12 de dezembro de 2019

PORQUE BRASIL

A revista TIME acaba de publicar em sua capa como PERSONALIDADE DO ANO uma foto da GRETA, uma menina de 16 anos, que vem servindo de estandarte do maior FAKE deste século. Ou a TIME baixou muito seus critérios de escolha - o presidente Bolsonaro chamou a Greta de “pirralho” - ou submeteu seu nível de seriedade aos objetivos inconfessados e inconfessáveis da campanha CLIMATE CHANGE. Sem dúvida a segunda hipótese é a mais provável.

Recordando: Poucos meses atrás o governo brasileiro foi alvo de Intenso fogo midiático internacional (nacional também), sendo responsabilizado pelas queimadas que se verificavam na área amazônica. Destacou-se com o mesmo objetivo o próprio presidente da França, Emmanuel Macron, cria rotschildiana, apoiado por Angela Merkel, gerente da RFA. Não se levou em conta que incêndios florestais ocorrem em maior ou menor escala no mundo todo, basta lembrar a Califórnia, Portugal e os menos noticiados, porém de grande intensidade no Extremo Oriente, na Indonésia, na África Susaariana, Congo e Sâmbia. São os que me ocorrem.

Como não podia deixar de acontecer o dissenso chegou a adquirir caráter pessoal. Quando no fim de julho o ministro das Relações Exteriores francês Jean-Ives Le Drian chegou ao Brasil, para uma visita de estado e encontro com membros da sociedade civil, o presidente Jair Bolsonaro não o recebeu, alegando compromisso com o seu barbeiro. Mais tarde justificou: “O que é que ele veio fazer aqui, conversar com ONGues? Quando se fala em ONG, para quem tem um mínimo de juízo começa a soar um alarme.”
Na véspera do G7 em Biarritz Macron fez das queimadas anuais na área amazônica uma crise internacional, porque Bolsonaro não respeita seus compromissos em relação ao clima e à biodiversidade e que nestas circunstâncias não assinaria o tratado do Mercosur (já não saiu em 20 anos e não vai sair agora).

A posição de Bolsonaro em relação às ONGues revela o porquê de ONU e os Globalistas, incluindo TIME e a mídia internacional serem inimigos do atual governo brasileiro. Convido o leitor interessado a folhear para trás neste blog até 11.4.2016, onde encontrará um artigo sobre a AGENDA 21. Não restar-lhe-ão dúvidas. Para os menos pacientes adianto um parágrafo:

“Às claras, portanto, trata-se de uma tentativa de construir um domínio totalitário sobre cada cidadão e toda a sociedade, ao qual ninguém possa escapar, pois acontecerá no mundo todo. Neste mundo da “vizinhança global” as ONG (Organizações Não Governamentais) terão a incumbência de implementar o novo sistema e, como não eleitas, a ninguém devem responsabilidade. Desmonta-se a democracia e a liberdade individual vai para o espaço. Ao contrário do que seria de se esperar essa Agenda 21 não foi e não está sendo discutida pela sociedade.”

2 de dezembro de 2019

ESTUPIDEZ

FALTA DE INTERESSE
A Universidade de Zurique vem implementando há quase dez anos um programa de estudos, que visa detectar o grau de informação absorvida pelo cidadão na Suíça. Os números vêm permanecendo num nível assustador. Entre os de 16 a 30 anos situam-se os assim chamados News-Deprived. São os que de jeito nenhum estão dispostos a consumir notícias. São números quase iguais aos que nunca leem um jornal. Daqueles na faixa de 18 a 35 anos 90% nunca vão votar (votar na Suíça não é obrigatório). Tudo quanto é impresso, distribuído na época de eleições, não é lido ou compreendido por 60% dos entrevistados.

DEU A LOUCA NO PARLAMENTO
Talvez devido ao acima exposto possa acontecer que o coitado do CLIMA seja estropiado como vem sendo. O Parlamento Europeu acaba de dar o seu grito de guerra, declarando o ESTADO DE EMERGÊNCIA DO CLIMA.
Não adianta 700 cientistas do ramo assinarem oficialmente um documento afirmando que nada de errado está ocorrendo com o clima mundial. Aliás basta pensar um pouco e se lembrar que o nosso planeta existe, se não me engano, há 45 milhões de anos. Nunca brigou ou se estranhou com outra estrela ou outro planeta. O Universo segue em uma ORDEM eterna e não é para agradar os globalistas, ou outra seita qualquer, que o Criador vai ascender um fogareiro celestial e tostar tudo o que aqui vive e vegeta. Gente! É tudo mentira. Há interesses ideológicos por trás disto. Querem desindustrializar os países, querem que voltemos a ser índios – fora uma elite, evidentemente, a qual poderão servir os que sobrarem. Apenas lembrando, NÃO HÁ AQUECIMENTO GLOBAL. Em 1850 terminou o último ciclo de temperaturas declinantes e desde então ela está subindo gradativamente, para em algum momento voltar a descer. Nada dramático.
Tudo comandado pelo sol. Não pode ser influenciado pelo homem.

GOVERNOS
Que haja políticos a serviço dessa súcia enganadora e perversa, é compreensível. São selecionáveis e abordáveis. Mas são corruptíveis porque o povo deixa. E deixa porque perdeu o interesse. Por que perdeu o interesse? Vê que eles só estão aí para se digladiar. Parece que governar é cada dia mais difícil. Periodicamente temos eleições. Não seria lógico que, entregue o timão aos eleitos, TODOS esperassem deles a melhor gestão possível, não fossem bem, na próxima vez escolher-se-iam outros. Seria o razoável e que resultaria em benefício geral. Não é o que acontece. De imediato se dividem e estoura um feroz combate, que não traz benefício a quem quer que seja, muito menos ao país. Até fatos do passado, que a maioria nem viveu, são desenterrados e se tornam argumentos viscerais. Imagine-se uma empresa que contrata uma diretoria e metade dos funcionários é contra, não trabalha, faz oposição. Não é isso o que acontece nas democracias de hoje? Uma sociedade mais racional seria mais proveitosa, mas para tanto há que se PENSAR mais, usar mais a cabeça.