13 de abril de 2018

O QUE É GLOBALISMO


Antes de dar sequência ao tema que abordei na última postagem, é com sentido pesar que aqui me alio a todos que estão a prantear a perda desta figura exemplar, que foi para nós GERD HONSIK. 


Grande pensador, revisionista e comunicador, lutou sem esmorecer a vida toda contra a mentira e a falsificação. Foi perseguido, processado, encarcerado e obrigado a buscar abrigo em outros países. Nascido em Viena, Áustria, em 1941, faleceu agora, 7 de abril último, em Ödenburg (Sopron) na Hungria, onde vivia exilado. -

Sua memória será sempre honrada. 

                          _____________________________


Globalismo e sua origem.
Eu diria que uma das primeiras manifestações públicas identificáveis teria ocorrido por ocasião das comemorações do centenário da Revolução Francesa, ao final do século XIX, em Paris. Ali foi criada a INTERNACIONAL SOCIALISTA. O Globalismo, isso já é público e notório, pretende assumir o GOVERNO MUNDIAL, tem, portanto, iguais pretensões às da Internacional Socialista. Já ali a I.S. mostrou a que vinha: decidiu acabar com três Impérios europeus. Conseguiu o que queria em cerca de vinte anos. Extinguiram a casa imperial do Império Austro-húngaro, com a mesma guerra fizeram o Kaiser alemão abdicar e ainda assassinaram o Czar da Rússia e toda a sua família, detonando a Revolução Russa. Nesta Rússia já foi criada uma vasta área experimental com a instalação do Regime Soviético. Tendo este como base operacional, seus agentes foram enviados para o mundo todo. Aqui basta nos lembrarmos dos nome Prestes e Olga. No Congresso americano foram denunciados em 1963 os “45 Objetivos Comunistas”, publicados cinco anos antes no livro THE NAKED COMMUNIST (veja neste blog em Maio 2017). A presença vermelha nos EUA já fora sentida antes pelo maccarthysmo.

Que a INTERNACIONAL SOCIALISTA tenha sido uma das razões da criação do NACIONAL SOCIALISMO, seu mais ferrenho opositor, é bastante óbvio. Mobilizou 53 países em uma guerra das mais sangrentas. Derrotados os nacionalistas, são feitos desde então todos os esforços para evitar sua renascença.

Comunismo não morreu
O que antes se chamava Comunismo não morreu com a União Soviética e muito menos nos Estados Unidos. Estes passaram a ser a locomotiva, o carro chefe dos promotores da NOVA ORDEM MUNDIAL, que costuma ser abreviado como NOM. Dominados por políticos ligados à maçonaria e ao illuminismo desde a sua independência, como bem mostra o seu brasão, os EUA formaram campo fértil para que o pensamento criasse raízes e florescesse, graças, e principalmente, ao apoio do alto mundo financeiro judaico. Alastrou-se mundo a fora, mas, mesmo entre os mais ativistas, a maioria nem sabe o que estão defendendo.

Os globais se revelam
George H.W. Bush, num discurso perante o Congresso no dia 11.9.1990 foi o primeiro presidente a mencionar em público o objetivo de criação da New World Order. Curioso que isso aconteceu exatos onze anos antes da bandeira falsa que derrubou com dois aviões os três edifícios do World Trade Center, quando era Presidente dos EUA o filho do citado Bush. Esta bandeira falsa, por sua vez, desencadeou uma operação destrutiva e exterminadora que atingiu várias nações e povos do Oriente Médio e mediterrâneas. Incluo aqui a substituição cultural da população branca da Europa, operação ainda em andamento. Ela já fora anunciada em 1925 pelo Conde Richard Nikolaus Coudenhouve-Kalergi em seu livro “Idealismo Prático”. Dizia ele que os brancos seriam substituídos por uma raça mista afro-asiática regida ou governada pelos judeus. Estes mantém a pureza de sua raça, uma vez que suas leis não permitem a miscigenação.

Quem são os GLOBALISTAS
Enquanto a INTERNACIONAL SOCIALISTA constitui aquilo que poderíamos chamar de “exército”. São aqueles que realizam um trabalho diário mundo afora. Estão agindo principalmente nas áreas da educação, da informação e da política.

