20 de setembro de 2016

TEMER FAZ PARTE

A Organização das Nações Unidas tem agora como preocupação máxima tratar do acolhimento de refugiados. Em sua 71° Assembleia Geral aberta ontem, dia 19, com o discurso do novo presidente brasileiro, Michel Temer, os líderes mundiais adotaram uma declaração para a defesa dos direitos de migrantes e refugiados.

Ao adotar a Declaração de Nova York, os Estados-membros se comprometem a iniciar negociações que levem a uma conferência internacional e à adoção de um pacto global para uma migração segura, ordenada e regular em 2018".

Mas que boa notícia! Quer dizer que estes acordos de cessar fogo, estas cúpulas aqui e acolá, é tudo “p’ra inglês ver”? Essa história de refugiados vai CONTINUAR ad eternum! Não vai parar, como não parou depois do Afeganistão. Não vai parar, como não parou depois do Iraque. Não vai parar, como não parou depois da Líbia e como não vai parar depois da Síria.

Isto revela de forma contundente que o objetivo do Poder Oculto, que é quem na verdade impõe estas decisões, NÃO é a paz mundial, não é acabar com as bombas que alguns dos seus associados jogam nos outros, não é ACABAR COM AS GUERRAS. Isto automaticamente acabaria com o problema dos refugiados. Mas REFUGIADOS o ESTADO ISLÂMICO foram criados de propósito e vêm sendo sustentados e promovidos.

O objetivo mesmo é estabelecer e intensificar a GUERRA DAS CULTURAS. Intencionalmente vem se criando, ou no conceito, ou na prática aquilo que chamam de DIVERSIDADE. Promove-se a discórdia entre sexos, entre gerações, entre doutrinas, entre orientações, entre culturas, entre nações e entre religiões. O que se pretende mesmo é criar o CAOS. E lá vem a ONU para nos dizer que os países têm que aprender a lidar com diversidade e garantir direitos de refugiados e migrantes.

O Multiculturalismo não é aquela maravilha, como vem sendo cantado em prosa e verso. Mesmo que tenha tido uma evolução natural como, por exemplo, no continente americano. O Brasil é um país lindo e sublime. Eu não queria ter nascido, nem viver em outro. Brasil é a nossa Terra Prometida, mas na sua formação de estado e nação dependeu da imigração. É multicultural por excelência. Paga, porém, elevado preço. Enquanto no Japão, que tem uma homogeneidade étnica de 99,5 por cento, em 2012 houve 0,3 crimes de assassinato por 100.000 habitantes, no mesmo ano o índice no Brasil chegou a 28,5 homicídios por 100.000. Aqui apenas 8% destes crimes são esclarecidos. No Japão o crime decididamente não compensa, porque lá 97,7% dos delitos são elucidados.

Em seu discurso TEMER aprovou a declaração: “temos que ser humanitários”. Peço desculpas senhor Presidente, mas ser HUMANITÁRIO não é destruir a humanidade.

Toedter

15 de setembro de 2016

NOVOS TEMPOS - NOVOS TEMPLOS

Começam a aparecer novos templos neste nosso mundo, no qual nada mais surpreende. Este aqui acaba de ser inaugurado em Portugal no último domingo, dia 11 de setembro:

É o Templo Ecumênico Universalista. Situa-se em Miranda do Corvo no Parque Biológico da Serra da Lousã, distrito de Coimbra.
Alega-se que sua forma de pirâmide se destina a homenagear o Antigo Egito, mas na realidade lembra muito o símbolo dos Illuminati e sua Nova Ordem Mundial. Tem até o topo destacado por outra cor, onde poderia se imaginar o “Olho que tudo vê”. Nos espaços internos e externos apresenta simbologias alusivas a 15 religiões, mas ateus e agnósticos também serão bem recebidos. Preconiza-se a mais ampla tolerância religiosa e a abolição de preconceitos.

Apesar de tudo essa iniciativa tem muito a explicar. Não dá para entender este desmatamento radical do topo de um morro, será que nunca ouviram falar de deslizamentos, ou em Portugal não chove?

A coincidência da data com as celebrações de mais um aniversário dos atentados de 11 de Setembro de 2001, nos Estados Unidos, não é inocente. Já a primeira pedra do projeto tinha sido lançada a 11 de setembro de 2015. O que teria a ver um Templo Ecumênico Universal com a, por enquanto, maior mentira deste século?

