrinais que lhes deram origem (Atila Sinke Guimarães). Seu sucessor BentoXVI seguiu o exemplo, visitando sinagogas e se desculpando pelo que fora.

Finalmente temos atualmente um segundo Papa, o Francisco,  o quarto desde o Concílio Vaticano II na mesma linha de pensamento. Este Francisco além de declarar abertamente: “Globalismo é bom” (não diz por quê). Francisco está operando descaradamente no desmantelamento da própria igreja que preside, apresentando-se continuamente na televisão, falando de pedofilia e da degeneração moral que tomou conta do seu clero. Quem vai confiar numa igreja destas. Será que não aprendeu que, se existe roupa suja, a gente a lava em casa.

Diria que estão deixando cair a máscara. Pode ser bom… Pode ser que comece a abrir os olhos de muita gente.

30 de dezembro de 2018

AO RELANCE

MEMORANDO PARA UM CHEFE DE GOVERNO
“Falta pouco para ser empossado e já têm eleitores decepcionados. Senhor, para fazer negócios com alguém, não precisa lhe lamber as botas – Goethe usaria um outro termo. O que é que o senhor – ao que me consta é cristão - foi fazer num templo alóctone? Isso aqui na sua própria terra. Paramentado, parecia um garotinho, entrando na casa de Papai Noel. Não pegou bem! Não se deixe enganar, se quiser saber o que eles pensam dos cristãos, procure ler alguma coisa do Talmud, o verdadeiro livro doutrinário deles.”

MERKEL CONTINUA PAPEL DE ARRASA-QUARTEIRÃO
Lembram aquele chefão da polícia secreta alemã, que nos recentes tumultos em Chemnitz/Saxônia ousou contestar uma afirmação da chanceler e acabou demitido? Pois agora será substituído por Sinan Selen, 46 anos, turco nascido em Istambul.

A DEFESA DO NACIONALISMO MAIS FIRME DO QUE PARECE
Tudo indica que o nacionalismo de Donald Trump não está tão a perigo, como os nossos noticiaristas querem nos fazer crer e, o que é por demais importante, ele não está só, está bem respaldado. Agora chegou a atacar o FED, o banco central americano. O último a fazer isso foi Kennedy. Pouco depois assassinaram-no. Se ocorrer o mesmo a Trump, já há quem o substitua. Também costuma-se esquecer que desde o Onze de Setembro está vigendo nos Estados Unidos um tal “Direito de Guerra”, que dá prerrogativas especiais ao presidente. Seus adversários não estão com a vida mansa. Está havendo uma investigação muito séria da Fundação Clinton. Vários figurões haviam sido convocados para o dia 5 deste mês, audiência que teve que ser transferida para o dia 13, em virtude das solenidades do sepultamento do ex-presidente George H.W.Bush.  Como se não bastasse, a Procuradoria Geral do Distrito Sul de Nova Iorque concordou com a convocação de um júri para investigar a destruição criminosa do WTC no dia 11/9/2001.

A QUESTÃO DAS VACINAÇÕES EM MASSA
Trump já afirmou que é contra. Nunca tomou vacina contra gripe. Leio aqui que desde a implementação das vacinações em massa nos Estados Unidos, toda 60. criança nasce com danos neurológicos, por exemplo autismo. Na Alemanha o médico de crianças Dr. André Braun afirma que crianças não vacinadas são mais saudáveis e têm um melhor sistema imunológico do que as vacinadas. Dá pena dos pais de hoje, que têm que enfrentar esta dúvida.

PRESIDENTE TRUMP CONTRA CRIAÇÃO DE GOVERNO MUNDIAL 
Trump pediu que outras nações rejeitem a pressão da ONU por um único governo globalista e, ao invés disso, adotem o patriotismo e a soberania.
"Nós rejeitamos a ideologia do globalismo e abraçamos a doutrina do patriotismo".
“Em todo o mundo, as nações responsáveis devem se defender contra as ameaças à soberania não apenas de uma governança global, mas também de outras novas formas de coerção e dominação”.

O OUTRO LADO
A chanceler alemã, Angela Merkel, disse aos participantes de um evento na Fundação Konrad Adenauer em Berlim, que os estados-nação devem hoje estar preparados para abandonar sua soberania", e que não devem ouvir a vontade de seus cidadãos, quando se trata de questões de imigração, ou fronteiras.

