17 de outubro de 2017

CORTINA DE SILÊNCIO

Somos enganados a torto e direito. Tenho que voltar à notícia que abalou o mundo, a do massacre de Las Vegas. Lembram? Foi duas semanas atrás, domingo dia 1.

Não é estranho, até muito estranho, que de uma hora para a outra tenha cessado todo o acompanhamento, comum nesses casos, que os tradicionais veículos de comunicação costumam dedicar a esse tipo de ocorrência. Não vi grandes cerimonias de luto, presença de chefes de estado, apresentando suas condolências e toda aquela exploração que costumam fazer em torno. Basta pensar no “Bataclan” , ou em “Je suis Charlie”, ou nos de Bruxelas, Nice, Berlin e tantos outros, que tiveram muito mais presença nos noticiários e nas colunas dos jornais. Além do mais, este de Las Vegas não pôde ser atribuído ao Estado Islâmico, que, apesar de ter assumido a autoria, foi logo descartado.

Ficou muita coisa sem explicação e é óbvio que ESTÃO NOS ESCONDENDO ALGUMA COISA. O que em forma de conta gotas a gente consegue saber aumenta ainda mais as incongruências. Semana passada o xerife Lombardo deu uma entrevista à imprensa, sempre vigiado de perto por um agente do FBI. Pressionado pela reportagem, confirmou que Stephen Craig Paddock, o pretenso autor do massacre, já se hospedara no hotel no início da semana, dia 25, e não, como vinha sendo anunciado, só no dia 28.
Também contou que o segurança da casa, Jesus Campos, foi ferido antes de começar tiroteio. Ele fora mandado ao 32º para verificar uma porta que estava aberta. Ali foi ferido por um tiro, que veio através da porta do apartamento 32135 e acabou caindo frente ao elevador, onde foi socorrido por outro segurança. Este primeiro tiro aconteceu às 21:59 e seis minutos depois começou o tiroteio sobre o público que assistia ao festival musical. Portanto a Segurança do hotel já sabia antes que havia gente armada naquele andar. A fuzilaria sobre o pessoal na praça só terminou as 22:15.

Até 22:55 vão chegando policiais ao andar num total de dezoito. Somente às 23:20, portanto 81 minutos após o tiro em Campos, eles arrombam a porta e entram no apartamento, onde encontram Paddock sem vida. Até aqui as informações fornecidas pelo xerife Lombardo.

Fica-se sabendo que Campos não viu quem atirou nele, mas teve tempo de comunicar sua central. Dá para admitir que foi sua chegada ao local que motivou o início do tiroteio. Depois que terminou, nem Campos nem policiais escutaram um tiro isolado, que pudesse ser o do suicídio de Paddock. Quando ele morreu?

Cerca de 600 pessoas foram atingidas, mais as balas perdidas, isto significaria uma enorme quantidade de cápsulas deflagradas que deveriam cobrir o chão do recinto. Nenhuma das fotos as mostra. Tampouco se explica a quantidade de armas levadas ao apartamento, mais de vinte! Manuseadas por um homem só?

Ainda se mantém viva a afirmação, baseada na análise técnica dos vídeos existentes, de que houve dois locais donde partiram os tiros. Afirmação de novo desmentida oficialmente. O obscuro ainda permeia tudo, ou o pouco, que ficamos sabendo sobre aquela tragédia que vitimou centenas de pessoas inocentes.


Certamente não é bom sinal, quando se constata que uma população, tida como civilizada começa a se defrontar com situações, cujo esclarecimento não parece ser de interesse nem mesmo das autoridades responsáveis.

7 comentários:

  1. o homem tenha juizo, ja alguma vez se preocupou com as possiveis causas do massacre de um outro louco na discoteca de orlando???? nao, entao tenha juizo e pense, os americanos sao tipicos nisto, e sabe-se la se nao ha ai paranoias familiares, o pai era um ladrao de bancos e dos mais procurados na epoca nos eua. mas em meados dos anos 90 do seculo passado, uma t-shirt dava nas vistas por entre o público nos festivais de música . com ilustracao condizente, rezava, em ingles, que disparar contra pessoas iria ser uma modalidade desportiva no futuro. humor negro para criticar o crescendo de violencia nas sociedades modernas principalmente na americana e na liberdade de adquirir armas. parece que foi premonitorio. agora isto nao serve os interesses de quem quer desculpar sempre os islamicos, ou querer ver nisto acçoes da tal nova ordem que perturba algumas cabeças conspirativas. e de ter muita pena. mas loucos existem, ate um andreas brevik teve a sua loucura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também foi coincidência o assassinato de Kennedy.. ele não queria continuar com a Federal Reserve, nem era favorável ao programa nuclear de Israel, e ainda admirava Hitler... foi coincidência...

      Na "História dos Judeus" de Símon Dubnov, historiador sionista da Rússia, existem inúmeras passagens desde a antiguidade na qual líderes, cujos programas políticos eram desfavoráveis aos planos judeus, morriam "subtamente", "estranhamente", ou "providencialmente" de modo a impedir os judeus de terem seus planos atrapalhados...

      Por cá esse anônimo (hasbará meia boca, mas quem não tem cão caça com gato!!) já disse que a história judaica é uma história entre uma etnia e deus eheheheheheh Pelo menos ao favor do hasbará tem o Blankfein dizendo que os judeus fazem o trabalho para Deus ao monopolizarem os trabalhos usurários... e o Abe Foxman pedindo para que quando muitos judeus forem vistos num setor não se diga que é algo articulado, mas sim mera coincidência...