Não é de perguntar donde é que políticos, autoridades, dirigentes das mais variadas classes se suprem da desfaçatez e falta de vergonha, com que insistem em apregoar uma ocorrência, cuja falsidade já foi fartamente comprovada. E, abro aqui um parêntese, para mencionar mais uma evidência, que ainda não vi relacionada, mas que deve convencer o mais incrédulo: a tal NineEleven foi uma operação de “bandeira falsa”. Lembro que a famosa reportagem da TV começa mostrando o primeiro avião em voo e o primeiro prédio que por ele seria atingido, tudo na mesma cena e ANTES do impacto. É elementar que a filmagem foi produzida por profissional que SABIA o que aconteceria.

Voltando ao Templo Ecumênico Universal, construído em forma de pirâmide, o que sugere a inferência de que haja alguma ligação com a pretendida Nova Ordem Mundial. Não é segredo que faz parte do programa da NOM estabelecer para a população mundial UMA SÓ RELIGIÃO. Uma religião U N I V E R S A L, pois não? Esse templo em Portugal já tem isto no nome e pretende reunir 15 religiões, mais aqueles que não têm religião. Dá o que pensar, é que diria um amigo meu…

Aqui no Brasil já temos uma IGREJA UNIVERSAL. Não é de hoje. Era, segundo me lembro, evangélica e, recentemente, parece ter se metamorfoseado. Seu soberano chamava-se “Bispo” Edir Macedo. Deve ter mudado de título, pois fez construir em S.Paulo e inaugurou pomposamente, com a presença das mais altas autoridades do país, o seu TEMPLO DE SALOMÃO. A edificação é fartamente decorada com a Menorá, o candelabro judeu.

Fica a pergunta, seria esse Templo de Salomão já um passo em direção à Religião Única escolhida pelos articuladores da NOM, ou apenas um expediente comercial do habilidoso dirigente da seita?

A tal Nova Ordem Mundial não nos poupa de interrogações, algumas com detalhes aterrorizantes, entre elas o possível propósito de reduzir a população do globo. Mas quanto ao Rei Salomão (961 – 922 a.C), último soberano das doze tribos, talvez convenha lembrar que não era muito querido entre os seus súditos, devido aos altos impostos que costumava cobrar. Gostava do luxo. Além do grandioso templo, que levou seu nome, mandou construir ainda outros, para que suas inúmeras (700?) mulheres pudessem adorar seus próprios deuses. Ele próprio acabou mudando de religião, passando a idolatrar a deusa Astarte (“The Epic of Man” Editora TIME Inc. 1955-1958). É uma questão para o ex-Bispo analisar.

Finalizando esta matéria sobre os indícios de que a NOM pode estar próxima, há que se destacar mais esta. Em novembro de 2015 o Papa Francisco viajou à Nova Iorque para fazer um discurso de abertura de uma conferência na ONU. Ali se referiu a uma “nova agenda universal” para a humanidade. Antes já fora visitado por Shimon Peres, ex-presidente de Israel, que lhe apresentou a ideia de uma RELIGIÃO ÚNICA para o mundo. Na ocasião o Papa não teria manifestado opinião, mas é possível que precisem dele em virtude da forte liderança que representa.

Mas então, estes novos templos seriam sinal de novos tempos?
Toedter


9 de setembro de 2016

MAKE LOVE, NOT SEX!

A campanha publicitária está aí, por todos os cantos e todas as telas, não, não a do título, refiro-me à da violência, VIOLÉNCIA CONTRA AS MULHERES. Certamente é correto haver uma delegacia especial e haver cuidados especiais com vítimas de violência doméstica, mas a ênfase que vem sendo dada ao tema denota haver manipulação. O objetivo da campanha não é o que dizem. Bem a propósito vejo o blog de henry makow abordar o assunto.
Fiz tradução e passo a palavra a ele:

Ter sexo” ocupou o lugar de “fazer amor.”
Mas homens e mulheres querem amor, não só sexo.
O amor entre homem e mulher é divino.
Sexo anônimo é a antítese de amor.
É por isso que os Satanistas o promovem.

by Henry Makow Ph.D.

