14 de junho de 2019

"O DIABO FEITO GENTE"

Na postagem anterior BRANCOS contra BRANCOS o autor do artigo diz logo no começo: "A imprensa e políticos ocidentais demonizaram Putin, Maduro, Irã, e Trump  na mesma extensão que os patrióticos historiadores da corte propagandística fizeram com Adolf Hitler." E um leitor em seu comentário rebate: "Comparar a "demonização" de Trump e Putin com a de Hitler é piada ... rs Nem somados!"
Realmente, o que se fez com Adolf Hitler, nem com o demônio foi feito. Em pesquisa de opinião mundial  certamente ampla maioria diria que Hitler foi um  escabroso mau caráter, responsável  por tudo o que de ruim aconteceu de 1933 para cá, principalmente pela Segunda Guerra Mundial e pelo pavoroso, incrivel genocídio de judeus. Teve êxito indiscutível o exército de milhões de detratores que foram mobilizados para construir tal fama em torno de um nome.
Há quem busca corrigir esta injustiça que se pratica contra uma personalidade de estatura moral e ética incomum e que só buscou o bem do seu povo. Com  tal objetivo alguns excertos de citações de figuras internacionais do seu tempo e que não podem ser alinhadas propriamente como que tivessem sido seus seguidores.

DAVID LLOYD GEORGE  -   1936
Acabei de voltar de uma visita à Alemanha. Agora vi o famoso líder alemão e também algumas das grandes mudanças que ele ocasionou. O que quer que se possa pensar de seus métodos - e eles certamente não são as de um país parlamentarista - não pode haver dúvida de que ele conseguiu uma mudança maravilhosa no espírito do povo, na atitude de pessoas que de uns com os outros e em suas perspectivas sociais e econômicas.
Ele fez valer com razão em Nuremberg , que em quatro anos, seu movimento criara uma nova Alemanha. Não é a Alemanha das primeiras décadas do pós-guerra - quebrada, desencorajada e subalterna, com um sentimento de preocupação e provação. Agora está cheia de esperança e confiança, e um senso renovado de determinação de levar uma vida sem qualquer interferência de qualquer força de fora de suas próprias fronteiras.
Pela primeira vez desde a guerra, há uma sensação geral de segurança. As pessoas são mais alegres. Em todo o país, prevalece um maior sentimento de contentamento mental geral. É uma Alemanha mais feliz. Eu vi isto em toda parte, e os ingleses, que encontrei durante minha viagem e que conheciam bem a Alemanha, estavam muito impressionados com a mudança.
Um homem realizou este milagre. Ele é um líder humano nato. Uma personalidade com magnetismo e dinâmica com um propósito inarredável, uma vontade determinada e um coração destemido.

Ele não é apenas nominado, mas na verdade é o líder nacional. Ele o tornou o povo  a salvo dos potenciais inimigos que o rodeavam. Ele também o protege contra o medo constante da fome, que é uma das memórias mais opressivas dos últimos anos da guerra e dos primeiros anos de paz. Mais de 700.000 pessoas morreram de fome naqueles anos sombrios. Ainda é possível ver os efeitos na aparência  daqueles que nasceram naquele mundo escuro.
O fato de que Hitler salvou seu país do temor de uma repetição daquele período de desespero, miséria e humilhação, proporcionou-lhe autoridade inquestionável na Alemanha de hoje. Não pode haver dúvidas sobre sua popularidade, especialmente junto à juventude alemã. Os velhos confiam nele; os jovens o idolatram. Não é aquele tipo de admiração que um líder popular recebe. É a adoração de um herói nacional, que salvou seu país do desespero e da degradação.
Ele é tão imune à crítica quanto um rei em uma monarquia. Ele é mais. Ele é o George Washington da Alemanha - um homem que conquistou a independência de seu país de todos os seus opressores. Para aqueles que não viram e sentiram por si mesmos como Hitler domina o coração e pensamento na Alemanha, essa descrição pode parecer extravagante. No entanto, ela é a pura verdade. Este grande povo trabalhará melhor, fará mais sacrifícios e, se necessário, lutará com maior determinação, porque Hitler o conclama. Quem não conseguir entender esse fato central não poderá julgar as capacidades atuais da Alemanha moderna.
Durante a guerra Hitler lutou como um simples soldado  e sabe por experiência própria o que ela significa. Ele sabe também que as chances de um agressor hoje são ainda menores do que naquele momento.