      Desejo a todos um FELIZ ANO NOVO!

23 de dezembro de 2018

ESPERANÇA


Quando a imagem é a mensagem


                              (recomendável ver com tela cheia)

11 de dezembro de 2018

DIAS FATÍDICOS

Ontem e hoje , dias 10 e 11 de dezembro do ano de 2018, reúnem-se pela enésima vez os pretensos representantes  de cerca de 190 países deste planeta, para a assinatura final de um PACTO DE MORTE. Não morte deles próprios, evidentemente, mas de povos que alegam representar. Realmente são dois pactos, através dos quais nações abdicam de sua soberania, entregando-a a uma instituição que agora está revelando a que veio e o verdadeiro significado do seu nome. Unir as nações, acabando com elas. A ONU está a serviço dos globalistas. Incluo aqui a URL de um video bem elucidativo sobre o que está acontecendo. Vem do Canadá, mas tem muito boa legenda em português. Vale a pena assistir, são apenas 11 minutos.

https://www.youtube.com/watch?v=kxbmHYOlLjM

Vários países já declararam sua recusa em assinar os tais pactos, por sinal são dois, um sobre migrantes e um sobre refugiados. Enquanto escrevo recebo a notícia de que ontem 164 países assinaram o pacto da migração desenfreada. Mas uma pergunta que se me apresenta é de qual a posição do governo brasileiro a respeito. Teria mandado representante a Marrakesh? Se mandou, qual foi a orientação? Houve alguma troca de ideias com o presidente eleito? O interventor recém nomeado para governar o Estado de Roraima declarou que pretende restringir o ingresso de refugiados venezuelanos, pois o Estado não suporta o seu atendimento. O que será que a ONU vai achar disto?

Muitos deverão dizer que o país tem muito chão e a densidade populacional por km2 é baixíssima. O mesmo dirão os humanitários, aqueles do “onde comem dois, comem três”. Se não me engano, 40% da nossa população vive abaixo do índice de pobreza. Nossa Previdência Social há tempos está no vermelho. E o SUS como é que anda?  Os 13 milhões de desempregados vão adorar ter companhia. A Segurança está fazendo o possível para manter um mínimo de controle, vai conseguir enfrentar uma abertura das fronteiras para um ingresso desenfreado?

Na verdade seriam perguntas desta ordem as que os responsáveis pelos governos de todos os países deveriam estar fazendo. Quem em nome do seu país presta apoio a essa iniciativa da ONU é irresponsável e conluiado com esse antro de desumanos, promotores de terror, desordem e morte.

Felicíssima deve estar aquele anjo do mal, a Angela Merkel. Conseguiu realizar o sonho, que cultivava desde o seu tempo de dirigente da juventude comunista da ex-Alemanha Oriental, a extinção do povo alemão. Ela e muitos outros estavam esperando por isto e vinham preparando aquela gente para o seu desígnio.
Mas o que esperar dos Coletes Amarelos, dos ibéricos, dos eslavos, dos escandinavos, dos croatas, enfim, dos demais habitantes do velho continente. Submeter-se-ão pacificamente?

O que está acontecendo no Marrocos é de mau agouro. 

                            -  x  -

P.S. - Aqui ainda reina a paz e o Natal vem aí. É bom lembrar que o LIVRO é um bom presente e que a Editora e Livraria do Chain (+5541 32643484) oferece sortimento dos mais variados.

6 de dezembro de 2018

O MELHOR AMIGO


O europeu tradicionalmente ama cachorros. Há países onde você pode levar o seu companheiro de quatro patas a restaurantes e lojas. Já a grande maioria dos "europeus novos" e dos que estão projetados para chegar àquele continente, o consideram IMPURO. Na melhor das hipóteses o toleram como cão de guarda, exercendo a função. Triste perspectiva.

A imagem acima reproduz a homenagem feita por um artista à cachorrinha massacrada a uma semana atrás por um segurança de supermercado em Osasco/SP. A ocorrência possivelmente será motivo, para que o crime de maus tratos a animais venha a ter suas penas aumentadas (UOL-o melhor conteúdo).