Quando eu era jovem, na década de 1960, um homem fazia amor com uma mulher. A relação sexual tinha uma dimensão arquetípica sagrada. A mulher se agregava ao espírito do homem. Ele plantou sua semente, colocando nela sua alma. Ela a fez crescer. Uma criança era fruto. Fazer amor era o ritual sagrado da procriação. Filhos eram nosso florescimento orgânico.

Sexo não era um fim em si mesmo. O homem expressou adoração por sua mulher, dando-lhe prazer em êxtase. Ele “fez amor" com ela. Uma forte união foi estabelecida sobre o fundamento da intimidade sexual. Mas para que isso acontecesse, naturalmente tinha de ser exclusivo.

A maioria das mulheres jovens férteis é sexualmente atraente para a maioria dos homens. Mas o sexo anônimo é desumanizante - é como um prazer sensual fugaz e uma exploração mútua. Fomos feitos para ser mais que insetos.

Deus é Amor. Amor entre homem e mulher é o mais próximo que a maioria das pessoas poderá chegar a Deus. Satanistas promovem o sexo anônimo para perverter o amor.

AS MULHERES QUEREM SER ADORADAS

A dinâmica do "fazer amor" está profundamente enraizada na psique humana. As mulheres procuram seu cavalheiro em brilhante armadura, um homem que vá se dedicar exclusivamente a ela. Ela vai se entregar de corpo e alma a um homem assim. Ela vai segui-lo.

Homens representam o princípio de energia. As mulheres representam o amor. Os homens querem poder. As mulheres querem amor. O casamento é o intercâmbio dos dois: o poder secular do sexo feminino com o poder masculino expressos como amor.

O sacrifício de poder das mulheres proporciona uma demonstração de amor, que inspira seus maridos a amá-las e a se dedicar á sua família.

Fazer amor é o símbolo do vínculo matrimonial. É um ato de posse.

SEXO ANÔNIMO

O sexo anônimo é humilhante para uma mulher. A mensagem a ela é clara: Ele quer o seu corpo, ele não quer que você. Você nada lhe vale.

Se as mulheres são possuídas por homens que não as amam, elas são feridas. Satanistas promovem isso, a fim de acabar com o amor no mundo.

Em “The Psychology of Women” (1944) a psiquiatra Helene Deutsch disse que as mulheres são regidas por princípios masoquistas e narcisistas. Para se sacrificarem para o marido e filhos, eles querem ser adoradas como deusas.

As mulheres precisam de sexo tanto quanto ou mais do que os homens. Mas elas não podem ser verdadeiramente satisfeitas a menos que possam se render completamente. Em “Power of Sexual Surrender” (1958), a psiquiatra Marie Robinson escreve que, para um profundo orgasmo vaginal, a excitação provém do ato de entrega. Há uma tremenda êxtase física na submissão, no sentimento de ser o instrumento passivo de outra pessoa ..." (158).
O amor incondicional de uma mulher é a coisa mais preciosa do mundo. É a fonte de harmonia e felicidade. Uma mulher amorosa é como o nascer do sol.

Em vez disso, fomos treinados a procurar amor “ersatz” (substituto), sexo, um corpo perfeito. Mas, no ato de amor, todas as mulheres são perfeitas notas 10. Um corpo perfeito é nada comparado com a ternura e felicidade de um rosto amoroso. Muitas mulheres vão fazer sexo com você por um preço. Quantas mulheres podem te amar?

Que prazer um homem pode ter com uma mulher que faz por fazer? Sexo casual segue um roteiro banal que termina com – "menino, foi ótimo", quando apenas deixou todo mundo se sentir inquieto e vazio e degradado. Fome espiritual só pode ser satisfeita por alimento espiritual.

Fazer amor é fazer com que duas pessoas se sintam una. Para que uma mulher se entregue, é claro que ela deve poder confiar em um homem completamente. Ela deve ter as condições encontradas no casamento: devoção, fidelidade e comprometimento.

Cabalistas mágicos atacam destroem a confiança da mulher em homens alardeando violência doméstica, assédio sexual e estupro. Eles ensinam as mulheres a procurar o poder, em vez de amor e se tornam masculinas elas próprias, a fim de castrar os homens.

Os satanistas querem destruir a divina dinâmica heterossexual que traz o amor ao mundo. Eles querem recriar a raça humana, fazendo dela seus animais domésticos, ou seja goyim.

Precisamos parar de fazer sexo e começar a fazer amor novamente.