(David Lloyd George - de 1916-1922 primeiro-ministro da Inglaterra, trechos de "Falei com Hitler", em Daily Express, Londres, 17 de novembro de 1936)

WINSTON CHURCHILL  -   1937
Enquanto se consumavam todas aquelas terriveis transformações na Europa, o cabo Hitler conquistava em paciente luta o coração alemão. Quinze anos após ter tomado a decisão de rehabilitar a Alemanha, ele conseguiu colocar a Alemanha na mais poderosa posição da Europa e não só restaurou essa posição do país como transformou  em elevados termos as consequências  da grande guerra no seu oposto. O que quer que se pense sobre este grande feito, ele com certeza pertence aos mais notáveis da História mundial.

WINSTON CHURCHILL  -  1938
Se acontecer que em algum tempo a Inglaterra  se encontre em condições tão deploráveis como a Alemanha após a Guerra Mundial,  eu desejaria ao país um homem como Hitler.
(Winston Churchill  -  Primeiro Ministro do Reino Unido na II GM)

SEFTON DELMER  -  1961
Diga-se hoje o que quizer, mas em 1936 a Alemanha era um país florescente, feliz. Seu semblante era o de uma mulher apaixonada. E os alemães estavam apaixonados  -  apaixonados por Hitler... E tinham todos os motivos para serem agradecidos. Hitler derrotou o desemprego e lhes trouxe um novo florir econômico. Ele proporcionou aos alemães uma nova consciência da sua força nacional e de sua missão nacional.
(Sefton Delmer  -   Foi o chefe da Propaganda britânica durante a II Guerra - Texto do seu livro "Os Alemães e Eu" -pág.288) 

HARRY ELMER BARNES - 1962

O ponto decisivo aqui é que Hitler, ao contrário de Churchill, Roosevelt e Stalin em 1939, não queria uma guerra generalizada.
(H.E.Barnes - historiador - em seu livro "Blasting of the historical Blackout" Oxnard, Califórnia)

SIR HARTLEY SHAWCROSS  1984
Hitler e o povo alemão não queriam a guerra. Nós não respondemos a várias imprecações de Hitler por paz. Agora temos que constatar que ele tinha razão. Em lugar da cooperação que ele nos oferecera, aí está a gigantesca potência dos soviéticos. Eu me sinto envergonhado ao ter que ver agora, que os mesmos propósitos que atribuíramos a Hitler, vem sendo perseguidos sob outro nome.
(Sir Hartley Shawcross - Promotor-Chefe britânico  no Tribunal de Nuremberga - discurso, em 16 ou 13 de março de 1984 em Stourbridge)

Aquele leitor do post anterior tem razão em seu comentário... 

17 comentários:

  1. Mais adequado seria dizer que foi criado espantalho do mal sobre a pessoa de Hitler na qual é referência de comparação direcionada a quem insinua ameaça à globalização e principalmente ao judaísmo internacional.

    As comparações são feitas profusamente e sem critério algum que não seja conectar uma suposta força do alvo da comparação com o caráter monstruoso do espantalho de Hitler.

    ResponderExcluir
  2. Nobre Norberto, o atual politicamente correto reza que todos esses (incluída a Cruz Vermelha que absolveu os "campos de extermínio" alemães em seu relatório) "foram enganados pela propaganda nazista" e, por isto, são "perdoados por essa falha".

    A Cruz Vermelha até emitiu uma nota há alguns anos declarando isso e pedindo mil desculpas ao mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Por que diabos pessoas inteligentes, sabendo que seus governantes mentiram sobre cada conflito em que se envolveram, convencem-se de que lhes é dito a verdade sobre a Segunda Guerra Mundial?