Analisar sua direção, administração, orientação nos conduz a uma área de areia movediça, onde dependemos de observações isoladas. Podemos dizer que os JUDEUS estão seriamente envolvidos, não só por preceitos religiosos que lhes assegurariam a supremacia sobre os outros povos. Também devido ao seu poder financeiro. É imperioso, porém, não generalizar. Há entre eles várias correntes. Henry Makow cita os CABALISTAS como os mais perigosos partidários da NOM. Sua doutrina é a de que sem o MAL não existe o BEM e para que haja uma NOVA ORDEM (baseada na Kabbalah) a velha ordem (cristã) deve ser impiedosamente destruída. É parecido com o lema illuminatti: “Ordem a partir do caos.”

Mas há segmentos judaicos que nada querem com isto, tais como os Natureikarta e os Torahjews. Também entre eles há muitos ateístas e agnósticos e, assim como entre os cristãos, aqueles que não querem nada com nada.

Mas a verdade é que os GLOBALISTAS estão em todas as áreas. Altas finanças, maçonaria, corporações empresariais, Bilderberger, CFR Council on Foreign Relations, Comissão Trilateral, Comitê dos 300, Clube de Roma etc,


Entre os Presidentes dos Estados Unidos pode se dizer que, depois de Ronald Reagan (1981-1989), até 2017 todos eram partidários da ideia globalista. Do atual espero, sem muita certeza, que seja mesmo NACIONALISTA!


   


16 comentários:

  1. o que e o globalismo? esta palavra tornou-se uma moda e ninguem faz distincao entre globalismo e globalizacao, uma tendo um perfil politico outro economico social e cultural, mas bem atendamos ao globalismo politico e vejamos o seu absurdo, bem podemos comecar por situar-nos numa das mais salutares raízes filosoficas, morais e geopolíticas do globalismo e basear-nos nas ideias de immanual kant sobre o estabelecimento de uma “paz perpetua” e sobre o que seria necessario para garanti-la. simultaneamente, estamos aqui diante da genese do pensamento político liberal contemporaneo, o que chama a atencao para a íntima conexao entre liberalismo e globalismo como ja tinha dito num outro comentario.

    o problema da questao, e que essa “paz perpetua”, hipoteticamente tao desejada por todos, e, tambem hipoteticamente, tao de acordo com a “natureza” e/ou “providencia” (de acordo com Kant), nao tem como ser estabelecida senao pela forca. essa “paz perpetua” depende, por exemplo, de que todos os estados sejam republicas, democracias e possuam estruturas governamentais iguais. assim, o que nos teriamos diante de nos, na verdade, e um mandato para uma “guerra perpetua”, ate que se atinjam as condicoes para a suposta paz eterna.isto nao seria mais que uma ditadura perpetua, so mentes muito esquisitas conspirativas kkkkkk conseguem ver um mundo assim, o maximo que se concedeu neste campo foi algumas organizacoes internacionais supranacionais mas com adesao voluntariamente mas cujas decisoes se tem visto a aceitacao da sua eficacia.

    mas por tras dessa importantíssima visao geopolítica, ha uma base economica essencial que move tais e quais projetos. e neste sentido, somos capazes de definitivamente identificar o caracter do globalismo,aqui sim existe globalismo economico social e cultural, o economico e uma coisa antiga que vem desde que os descobrimentos tornaram o mundo global,associado ao colonialismo depois imperialismo e agora globalizacao,hoje em dia acelerou-se e os mesmos produtos encontram-se em qualquer parte do globo, no aspecto social e cultural,as viagens as deslocacoes rapidas fazem com que os mesmos acontecimentos se passem ao mesmo tempo em todo o lado, uma aldeia global, vejamos,a carta de pero vaz de caminha levou dois meses a chegar a portugal, o assassinato de lincoln levou dias a chegar a europa, o atentado as torres gemeas foi em directo, isto faz com que os meios de comunicacao uniformizem os gostos a cultura os pensamentos, as modas e se alterem os costumes e tradicoes,e isto e imparavel o nacionalistas, kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Na verdade, se "a presença vermelha nos EUA já fora sentida antes pelo maccarthysmo", a sentiram tarde, porque todos os principais líderes judeus comunistas como Trosky e outros envolvidos diretamente no golpe de Estado chamado equivocadamente de Rev. Russa (que não foi russa, todos sabemos), viviam na América e foram levados urgentes para Rússia para cometer todos aqueles crimes, genocídios e atrocidades que os revisionistas não cansam de denunciar.