- x -

Temos aqui mais um exemplo de como nossa mídia é manipulada desavergonhadamente e sem qualquer escrúpulo. O estranho é ver que a maioria das pessoas não o percebe e aceita tudo com a maior indiferença. Talvez seja porque tudo isto já vem sendo preparado desde há muito e, de uma forma ou outra, incutido na mente das populações. É o MIND CONTROL, do qual já falamos neste blog, praticado pelos “satanistas”, como os chama o Henry Makow. São eles nada mais nada menos do que o poderoso grupo que busca assumir o DOMÍNIO MUNDIAL. Escondem-se atrás da denominação de GLOBALISTAS. Para conseguir seus objetivos se empenham em destruir a relação homem/mulher, a família, o estado e a herança genética dos povos. Só não vê tudo isso quem não quer, não se sensibiliza com o destino reservado aos seus descendentes, ou não consegue se livrar do CONTROLE DA MENTE!
Toedter



22 de agosto de 2016

AQUECIMENTO!


Não, não vou falar do propalado “aquecimento global”, no qual não acredito mesmo. É a situação política na Europa que está entrando num estado de febre ameaçadora. A França já faz tempo que vive um estado policial com a suspensão temporária dos direitos individuais. Não tem mais nada de democracia. Ontem, domingo, a alemã “Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung” anuncia, segundo a agência AFP, que no pronunciamento esperado para a próxima quarta-feira
o governo da RFA conclamará a população a se abastecer e manter um estoque individual de mantimentos para um período de dez dias.
Segundo a nota o povo deve se preparar para enfrentar uma possível situação crítica durante um período que um governo necessitaria, numa possível crise, para as medidas urgentes que possam estabilizar o abastecimento. As pessoas devem manter uma reserva de alimentos, água (2 litros/dia), energia e dinheiro em espécie. Não ficou claro se tais preparativos indicariam a possibilidade de haver uma situação bélica. É verdade que o governo a pouco tempo fez alterações em sua estratégia militar, sendo a Rússia agora considerada nação inimiga. A OTAN avalia como possível um ataque russo ao seu território. Só que isto já deve estar merecendo revisão diante da aliança que está se formando entre Putin e Erdogan, uma vez que a Turquia é membro da OTAN.

Paralelamente o GATESTONE INSTITUTE de Nova Iorque publica em seu portal uma longa lista de atos criminosos de estupro e assédio sexual que vêm sendo praticados por refugiados em território alemão. Já foi amplamente comentado aqui, que isto era esperado e, com toda certeza, faz parte do plano de desestabilização da Europa.

E, igualmente dentro do programado, o governo alemão está anunciando amplas medidas que deverão ser encetadas para reforçar a segurança interna, tais como aumento dos efetivos das forças policiais, controle das comunicações e treinamento das forças armadas para intervenções internas. Há quem receie que estas intervenções internas possam ser dirigidas contra o próprio povo nativo, caso este comece a revolta contra a presença estrangeira e seu desrespeito às leis e costumes do país. De junho para julho aumentou em 49% a concessão de licença a alemães para porte de armas não fatais (gás de pimenta e pistolas com munição de festim).

As iniciativas anunciadas, ou a serem anunciadas pelo governo alemão, podem se resumir a manobras eleitorais. É que este ano estão sendo realizadas as eleições para as assembleias legislativas estaduais. As que já aconteceram demonstraram o crescimento de um partido político novo que tem a sigla AfD, cuja tradução quer dizer ALTERNATIVA PARA A ALEMANHA. Cresceu apesar da forte campanha difamatória que sofre da mídia teleguiada. É considerado de extrema direita, o que por si só já inclui os termos nazista e racista. Na realidade o partido é o único que se posiciona contra a política suicida da Angela Merkel, que não quer impor limites à invasão do país por refugiados. Veja mais sobre a AfD neste blog em maio 2016 sob A ALEMANHA REAGE. Ao que parece povo está começando a abrir os olhos e a se livrar da doutrinação que Merkel, seu gabinete e as ONGues comandadas por George Soros estão inflingindo ao país.

Daí o anúncio de “aumentar a segurança” pode ter um duplo sentido. É aguardar para ver. Acho que até o final do ano ainda muita coisa está por acontecer e isto não só na Europa.