      É porque a verdade é horrível demais para confrontar; que preferimos o conforto do auto engano?" Michael Walsh http://www.biblebelievers.org.au/roundone.htm


      Como a Grã-Bretanha e a Polônia começaram a Segunda Guerra Mundial e culparam Hitler e os Alemães pela Eternidade! http://www.renegadetribune.com/blank-check-forked-tongues-britain-poland-started-wwii-blamed-hitler-germans-eternity/ + http://die-heimkehr.info/geschichte/blankoscheck-fuer-polen-gegen-deutschland/

      Hitler foi obrigado, forçado, compelido a PROTEGER OS ALEMÃES DO MASSACRE POLONÊS ENCOMENDADO PELA INGLATERRA E OS EUA https://www.wintersonnenwende.com/scriptorium/deutsch/archiv/greueltaten/pgvp000.html + https://nationalvanguard.org/2019/03/the-bromberg-bloody-sunday/



      A PRIMEIRA DECLARAÇÃO DE GUERRA FOI DA INGLATERRA CONTRA A ALEMANHA, SEGUIDA DE SUA PARCEIRA EM INVEJA - A FRANÇA, mas na Wikipedia mentirosa apresenta a Alemanha, apesar de não haver nenhuma declaração de guerra alemã contra a Polônia.

      A URSS não salvou o mundo do fascismo; O COMUNISMO foi salvo de ser aniquilado pela Alemanha https://nationalvanguard.org/2016/05/the-ussr-did-not-save-the-world-from-fascism-the-soviet-union-was-saved-from-a-one-front-war-with-germany/ para que pudesse expandir-se à China, Coréia, Cuba, Venezuela, .... UNASUL e o Governo Mundial apontado também por Douglas Reed A META É, AFLIGIR AS PESSOAS PELO MEDO DE UMA GUERRA ATÉ QUE ELAS ACEITEM UMA DITADURA. ELAS NÃO PERCEBEM, ANTES DE PASSAREM POR ISSO, QUE UMA DITADURA É MAIS FUNESTA QUE UMA GUERRA, E QUE UMA DITADURA MUNDIAL SERIA A MAIS FUNESTA DE TODAS. CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO, CAMPOS DE TRABALHO ESCRAVO E FOME COMO FERRAMENTA COERCITIVA CONTRA A POPULAÇÃO MATARAM MAIS PESSOAS QUE AS DUAS GUERRAS MUNDIAIS E TODAS AS ARMAS REUNIDAS. ESTA É A RAZÃO PELA QUAL A POPULAÇÃO DEVE TEMER MUITO MAIS UM GOVERNO MUNDIAL ÚNICO DO QUE OS PERIGOS DE UMA GUERRA NUCLEAR. A BOMBA ATÔMICA É EMPREGADA ATUALMENTE, PARA CONVENCER A POPULAÇÃO A ACEITAR UMA DITADURA MUNDIAL. “
      https://www.controversyofzion.info/Controversy_Book_German/Der_Grosse_Plan_der_Anonymen/Der_Grosse_Plan_der%20Anonymen_index.htm


      QUEM DEVERAS COMEÇOU A II GUERRA MUNDIAL?
      http://www.tomatobubble.com/smigly_rydz.html

      Depois da guerra, o advogado constitucional alemão, o professor Friedrich Grimm, disse ao propagandista inglês que era hora de desistir. "Não", respondeu Delmer. "Agora vamos começar ainda mais. Continuaremos esta propaganda de atrocidades, vamos intensificá-la, até que ninguém mais aceite uma boa palavra dos alemães, até que toda a simpatia que você teve em outros países seja destruída e até que os próprios alemães deve ser tão confuso que eles não sabem mais o que estão fazendo ". - Os métodos de reeducação , Udo Walendy.

      O livro de Else Loeser, "A FALSIFICAÇÃO DA HISTÓRIA POLONESA", http://www.danzigfreestate.org/loeser.html explica por que os poloneses são mal-ensinados que os alemães (originalmente seus próprios parentes) são seus inimigos, enquanto os alemães JAMAIS foram ensinados a odiar os poloneses e frequentemente vinham salvá-los.