2 de dezembro de 2018

SATANÁS ESTÁ GANHANDO

Nesta eterna luta entre o BEM e o MAL, é o Mal que está levando vantagem. Oculto e mentiroso vem ludibriando todo mundo. Poderia ser identificado por suas ações perversas e maléficas, mas as mentes das pessoas foram ocupadas por toda sorte de distrações e entretenimentos. Guerras, destruição e mortes em massa passaram a fazer parte do natural. Não se entende como é que não ocorre um levante geral, que exija respostas a O QUE É QUE ESTÃO FAZENDO? Por quê? O que querem mudar? O que e para quem vai melhorar? Por que estão criando o caos neste nosso mundo?

É difícil até saber a quem perguntar. É preciso olhar atrás da máscara que usam. São eles os promotores do GLOBALISMO, do UM MUNDO SÓ, do GOVERNO MUNDIAL, da RELIGIÃO ÚNICA, da DIVERSIDADE IGUALITÁRIA. São eles os que dizem que genitálias são apenas enfeites, ser homem ou mulher é uma questão de escolha. Fazem tudo para nos DIVIDIR. São eles os que criaram um NÃO-PAPA, ou um segundo Papa, que já se comprometeu com a NOVA ORDEM e faz tudo para enfraquecer a fé dos seus devotos. Eles querem um Mundo sem Fronteiras, mas não dizem o que o mundo vai ganhar com isto e, se não dizem, é porque seus objetivos devem ser tenebrosos. Se não perversos, pergunto a que servem as MIGRAÇÕES atualmente em curso. Isto com todo apoio da ONU e organizadas por instituições duvidosas. São
acompanhadas por suporte mentiroso, ou silêncio tático por parte da mídia cooptada.

MIGRAÇÃO NAS AMÉRICAS
É só prestar atenção para ver como estamos sendo enganados. Os migrantes são todos “pobres necessitados, oprimidos, fugitivos, com mulheres e criancinhas”. Na verdade, o que se tem visto, não é exatamente isto. São na grande e absoluta maioria homens na melhor idade, equipados com smartfones da mais cara categoria e, pasmem, não dependem da ajuda dos moradores das regiões por onde passam, pois vêm munidos de CARTÕES DE DÉBITO, fornecidos pela ONU! Veja a imagem anexa.
Também conseguem o milagre de (a pé?) vencer em trinta e poucos dias (a caravana saiu de Honduras dia 13 de outubro) uma distância de cerca de 3.500 km (em linha reta). Alguns dias atrás a TV anunciou sua chegada a TIJUHANA, junto ao ponto mais ao norte da fronteira do México com os Estados Unidos. Em 19.11.2018 , às 21:07, o JN da Globo completou literalmente: “Depois de caminhar 5 MIL (5.000km) quilômetros em um mês chegaram a Tijuana...”! São cerca de 140km  por dia! É muita mentira.

Mais alguns dias e a telinha nos mostrou confusão na fronteira México – Estados Unidos. Em primeiro plano uma mulher com duas criancinhas chorando copiosamente e ao fundo um corre corre, que teria sido provocado por bombas de gás lacrimogêneo. No site G1, também da Globo, vamos saber que a mulher é Maria Meza, 39 anos, mãe de 9 filhos de 5 a 16 anos. Saiu de Vilanueva em Honduras e foi ao México com cinco deles na caravana de milhares de migrantes. As perguntas que aqui cabem ficam a cargo de cada um…

MIGRAÇÃO NO VELHO MUNDO
Para o que está para acontecer na Europa os leitores deste blog já estão preparados desde 31 de julho, quando foi postado “Propaganda da Nova Ordem”. Ali foi revelado que estava sendo costurado sob patrocínio da ONU,  um PACTO PARA MIGRAÇÃO ORDENADA, a ser assinado por cerca de 190 países. Tal assinatura deverá ocorrer no próximo dia 11 de dezembro em MARRAQUESH no Marrocos. Dali para frente deverá ser um “salve-se quem puder”. Só como exemplo, há uma previsão de que uma Alemanha, hoje com 80 milhões de habitantes, terá a população mais que duplicada a curto prazo. Os países assinantes não se “obrigam”, mas se “comprometem” a receber os migrantes sem restrições ou exigências, a lhes dar toda assistência social, prevista para para a população atual, sem qualquer discriminação etc. etc.