Toedter 

16 de agosto de 2016

A PALESTRA DO XEIQUE

Um XEIQUE americano se apresenta numa mesquita na Malásia, fazendo uma palestra, cujo tema é a situação geopolítica mundial (2014). É muito interessante. Os gestos, a mímica e o ar professoral do apresentador dão vida à imagem, mas como não tem legendas em português, e o importante é o teor da mensagem, lanço mão de um recurso um tanto inusitado. Deixo a imagem inicial parada e mostro apenas o texto traduzido, buscando manter a maior fidelidade em relação ao original.

VAMOS À PALAVRA DO XEIQUE:

Em 1907 Grã-Bretanha e França atraíram a Rússia a fazer parte de uma aliança. Ofereceram "mel". "Venha participar de uma Tripla Entente Grã-Bretanha, França e Rússia.”

O "mel" que usaram para seduzir a Rússia foi o seguinte: "Quando nós ganharmos a guerra contra o Império Otomano, vocês receberão Constantinopla (Istambul)", uma coisa que Rússia queria.

Mas a promessa que fizeram à Rússia eles não cumpriram e enganaram a Rússia, como o fizeram com os árabes.

Todos esses "Sábios" com títulos de doutores são embusteiros. Quando dizem "o sol está brilhando", não acreditem!

Saiam para fora e vejam vocês mesmos para o céu, se realmente o sol está brilhando.

Quando o Exército russo foi lutar na Primeira Guerra Mundial - eles tiveram então as maiores perdas, a maioria dos soldados vitimados na Primeira Guerra eram russos.

E os russos estavam começando a ganhar a guerra, o Império Otomano estava afundando e o Exército Russo distante uma braçada de Constantinopla.

Mas "eles" não queriam que a Rússia conquistasse Constantinopla, não. E o que fizeram?

Judeus russos organizaram a Revolução Bolchevista, que derrubou a monarquia russa. Assassinaram o Czar e toda a sua família.

Eles deram o golpe e desta maneira excluíram a Rússia da Primeira Guerra Mundial. E o Exército Russo teve que parar pouco antes de Constantinopla.

Em outras palavras, os judeus russos deram uma facada nas costas da Rússia. Ainda mais, fizeram mais uma coisa.

Levaram o comunismo à Rússia. Comunismo não é russo. Estes bobalhões não entendem isso.

O comunismo foi criado para destruir a Rússia. Por que esses imbecis não entendem isso? O comunismo não é russo.

O comunismo foi gerado para destruir a Rússia, para destruir a religião ortodoxa russa.

Eles levaram o comunismo à Rússia e criaram a União Soviética.

E nos 60 a 70 anos seguintes essa invenção sionista, chamada União Soviética, fez guerra contra a religião.

Fez guerra contra a religião russa, matou sacerdotes, fechou igrejas, conventos etc. Isso durou 60 a 70 anos.

E depois, quando foi fundado o Estado de Israel, a mesma União Soviética abriu suas fronteiras para a colonização de Israel por judeus russos.

Se vocês hoje forem a Israel poderiam pensar que estão na Rússia. Tantas pessoas lá falam russo, são os judeus russos (cerca de 1 milhão; de cinco judeus em Israel um é judeu russo).

Em seguida, 6 anos depois da fundação de Israel, a União Soviética fez algo esquisito e místico.

A Crimeia é território russo. É uma parte da Rússia.

A União Soviética decidiu dar a Crimeia de presente à Ucrânia.

Por que fizeram isto?

Os historiadores não irão lhes contar. Portanto deixem eu lhes dizer sobre isto.

Eles deram a Crimeia à Ucrânia para dar uma segunda facada nas costas da Rússia.

Por que, a Rússia perdendo a Crimeia, isso fortalece a segurança de Israel.

A Marinha russa é estacionada na Crimeia.

E é uma linha direta a Crimeia para Constantinopla.

Da Crimeia a Marinha russa pode deixar o Mar Negro e chegar ao Mediterrâneo, passando pelo estreito do Bósforo.

E a cidade de Constantinopla fica ao lado do Bósforo.

Então, deram a Crimeia de presente à Ucrânia (1954).

Nunca perguntaram pela concordância da população da Crimeia, não.

Nunca pediram permissão dos russos, do povo, não.

Porém Washington nada quis saber disto.

Este deficiente mental que agora ocupa a Casa Branca em USA. Esse Boboca.

Ele quer dar a impressão de ser um sábio.