      Excluir
  3. Norberto Toedter , é inacreditável como as pessoas acreditam cegamente na versão dos vencedores .Simplesmente , a propaganda aliada funciona como ração para o " gado humana". Falo essa expressão, não para atingir aqueles que não acreditam na versão verdadeira , mas talvez para demonstrar que a mídia ( que está a serviço do sistema) manipula facilmente a mente de quase todos seres humanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "POLÓNIA, REAL BULL TERRIER DA EUROPA

      A Polônia, por razões óbvias, é retratada como a vítima inocente do desejo insaciável da Alemanha nazista por Lebensraum. O que não lhe é dito é que, até a retaliação da Alemanha, no início de setembro de 1939, a Polônia era corretamente considerada um belicoso causador de problemas em toda a Europa Oriental. Havia se envolvido em escaramuças contra a maioria de seus vizinhos, incluindo os alemães da Silésia, cujas terras ele ocupara em desafio ao direito internacional em 1920.

      Mesmo os arquitetos do infame Tratado de Versalhes ficaram envergonhados com os pogroms cruéis da Polônia contra suas 1.500.000 vítimas alemãs. Numa orgia de limpeza étnica, muitos foram arrastados de suas casas e espancados ou apedrejados até a morte. A Cruz Vermelha Internacional colocou o número em 3.000 mortos em um período de 20 anos a partir de 1919. Eles eram todos civis, muitos deles crianças. Em 1939, mais de 500 minorias alemãs foram assassinadas por poloneses.

      Estes são fatos que, como muitos outros, foram apagados dos livros de história. Essas provocações antes do início da guerra são censuradas e aqueles que ousam expô-las são ignorados ou caluniados pelos hackers da mídia britânica."
      INFORMAÇÃO COMPLETA AQUI > http://www.biblebelievers.org.au/roundone.htm

      Quem fez isso > https://i1.wp.com/ais.badische-zeitung.de/piece/00/cd/29/07/13445383.jpg
      muitos ainda NÃO CONSEGUEM perceber - continua fazendo-o aqui também > http://antikrieg.com/syrien_2014_02_06.jpg

      OS ALEMÃES VENCERAM A FRANÇA EM UMA GUERRA DECLARADA PELA FRANÇA SEM QUALQUER MOTIVO - MAS, NÃO A DESTRUÍRAM https://steamusercontent-a.akamaihd.net/ugc/920299309896666347/CC948C61B2B9FCE95983C953BE7139542680095E/ COMO OS ALIADOS COMUNISTAS FIZERAM COM INÚMERAS CIDADES NÃO BÉLICAS ALEMÃS, SOBRETUDO DRESDEN. https://nationalvanguard.org/tag/dresden/

      Excluir
  4. "MUITOS - AINDA SÃO isentos das regras que nos IMPINGEM " https://nationalvanguard.org/2019/05/jews-exempt-from-the-rules-they-force-on-us/

    ResponderExcluir
  5. Brancos são otários, infelizmente a verdade é essa. Vocês acham que árabes, turcos, judeus, orientais e negros estão ligando se seus ancestrais dominaram e massacraram outros povos? Pelo contrário, eles se orgulham disso, é o natural, natureza é força é poder. O que transformou os brancos nesses trouxas foi um tal cristianismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejo verdade nisso em certos aspectos! O universalismo do amor é totalmente válido e necessário, e estimo ter sido esse o difundido por Jesus, mas as instituições rivais dos Imperadores Romanos transformaram esse universalismo em igualdade geral desde que aceitassem, é claro, a comunidade eleita de Deus mandando. Essa mentalidade era a seiva dos movimentos messiânicos do judaísmo quando a República Romana consolidou-se, e todo ressentimento era contra força republicana e imperial de Roma, inclusive ao divino Augusto é atribuído a palavra evangelho (boa nova), que depois teria sido adotada pelos cristãos alegando serem eles os portadores da boa nova, embora sem o termo em questão, mas com a pretensão era a mesma proposta pelos messiânicos judaicos...

      Aí foi a dissuasão do povo romano às tradições indo-europeias para adorarem a historiografia e mentalidade abraâmica...

      Excluir
    2. Otário é você!!
      Só brancos são cristãos?!?!!?
      Não existem árabes, turcos, orientais, negros cristãos?!!?!
      Defina "cristão" e defina esse "trouxa", ameba.