Já anunciaram que não pretendem assinar o pacto: Austrália, Áustria,, Bulgária, Eslováquia, Estados Unidos, Estônia, Hungria, Israel, Polônia, Rep. Tcheca, Suíça, ainda em dúvida Croácia, Eslovênia e Bélgica.

PARA QUE SERVIU A LENDA DO HOLOCAUSTO
O BUNDESTAG (Parlamento) da República Federal da Alemanha endossou nesta semana a assinatura do tal Pacto da Migração Ordenada da ONU com 372 votos a favor, 153 contra e 142 abstenções. O seu ministro do exterior, Heiko Maas, como  bom servidor da Merkel, declarou: “O governo agregou a população em tempo oportuno.”

Agora “de oportuno” se compare:
Dia 11, três semanas atrás, em Varsóvia, Polônia, 250.000 poloneses foram para a rua, marchando e cantando, manifestando-se “por uma Polônia branca e católica”.
Ontem, dia 1, em Berlim, Alemanha, junto ao Portal de Brandenburgo, reuniram-se cerca de 1.500 alemães para protestar contra a assinatura  do Pacto de Migração da ONU.

Deu para entender?

22 de novembro de 2018

SALVINI - HOMEM DE CORAGEM

Há poucos dias MATTEO SALVINI, vice-primeiro ministro e ministro do interior da Itália, fez um pronunciamento no Parlamento da União Europeia de “balançar o coreto” dos deputados. Estes estavam discutindo os meios de acabar com as chamadas FAKEnews. Segue tradução feita da legenda do video (MS=Salvini, P.UE= Presidente do parlamento).

MS - Peço desculpas ao público aqui no recinto e lá fora junto às telas, por essa loucura nesta casa. Vocês não são normais na minha opinião. Temos 20 milhões de desempregados na Europa, temos terrorismo islamista, a migração está fora de controle e com o que é que vocês preocupam o Parlamento nesta tarde de quarta-feira? Com as mordaças para o Facebook, com  Fakenews. Vocês deveriam ser terapiados por um 
médico muito bom. Eu gostaria de saber ...

P.UE - querido, querido Salvini ...

MS - ...obrigado pelos aplausos, mas cuidado, eles botam vocês todos para fora...

P.UE - Caro Salvini, desculpe, o senhor deve me ouvir. Não só tem de respeitar o que esta assembleia decidiu democraticamente sobre esta questão, mas também mostrar respeito pelos seus colegas.

MS - Só estou dizendo que, na minha opinião, vocês não são normais, com total respeito. Posso continuar agora?

P.UE - Presidente Salvini, eu apenas estou lhe comunicando que o senhor deveria ter cuidado com as palavras que vem usando. Obrigado.

MS – Então, sua vaga ameaça não vai me deixar nem frio, nem quente.  Quando o povo europeu se manifesta contra o terrorismo islâmico, significa que é islamofóbico. Quando é contra a homo adoção, é porque é homofóbico, se é a favor do fechamento dos campos de ciganos, ou quer que acabe a invasão de refugiados, significa que é racista. NÃO, isso significa que eles têm bom senso e são pessoas livres.

Vocês estão mal, não conseguem mais comprar a cabeça das pessoas, controlando todos os jornais, noticiários e radioemissoras. A Inglaterra elegeu quem queria, Estados Unidos escolheram quem queriam, Itália elegeu quem queria. Vocês estão endoidando, preocupando-se como o que? Mordaça no Facebook, mordaça na Internet, multas, 5 milhões, 50 milhões. Vocês estão criando o “Ministério da Verdade” de  George Orwell, um Ministério da Propaganda. Só estou esperando que o Parlamento da UE venha a introduzir uma força psico policial para perseguir os não muito fieis, que não seguem o pensamento único vigorante, ligados ao só o que vale. Vocês podem inventar o que quiser, a única coisa que com certeza irão fazer é pegar suas malas e procurar um emprego REAL, porque a verdade não pode ser detida, nem daqui nem de qualquer outro lugar. Obrigado, viva a internet e viva o Facebook.