Ele não quer escutar. Como é que ficam os direitos desta gente russa. Eles não foram desrespeitados?

Os Estados Unidos têm o direito de mandar no Iran?

Eles exigem a devolução da Crimeia, que fora ilegalmente tomada aos russos? Isso foi feito em nome de Israel. Obama nada quer saber disto.

Isso não lhes serve.

Mas nesta mesquita vamos desmascará-los, gostem ou não.

Eles fizeram mais do que isto.

Eles não deram apenas a Crimeia à Ucrânia, antes ainda se desfizeram da Ucrânia Oriental, que também era russa.

Era russa.

A União Soviética deu de presente à Ucrânia.

Por que deram estes territórios de presente à Ucrânia?

A resposta é, quando chegar o momento adequado, as mesmas pessoas, que criaram a União Soviética, produziram agora um método de como fazer a União Soviética desmoronar.

O mesmo método que estão usando atualmente na Venezuela - manifestações em massa - que utilizaram no Egito e na Tunísia.

Eles são mestres neste método.

Antes eu acreditava que Alá fizera a União Soviética ruir. Com a bondade de Alá.

Mas eu estava enganado.

Não, não foram os sionistas que destruíram a União Soviética. Não mais necessitavam dela.

Da mesma forma como amanhã não mais necessitarão da Arábia Saudita, não mais necessitarão Islamabad (Paquistão), quando compreenderão isto?

Serão jogados aos cães, serviram-lhes o tempo suficiente.

Portanto, eles destruíram a União Soviética. Por quê? Para que a Ucrânia pudesse surgir como Estado independente.

E isso é um perigo para a Rússia.

Prepararam o caminho. Agora a Ucrânia está constituindo um Estado independente.

De forma que colocaram a coleira no pescoço da Rússia.

E desde o dia em que a União Soviética foi destruída até ontem (referendo popular na Crimeia) estavam tensas as relações entre Ucrânia e Rússia.

Mas até agora as pessoas na Ucrânia tinham a sabedoria e a sã consciência de eleger um governo pró-Rússia (Janukowitsch).

Os sionistas decidiram usar aqueles métodos, vocês sabem, as manifestações de rua.

E em outubro, novembro e dezembro do ano passado (2013) o mundo padeceu dessa doença (manifestações de rua), Caracas (Venezuela) e em toda parte do mundo.

E ao fim os sionistas conseguiram o que queriam.

Eles têm o dinheiro e podem mandar seus "especialistas". Atiradores de precisão, que matam, e outros, que usam os coquetéis-molotovs e assim por diante.

Acabaram conseguindo o que queriam - criaram o caos.

Queira Alá proteger deles a Malásia! Amem, amem!

E o presidente da Ucrânia (Janukowitsch) fugiu.

Antes ele fora eleito democraticamente, senhor Obama, de acordo com vossos métodos! No sentido do teu sistema!

Ele foi eleito legalmente, presidente da Ucrânia legitimamente eleito! Foi obrigado a fugir.

E esses hipócritas em Washington, Londres e Paris querem que acreditemos sejam eles pessoas honestas - eles não o são!

Em lugar de se colocarem ao lado do Presidente legalmente eleito e exigirem o respeito à Justiça,

eles mostraram sua cara verdadeira. Estes hipócritas,

e imediatamente reconheceram o novo governo da Ucrânia.

O novo governo da Ucrânia é antirrusso. É isto o que eles queriam.

Por este motivo destruíram a União Soviética, para fazer da Ucrânia um Estado independente

e instalar posteriormente na Ucrânia um governo antirrusso.

Não tivesse, com a bondade de Alá, havido a intervenção de Putin e não tivesse sido Putin tão espetacularmente bem-sucedido,

então teria sido posto em ação o seguinte plano:

O novo governo da Ucrânia teria se tornado membro da OTAN e a Rússia não teria meios de evitar.

E se o novo governo tivesse aderido à OTAN, a OTAN teria mandado suas tropas à Ucrânia.

Inclusive armas nucleares.

Então a Ucrânia teria iniciado uma guerra contra a Rússia querendo que a Rússia deixasse a Crimeia.

Rússia deveria fechar sua base da Marinha na Crimeia e se mandar.

A coleira estaria firme no pescoço da Rússia e teria que por o rabo entre as pernas (igual a um cachorro)

e retirar sua Marinha e sua frota do Mar Negro.