      Excluir
    3. O problema são os cristãos? Na URSS mataram todos, resolveu o problema de lá, ooo criatura anônima?

      https://www.dw.com/pt-br/youtuber-russo-explora-os-horrores-dos-gulags-de-stalin/a-49252644

      Se não fossem os Papas passados, a Europa já seria islâmica ou coisa pior há séculos, sabia? Vá estudar.

      Transformar alguém em "trouxa" e "frouxo" se consegue também pela alimentação, leis e televisão, sabia? Vá estudar.

      As maiores manifestações contra a islamização europeia e anti-maçônica provém de grupos católicos e evangélicos, sabia? Vá estudar.

      Quando a Europa era cristã (hoje é pagã, maçônica e atéia, sabe?), fôra sua época áurea em descobertas e conquistas. Vá estudar.

      https://memestatic.fjcdn.com/pictures/Europe+is+a+christian+land+on+a+side+note+list_92527c_6426981.jpg

      Se os europeus seguissem o conselho cristão de "crescei e multiplicai", não estariam nessa situação miserável na taxa de natalidade. Vá estudar.

      Enfim, ajude os inimigos xingando bastante os cristãos. Os inimigos precisam dos idiotas úteis.

      Cobalto

      Excluir
    4. Falou do cristianismo o trol cobalto apareceu, o mykel já matou questão mas o tal aí que fica perambulando pelos sites pro brancos defendendo a coisa que matou espiritualidade finge que não viu. Paganismo está ligado a raça, o igualitário igualitário cristianismo mata as raças. Europeia nunca precisou de pra se defender, pelo contrário todas as vezes que foi atacada antes do cristianismo se defendeu muito bem e ainda pagou como se deve pagar, se expandindo pra cima dos agressores. Foi o cristianismo que abriu as pernas para a desgraça europeia, os judeus.

      Excluir
    5. Quanta asneira em 2 comentários tão curtos:
      21 de junho de 2019 21:56 e
      22 de junho de 2019 23:04.

      Troll é mudar de assunto da postagem como você fez. Repito aqui a resposta dada a outro pagão: chiliques anti-Cobalto não são argumentos. E como nada respondeu aos 2 comentários acima, só resta ficar repetindo: vá estudar.

      Paganismo está ligado a adorar árvores, sol, comer coração dos outros, beber sangue, sacrifícios animais e humanos, se drogar pra se "conectar com os espíritos" (rs), etc. Vá estudar.

      Nunca disse que a Europa só conseguia se defender sento cristã. Aprenda a ler. Porém, quem salvou Roma dos hunos que varreram do leste ao centro a Europa foi um Papa. Antes disso, outros guerreiros (TODOS PAGÃOS) vindos do Oriente mataram, destruíram e saquearam a Europa (AINDA TODA PAGÃ) que não conseguia se defender. Vá estudar.

      Aliás, os pagãos romanos foram os que mais destruíram, EXTINGUIRAM racialmente várias tribos PAGÃS que eram racialmente únicas. Hoje não existem mais, os pagãos romanos não deixaram nenhuma "espécie" viva. Vá estudar.

      Será que entendi?! Insinuas que os judeus só apareceram na Europa com a vinda dos cristãos?! .. kkkkkkkkkkkk

      Foram os cristãos que levaram os judeus pra Rússia?! ... kkkkkkkkkkk

      Resumo: troll é você com todas as letras. Como é pagão o Mykel que já fiz tropeçar nas próprias ideias tentando defender essa besteira de "religião do deserto", "pilar abraâmico" e outras lorotas. Repito: ajude os inimigos xingando bastante os cristãos. Os inimigos precisam dos idiotas úteis como vocês.

      Enfim, chora pagão. Vá sacrificar pro teu deus (não sei se é uma árvore, pedra ou cachoeira) derrotado pelo Deus cristão.