    Lembrando ainda que não só viviam na América no período pré-golpe de Estado na Rússia, como quem mandava em Washington eram os mesmo que depois comandaram a URSS.

    Realmente o Comunismo não morreu, sua primeira tentativa de implementação data da Idade Média. O Papa da época percebendo o perigo e as artimanhas de sua ideologia tosca e lideranças notoriamente anticristãs, convocou reis católicos e o movimento foi destroçado de tal maneira que levou séculos pra ser reeditado. Por isso tanto investimentos dessas criaturas contra a Cristantade, o Papa, até que chegou o Concílio Vaticano II.

    Não foi Bush, foi o The New York Times em 1940 com o título "New World Order Pledged to Jews":
    https://nationalvanguard.org/wp-content/uploads/2015/11/1940-New-World-Order-pledged-to-Jews.jpg

    Globalismo é eufemismo para Imperialismo que é o mesmo que "dominar o mundo". A expressão Globalismo é mero jogo semântico e de marqueting barato pra enganar o gado. Tem funcionado muito bem.

    .

    Gerd Honsik é um herói e um mártir que defendia a verdade como ele sabia. Defender a verdade não é para qualquer um. Nossos agradecimentos e nossa gratidão vão para ele e para sua família. Obrigado por ter existido.

    Cobalto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sacripanta, lenine e a sua comitiva elitista viviam na suica, e deslocaram-se de comboio para a russia com um salvo conduto alemao que lheS permitiu atravessar todo o territorio a!emao na boa. Trotsky foi morto no mexico para onde fugiu e se exilou das purgas de estaline.

      Excluir
    2. Muitos comunistas, todos e sempre judeus, viviam na América e foram transferidos pra Rússia com único fim de promover a chacina na Rússia, se informe. Se Trosky, morto a picaretadas, estava ou não entre eles não faz mínima diferença, mas pra sua informação, estava:
      https://www.jacobinmag.com/2016/10/trotsky-new-york-socialist-party-debs-revolution/

      E não falei que Lênin, outro judeu e maçom, vivia ou foi da América pra Rússia.

      Os alemães fizeram aquilo pra acabar com a guerra no front leste, e conseguiram. Não foi um ato de apoio ou simpatia ao comunismo.

      E sacripanta é a infeliz que te pariu. Vá estudar, preguiçoso.

      Cobalto

      Excluir
    3. o caramelo, ninguem disse que nao havia judeus na america, kkkkk, havia muitos cidadaos americanos judeus que nao eram comunistas e muitos americanos nao judeus que eram comunistas e que simpatizavam coms os ideais comunistas, ha sempre deserdados da sorte em todo o lado,idealistas e adeptos do quanto pior melhor, olha ja ouviste falar em jonh reed jornalista americano que documentou os dias da revolucao russa, ou viste o filme "reds" ou leste "dez dias que abalaram o mundo", eu nem te mando estudar, mas ler e ver faz bem a saude mental, kkkkk olha la nao apanhes um esgotamento, mas se soubesses muitos americanos tambem estiveram na guerra civil espanhola, ja leste ernest hermingway " por quem os sinos dobram" tambem lutou na guerra de espanha, eram tempos em que se lutava por ideais, muitos americanos foram para a russia nao para servir o judaismo isso e outra historia tua antisemita, mas sim muitos foram e lutaram na russia no exercito branco, como ves houve americanos inrvenientes e interessados na revolucao russa.

      agora voltando ao tema do lenine e do fim da frente leste da guerra, os russos abandonaram a triplice entente com o desenvolvimento da revolucao russa, verdade. para as potencias centrais, essa seria a oportunidade ideal para vencer o conflito livrando-se de um inimigo pelas costas e concentrando-se somente noutro.pode se dizer que o salvo conduto do lenine para atravessar a alemanha encaixa aqui, deslocando as potencias centrais com esta paz e fim desta frente as suas forcas da frente leste para a frente oeste, nao por acaso, os alemaes puseram em accao um ousado plano de atacar as embarcacoes que fornecessem mantimentos e armas para a Inglaterra. nesse contexto, navios norte-americanos foram alvejados pelos submarinos da alemanha, mas falharam os planos das potencias centrais e ganharam um novo inimigo na frente oeste, enganaram-se nos seus planos .mas o que levou a entrada dos eua na guerra foi mesmo o telegrama alemao para os mexicanos, o telegrama zimmerman confirmado pelo proprio ministro por causa das duvidas.