Rússia deixaria de ser uma potência marítima. Zig-Zag. Acabou, fim.

Israel teria festejado. Era o plano mestre.

Mas Alá planejou, o plano de Alá teve sucesso.

E agora é tempo de o mundo muçulmano reconhecer isto e manter à vista.

Não posso exercer influência sobre os governos. Com governos a gente só desperdiça tempo. Mas as pessoas, os povos podem compreender.

Que isso foi um plano de Alá.

E o plano que os inimigos andaram tricotando por tanto tempo, este plano foi derrocado no último momento por Alá.

E Putin teve condições de motivar as pessoas na Crimeia a realizar um referendo. E neste referendo mais de 90%, ou mais, votou a favor da reunião com a Rússia.

Reintegração com a Rússia, porque a Crimeia é parte da Rússia.

E queriam voltar para a Rússia.

Portanto Putin teve sucesso em aplicar uma derrota ao Movimento Sionista.

Uma importante derrota em sua mais de centenária história desde a sua formação.

Não seria isto um sinal de Alá! É tempo para que acordem!


Agora, para quem quer ver o vídeo original, aqui está o endereço:


Toedter

2 de agosto de 2016

VULGARIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO


Para começar nosso “papo” de hoje, eu perguntaria se alguém conhece um cidadão ou cidadã que não possua este tijolinho chato – em todos os sentidos da palavra – chamado de smartphone? Acho que ao menos metade dos brasileiros, nisto incluídos crianças e idosos, têm uma dessas traquitanas no bolso, ou melhor, na mão. Só este fato justifica chamar o aparelho de fone inteligente. Em curtíssimo prazo essa coisinha produziu uma movimentação financeira impressionante no país. Se considerarmos um preço médio de 800 reais cada um e multiplicarmos por 100 milhões (metade da nossa população) de compradores teremos a significante importância de 80 BILHÕES de reais.

A coisa tem dois aplicativos básicos e que constituem a fascinação absoluta dos seus usuários: FACEBOOK e WHATSAPP. São gratuitos, mas tudo não funciona sem internet. Não adianta ter internet contratada para o seu computador, tem que ser própria para o pestinha. Calculada a R$ 50,00 resulta em mais 5 BILHÕES por MÊS!

Belo negócio de um valor produtivo próximo a zero, porém extraordinariamente rentável. Para quem? Certamente não é o nosso país que está lucrando com isso. Alegar-se-á que trouxe enormes benefícios à comunicação, e tudo de graça! Não sei se as torres de retransmissão cada vez em maior número e cada vez mais potentes – há pouco era G2, hoje estamos em G4 – contribuem exatamente para o bem-estar e saúde das pessoas. Não são poucos os cientistas que advertem para os efeitos prejudiciais à saúde, principalmente dos organismos em formação das crianças. Seriam causados pela radiação eletromagnética das antenas e dos próprios aparelhos. Quanto ao progresso na comunicação, que os tais smartphones estariam oferecendo, não seria de se perguntar, se na realidade não estamos apenas diante de uma VULGARIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO.

Na verdade a introdução em escala mundial deste sistema representa mais uma etapa do exercício do MIND CONTROL (controle da mente) ao qual a humanidade vem sendo submetida desde que uma certa oligarquia, há muito tempo disposta a conquistar o domínio global, conseguiu o controle e domínio da NOTÍCIA. Não é preciso ser psicólogo para saber que um cérebro ocupado com entretenimento pouco ou nada está disposto à reflexão. Eles, os globalizadores, não estão interessados em súditos que pensem. Quem pensa, raciocina, formula conceitos próprios e é muito mais difícil de dirigir e controlar. O futuro dispensará pessoas inteligentes, serão substituídas por computadores.

É fácil constatar a alienação que está se espraiando. Pouca gente achou estranho, conjectura ou se surpreendeu ao assistir recentemente um papa católico, cristão, representante de uma religião que até há pouco tempo era a que tinha o maior número de adeptos no mundo todo, se fazer de arauto de interesses judaicos. Também é difícil encontrar alguém que se compadeça dos povos que continuamente estão sendo expostos a bombardeios, morte e destruição. Em nossa volta poucos ou talvez ninguém, mesmo entre os que têm lá sua origem genética, está se preocupando com a programada extinção da identidade dos povos da Europa, claramente em curso. São resultados do DOMÍNIO DA NOTÍCIA e do ENTRETENIMENTO.