      Cobalto

      Excluir
    6. Você não vale a pena, você é como os judeus, aliás o próprio cristo chamou vocês de cachorros dos filhos dele, OS JUDEUS!Você esqueceu da conversa dele com aquela mulher? Não é justo tirar dos filhos para dar para os cachorros e a mulher com o seu espírito servil como o cristão deve ser, mas os cachorrinhos também comem dos farelos que caem da mesa dos seus donos. Isto que você fala dos pagãos saem da saliva dos judeus, você bebe da falsificação histórica judaica. Quem parou hatila o huno foram os germanicos que formaram parceria com os romanos e pararam a besta fera do orinte, alias o mesmo lugar de onde saiu o cristianismo. Acho que quem tem que estudar aqui é você, uma das marcas negativas de Roma era conservar a cultura do vencido. Só um trol não admite a ligação direta entre a decadência europeia e a invasão cristã do continente, depois do cristianismo a Europa viver séculos de arruaças arabes, turcas e mongóis. Qualquer um que põe os neurônios pra funcionar desconfia que a decadente elite foi infiltrada pelos judeus e estes implantaram o cristianismo como de exterminar a espiritualidade europeia e o que tornava a Europa intransponível a conservação da raça. Como eu disse você nem vale a pena, você é como um menino do fundamental que que quem fala por último venceu o debate. A e eu não desviei assunto nenhum, o tema aqui são os males que que arruinar os brancos.

      Excluir
    7. Realmente o anônimo levantou temática de influências exercidas nos arianos. Mas aí imediatamente abaixo vem uma "aula" de simbologia do Cobalto:

      "Enfim, chora pagão. Vá sacrificar pro teu deus (não sei se é uma árvore, pedra ou cachoeira) derrotado pelo Deus cristão."

      É que a árvore, a pedra ou a cachoeira são também parte do universo, com seus símbolos, tectônicos ou transcendentais, mas subjacente a tudo isso, possuem sua essência. Temos por exemplo o símbolo da árvore da sabedoria nos budistas, como eixo do mundo nos nórdicos, e até a macieira no cristianismo.

      Outro exemplo. Temos o desenvolvimento da concepção de vegetativo pelos atributos de estagnação locomotiva, mas crescimento corporal, típico dos vegetais, é óbvio, algo que Aristóteles e Teofrasto viram bem. E é uma constatação vitalista e biológica, mas com fundo filosófico se transferido para o símbolo de eixo do mundo mostrando isso, estagnação, ser uma virtude por implicar em sustentar o mundo, e sendo uma debilidade no homem por mostrar inatividade.

      Que um camponês não tenha a retórica de Aristóteles ou de um Sankarachaya eu entendo, mas ao menos ele supunha tais relações, que eram estruturadas nos ritos e instituições.

      Não vou ser eu que irei dar lição disso. Há aí grandes sabedores da simbologia, e inclusive não desvinculando-a da metafísica, na antiguidade e atualidade. Deixo aí três nomes contemporâneos que falam melhor que eu. Max Scheler, Mircea Eliade e Georges Dumézil.

      A seguir outra 'caixa de minhoca'!

      "Como é pagão o Mykel que já fiz tropeçar nas próprias ideias tentando defender essa besteira de 'religião do deserto', "pilar abraâmico" e outras lorotas."

      A moral e transcendência não esperou o abraâmismo, seja judaico, cristão ou islâmico, para surgir no mundo. Surgiu antes. Surgiu várias vezes e degenerou várias vezes. É importante penetrar em cada ciclo e ver as causas e efeitos.

      O judaísmo fartamente tem em suas escrituras e em seu proselitismo exortações que reduzem os demais povos, incluindo as altas culturas e civilizações, como meros acessórios de Jeová para punir ou premiar os judeus em sua 'epopeia' na Terra. Essa concepção de culturas e civilizações sendo algo como acessórias de um povo 'escolhido' influiu muito no cristianismo.

      Mas o cristianismo inseriu na arqueologia mental da Europa o abraâmismo e o que acima implica. Certamente uma depreciação ao europeu, haja visto que, de acordo ao cristianismo, sem a entrada das "boas novas" surgidas com a "aliança" de Abraâo com "Deus" todo o resto era impregnado pelo mal, mesmo as altas culturas.