      https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Telegrama_Zimmermann#/media/Ficheiro%3AZtel1b.jpg

      "O Telegrama Zimmermann (Alemão: Zimmermann-Depesche; Espanhol: Telegrama Zimmermann) foi um telegrama codificado despachado pelo ministro do exterior do Império Alemão, Arthur Zimmermann, em 16 de janeiro de 1917, para o embaixador alemão no México, Heinrich von Eckardt, no auge da Primeira Guerra Mundial.

      O telegrama instruía o embaixador para se aproximar com o governo mexicano com a proposta de formar uma aliança militar contra os Estados Unidos. A proposta prometia ao México suas antigas terras tomadas pelos Estados Unidos caso o país aceitasse o acordo. O telegrama foi interceptado e decodificado por britânicos e seu conteúdo apressou a entrada dos Estados Unidos na Primeira Guerra Mundial."


      https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Telegrama_Zimmermann

      os judeus sao tramados o caramelo kkkkkk

      Excluir
  3. O Comunismo está mais vivo do que nunca... Paticamente toda a programassão dos MCM tem viés de marxismo cultural...

    ResponderExcluir
  4. Pelo que sei, no caso da Rússia foi em torno de 70 anos. E o Borrego escreveu uma boa síntese sobre o assunto. Setenta a partir da "fórmula de agitação social" criada por Marx, como observa no seu Derrota Mundial. Os bolcheviques criaram uma verdadeira Religião na Rússia. Sob os ideais de igualdade social, puseram o povo russo a sonhar... "A religião é o ópio do povo" sabem eles muito bem... Mestres em canalizar a boa fé das massas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 - Estados Unidos é o país do maior lobby abortista do planeta (Planned Parenthood).
      2 - Foi o país de origem da grande revolução sexual de 1960, onde os ideais do sexo livre e do uso de drogas passaram a infestar todo o Ocidente.
      3 - É o país com maior atuação política da Maçonaria no mundo, rivalizando somente com a França.
      4 - É o país onde George Soros, Fundação Ford, Rockefeller e MacArthur fazem a festa, mandam e desmandam no governo e nas finanças.
      5 - É um dos países com maior atuação de lobbys satanistas, e LGBT do planeta.
      6 - Estados Unidos é o país que financia a ditadura grosseira e sangrenta da Arábia Saudita no Oriente Médio.
      Quem defende os Estados Unidos da américa como polícia do mundo e bastião da moral só pode ser I D I O T A, gado, estúpido, burro.
      Não há outra palavra.

      Excluir
    2. Para quem acha que os americanos (sicários de Israel) são amiguinhos, vai mais outro exemplo:
      https://www.youtube.com/watch?v=Mg6-tUkdSCU

      Vergonhosa foi a explicação da Marinha do Brasil ... por que não ficaram de boca fechada?!!

      As FFAA brasileiras são uma piada, uma ameaçadora e macabra piada contra a soberania e independência do Brasil. Só servem para dar golpes de Estado como foi o golpe da Proclamação da República (1889), golpe de 3 de novembro de 1891, a deposição de Vargas em 29 de outubro de 1945, golpe de 1964, e agora na deposição de Dilma. E reparem que todos os confeitados militares como Gen. Mourão, Heleno e outros, todos palestram e transitam com desenvoltura e intimidade nos centros maçons.

      E ainda tem quem acha esse fanfarrão vira-lata entreguista o salvador do país:
      https://www.youtube.com/watch?v=bI-_P6K8YXU

      https://www.youtube.com/watch?v=Cfg-7RBPyyY

      "Quem defende os Estados Unidos da América como polícia do mundo e bastião da moral só pode ser I D I O T A, gado, estúpido, burro. Não há outra palavra."

      Cobalto

      Excluir
    3. o cabeca de atum. se não fossem os eua, o ocidente a civilização ocidental já tinha desaparecido engolida pelo comunismo e islamismo. eles sao a força o poder o motor.