A coisinha chata ainda vai dar muito o que falar. Vejam o caso do UBER que veio para demolir uma instituição mais que centenária, a do TAXI. O Taxi sempre esteve sob regulamentação do poder público, que controlava a expedição de licenças, a fim de equilibrar oferta e procura. Motoristas esperavam anos para obter a licença. Agora vem o UBER, protegido por algum poder oculto, e supera todas as restrições. O serviço já funciona em outras nações e opera comandado pelo Whatsapp. E salve o consórcio do Zuckerberg!

Então, por princípio e por protesto estou me negando a ser usuário do aparelho que tem o formato de um tijolinho chato. Talvez um dia se torne obrigatório. Por enquanto não me faz falta.

Finalizando, não custa lembrar que lá na primeira metade do século passado existiu um homem que tentou por todos os meios obstruir as tratativas deste poder oculto, que está levando a humanidade à total subserviência. Vencido, fizeram do seu nome o hoje mais difamado e odiado no mundo todo, tarefa que pelo WhatsApp fica ainda mais fácil.

Toedter

20 de julho de 2016

POR QUE SE TORNOU MUÇULMANO?

Aqui MUHAMMAD ALI responde.

Novamente o MEDALHA DE OURO da Olimpíada de 1960 (Roma), na época ainda chamado CASSIUS CLAY, nos dá importante depoimento sobre RACISMO. Começa light e vira bastante sério. Veja:
video

Sempre quando se fala em olimpíada os já citados Agentes do Mal aproveitam para denegrir a Olimpíada de Berlim (1936), onde teria acontecido a tão falada ofensa racial, praticada pelo Führer Adolf Hitler, que não cumprimentou Jesse Owens, então o atleta mais veloz do mundo. Como se fosse comum chefes de estado: 1º estarem presentes ao desenrolar de todos os jogos e, 2º, cumprimentarem um por um os ganhadores de medalhas. Mas mais esta mentira - já vivemos um século de mentiras - serviu para criar e alicerçar o conceito de que o alemão “nazista” era RACISTA. Esta mentira teve efeito tão contundente, que faz com que o alemão de hoje não ousa empregar nem mesmo um derivativo, que lembre a palavra raça. Constrangido, não consegue protestar contra a invasão em massa que seu país vem sofrendo por povos estranhos.

Os detratores sempre alegam as Leis de Nurenbergue editadas em 15.9.1935 pelo governo nacional-socialista alemão. Na realidade estas leis são três. A primeira descreve a bandeira nacional do Reich. A segunda define o direito à cidadania alemã. Foi o Reichsbürgergesetz. Finalmente a terceira, a polêmica, denominada Gesetze zum Schutz des Deutschen Blutes und der deutschen Ehre(Leis de Proteção ao Sangue e à Honra Alemã). Esta é a que impede o casamento entre judeus e alemães ou pessoas de sangue afim. Lhes proíbe a cidadania alemã. Define com detalhes quem é judeu. Proíbe-lhes o hasteamento da bandeira alemã, mas permite que exponham suas próprias cores. Não se encontra no texto alguma disposição que os segregue da população. Há que se considerar aqui que a comunidade judaica mundial - o estado de Israel ainda não existia - já havia se colocado em oposição à Alemanha, declarando-lhe GUERRA e anunciando boicote aos seus produtos ao redor do mundo.

Assim, se houve a prática de RACISMO, no verdadeiro sentido segregacionista, isto aconteceu no outro lado do Atlântico, nos Estados Unidos, nos proeminentes USA. Foram os RACISTAS os que hoje se arvoram lideres do nosso mundo e promovem a difamação dos germânicos. É contra eles que vale o presságio sinistro feito por Muhammad Ali, nesta entrevista na BBC londrina, que acabaram de assistir. Foi nos Estados Unidos que até 1967 vigoraram leis que discriminavam os negros, os mesmos negros que haviam importado a força! E é bom não esquecer que o Apartheid funcionou também na África do Sul britânica, isto até 1985.

Cassius Clay, seu irmão Rudolph e a mãe eram metodistas. O pai católico. Quando adotou a religião muçulmana, Cassius passou a usar o nome Muhammad Ali. Faleceu em junho deste ano, deixando esposa e nove filhos.
Toedter