      Daí as acrobacias abraâmicas, incluindo cristãs, como "nova aliança", depois as islâmicas "outra nova aliança", para explicar a história do mundo. E como eles depreciam as altas culturas e civilizações! Que tenham entrado tais altas culturas em decadência, isso consta nas próprias tradições que admitiam um prazo que ao fim resultaria da degeneração ou estagnação por ter esgotado a cultura criadora e sã. E isso em todas grandes culturas é encontrado em literatura/símbolo, como em constatação histórica.

      O mal não cria alta cultura, apenas parasita e a corrompe. Em qualquer época!

      Excluir
  6. White Power!
    https://razoesparaacreditar.com/saude/dinamarca-sera-o-primeiro-pais-do-mundo-100-organico-ate-2020/

    ResponderExcluir
  7. Demonizam o Hitler porque o comunismo judeu do judeu Marx matou "so" 90 milhoes de pessoas no Gulag e na Siberia!!!Simples assim! nisof.

    ResponderExcluir
  8. FE Y ACCIÓN – MANUAL DE EDUCACIÓN POLITICA DE LAS HITLERJUGEND – SEGUNDA PARTE – SOCIALISMO, PATRIA, VALOR Y DUREZA https://doctrinanacionalsocialista.blogspot.com/2017/03/fe-y-accion-segunda-parte-socialismo.html

    VOLKSGEMEINSCHAFT Y SOCIALISMO EN EL TERCER REICH https://doctrinanacionalsocialista.blogspot.com/2017/04/volksgemeinschaft-y-socialismo-en-el.html

    LA MENTIRA IGUALITARIA, DIFERENCIAS RACIALES Y NÍVELES DE INTELIGENCIA https://doctrinanacionalsocialista.blogspot.com/2016/03/la-mentira-igualitaria-diferencias.html

    A GUERRA FRIA CONTRA OS BRANCOS https://www.counter-currents.com/2011/02/the-cold-war-on-whites/

    LAS PALABRAS DE ADOLF HITLER 1 LA RAZA https://doctrinanacionalsocialista.blogspot.com/2017/03/las-palabras-de-adolf-hitler-ii-la-raza.html A cultura humana e a civilização neste planeta são inseparáveis da existência dos arianos. Sua extinção ou queda traria as idades bárbaras e não civilizadas do globo mais uma vez. Aos olhos de qualquer Conceito de Mundo baseado em raça, o enfraquecimento da existência da cultura humana, destruindo o grupo que a sustenta, é o crime mais repulsivo possível. Assim, a doutrina do marxismo é um inimigo da humanidade uma vez que visa acabar com a raça que é capaz de manter a cultura humana e da civilização, ao passo que o conceito baseada na raça está em harmonia com “a profunda vontade da natureza.” https://www.counter-currents.com/2018/08/marxism-vs-national-socialism/

    LA DEFENSA DE NUESTRA RAZA https://doctrinanacionalsocialista.blogspot.com/2016/06/el-vinculo-con-el-pasado.html

    LA SOLUCIÓN FINAL DEL PLAN DE 1941 PARA EXTERMINAR A LOS ALEMANES AL GENOCIDIO BLANCO DE HOY https://doctrinanacionalsocialista.blogspot.com/2016/05/la-solucion-final-del-plan-de-1941-para.html

    A semente mais humilde tem a força vital nela. Ao crescer, tem o poder de quebrar qualquer pedra e reverter até mesmo a base artificial mais forte que pode ser construída.
    https://nationalvanguard.org/2015/02/kevin-alfred-strom-french-translations/

    A TODOS QUE FAZEM CORO COM A BALELA E SEU PRINCIPAL INSTRUMENTO DE SUSTENTAÇÃO O ÓDIO https://cdn.dopl3r.com/memes_files/aproveitem-bem-esse-frio-atartesdepressao-porque-o-lugar-pra-onde-vcs-vao-e-bem-quente-artes-depressao-m80F7.jpg

    A história é dirigida pelo projeto de Deus, projeto sempre voltado para a liberdade e a vida. O destino de uma sociedade depende sempre da atitude que ela toma diante deste projeto: ou terá liberdade e vida ou produzirá escravidão e morte.

    ResponderExcluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas, agressões e baixarias não serão publicadas.