      Excluir
    4. Eita! !! Mas os nazis atacaram o comunismo e Churchill w Roosevelt sentaram junto com Stalin. .. deixaram até a Polônia, pivô da guerra, para o comunismo. ..

      Ehehehe esse nem atum é. .. É chutzpah mesmo!

      Tinha até um rabino pregando o comunismo nos EUA. .. Stephen Wise. .. era o mais popular inclusive

      Ehehehe. .. só mentiras esse judeu hasbarah. ..

      Excluir
    5. Sumiram com a Operação Barbarossa , sumiram ... rsrs depois criticam os revisionistas. Só desespero, só desespero. Até nisso fazem plágio.

      Segundo, esse assunto tem nada com meu comentário acima. Problema de cognição sério o seu, busque tratamento.

      Terceiro, parafraseando-o: "o cabeca de atum. se não fossem os" judeus, nem comunismo nem islamismo existiriam.

      Quarto, graças aos EUA tivemos a guerra fria, arte e música degeneradas, promoção das drogas, "escola" de Frankfurt toda fugiu de Hitler para EUA e toda aquela degeneração e destruição da moral e da alma, desagregação da família, bagunça sexual, intervenções militares sem fim, etc etc.

      Quinto, se Israhell não existisse, o Oriente Médio estaria em paz e não haveria essa imigração massiva à Europa com risco de islamização. Vejamos que comentários interessantes:
      https://2.bp.blogspot.com/-NNcR_oi1lQo/VwV-GYs5s-I/AAAAAAAAdu8/7w8QKswqWQ02HHIsB16W5bFwuLTDZB-9g/s1600/kalergi%2Bplan.jpg

      E o irônico foi que quem salvou o Comunismo do extermínio foi justamente os EUA e RU. Quando os alemães estavam às portas da sinagoga, ops, Kremlim, enviaram mais de 1.400 navios (em várias viagens) com suprimentos, armas, tanques, combustível, munições, aviões, etc . Para efeito de comparação, o badalado Dia D com sua super mega power hiper operação naval contava com 600 navios (viagem única), portanto, menos da metade que foi usado para salvar os judeus, ops, soviéticos. Os ingleses até fizeram a gentileza de invadirem o Irã para criar uma segunda rota de abastecimentos aos judeus, ops, soviéticos encurralados e apavorados.

      O que os 3 tem em comum? São todos maçons e judeus, isso explica aquele ímpar socorro ao Comunismo ...
      http://media.jamejamonline.ir/Media/Image/1394/09/06/635842232364244199.jpg

      Realmente coube como uma luva: "quem defende os Estados Unidos da América como polícia do mundo e bastião da moral só pode ser I D I O T A, gado, estúpido, burro. Não há outra palavra."

      Cobalto

      Excluir
  5. Por que querem destruir a Síria? - por Dr. Ghassan Nseir

    https://worldtraditionalfront.blogspot.com.br/2018/04/por-que-querem-destruir-siria-por-dr.html

    ResponderExcluir
  6. O genro de Trump tem negócios com Soros, sem exceções todos os presidentes dos EUA são serviçais, quando um não pertence ao CFR, seu vice ou outra pessoa do auto escalão pertence

    O único que fico em dúvida foi o Kennedy, pela sua admiração ao Hitler e por querer acabar com o plano nuclear de i$rael e fazer com que o EUA emitisse sua própria moeda (e não uma instituição privada) deve ser por isso que deram um fim nele...

    ResponderExcluir
  7. Sr. Toedter, acompanho seu trabalho há muito tempo, mas ultimamente tenho me perguntado por qual motivo o senhor permite esses comentários rasteiros cujo objetivo nítido é causar perturbação entre os leitores. Infelizmente tais comentários têm ocupado grande parte do blog com esses torpes "kkk"... Como qualquer pessoa deve estabelecer um limite sensato para manter saudável o ambiente sob sua responsabilidade (neste caso um espaço de debate inteligente e esclarecedor que sempre o caracterizou), faço votos que o senhor tenha êxito na empreitada. Que existam mais iniciativas assim. Saudações.

    ResponderExcluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas não são bem-vindas, agressões e baixarias não serão publicadas.