      Temos até acadêmicos como "Sir" Karl Popper dizendo que coisas como as de cima são "teorias da conspiração"...

      A aleatoriedade para causas que convergentes para o mesmo fim é a pior das explicações, mas é o máximo que os judeus nos oferecem de explicação...

      Excluir
    2. "Kennedy.. ele não queria continuar com a Federal Reserve, nem era favorável ao programa nuclear de Israel, e ainda admirava Hitler... foi coincidência..."

      Porra nem sabe quem nomeia o Presidente da Fed?
      É o Presidente dos Estados Unidos.
      Ah, tb faz parte da conspiração?
      Mas então o Kennedy não fazia?
      e ler o livro de Greenspan, em vez de papar imbecilidades nos tugurios do costume.

      o iluminado kkkkkk quando e onde kennedy demonstrou simpatias pelo nazismo e causa nazi ??????ha pessoas baralhadas de todo, e que ainda confundem a accao de charles lindeberg com a de kennedy kkkkk

      escreveu kennedy

      https://br.sputniknews.com/europa/201703277996286-kennedy-hitler-guerra-mundial/

      "[Hitler] tinha uma ambição ilimitada para o seu país que o tornava uma ameaça para a paz do mundo, mas tinha um mistério sobre ele na maneira como ele viveu e na maneira de sua morte que viverá e crescerá depois dele" Kennedy escreveu depois de visitar os bunkers de Hitler em Berlim, e seu retiro no topo da montanha Eagle's Nest, no verão de 1945, informou o Independent."

      Depois de visitar o bunker onde Hitler supostamente cometeu suicídio, Kennedy estava cético.

      "A sala onde Hitler deveria ter encontrado a sua morte mostrou paredes chamuscadas e vestígios de fogo", escreveu ele. "Não há evidência completa, entretanto, que o corpo encontrado era o corpo de Hitler."

      À medida que o centenário do nascimento do presidente John F. Kennedy se aproxima, seu diário pessoal de 61 páginas a partir de 1945 está prestes a atingir o bloco de leilões. Uma passagem chocante revela que Kennedy acreditou que Adolf Hitler poderia ter sobrevivido após a Segunda Guerra Mundial terminou. a casa de leilões negou que Kennedy admirou Hitler, e exortou os leitores a não levar sua escrita fora de contexto

      "Não há glorificação, e eu não tiraria isso do contexto", disse Bobby Livingston, vice-presidente executivo de leilão RR, ao Independent. "Acho que Kennedy foi um historiador e ele está escrevendo sua compreensão do lugar de Hitler na história."

      "Quando JFK disse que Hitler 'tinha o material do qual as lendas são feitas', ele estava falando para o mistério que o rodeia, não o mal que ele demonstrou ao mundo", Henderson disse à People Magazine. "Em nenhum lugar neste diário, ou em qualquer de seus escritos, há alguma indicação de simpatia por crimes ou causas nazistas ".


      e depois ha outras pessoas que nao gostam que se saiba a verdade,permanecendo na ignorancia. ahhh espera ai a culpa e dos jews kkkkk

      "....cujos programas políticos eram desfavoráveis aos planos judeus, morriam "subtamente", "estranhamente", ou "providencialmente" de modo a impedir os judeus de terem seus planos atrapalhados... "

      de facto o poder nuclear seguro e nas maos de terroristas e islamicos que se puderem aniquilam a sociedade ocidental, ou entao regimes comunistas falidos que o usa como chantagem para obter "batatinhas" para alimentar o povo, pois este nao conhece o suposto dito da revoluçao francesa, se nao tem pao que comam brioches, por isso e sempre garantia de sobrevivencia no poder ter as massas bem alimentadas segundo tambem consta de um suposto dito romano pao e circo.. kkkkkkk

      Excluir
    3. Coloquei sobre Kennedy: "e ainda admirava Hitler"... e o judeu tentou deturpar a verbete de Kennedy ter elogiado o nazismo, pois talvez não tenha feito diretamente isso e portanto eu não teria a palavra "nazismo" num elogio de Kennedy, mas ele elogiou Hitler e isso é indiretamente elogio ao nazismo em alguma medida. Típico sofisma judeu:

      "JFK diary calls Hitler 'stuff of legends'"
      http://www.bbc.com/news/world-us-canada-39371715

      Quanto ao Federal Reserve, além do Presidente ser decisivo na escolha, há o lobby do sistema financeiro... enorme nos EUA... aliás falando em judeu e sistema financeiro, desde 1986 temos só judeus na presidência...

      Ei hasbará... mesmo sendo mais novo que você, já percebeste, e isso desde outros carnavais, que sou superior a ti claramente... és um cavalo cansado já esbaforado e nem os mais básicos contextos já consegue acompanhar...

      Estás a embaralhar tudo, consciente ou não, mas não eu...

      Excluir
  2. Lindo mundo dominado por parasitas de todos os naipes e desníveis. Fazem o que bem entendem, como querem, sem pejo ou peias, debochando de tudo e de todos, oprimindo ou destruindo qualquer um que bata de frente.

    E a oligofrenia coletiva segue no seu passo tácito e obediente. Só reagem às ordens de seus feitores.

    ResponderExcluir
  3. Testemunhas desaparecidas ou mortas depois do Massacre de Mandaly:

    https://heartiste.wordpress.com/2017/10/16/witnesses-go-missing-or-dead-after-the-mandalay-bay-massacre/

    Shockingly just days before her death, Suchomel posted key details about the shooting to Facebook contradicting the official narrative that Stephen Paddock is a lone gunman. […]


    Ai tem coisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Ai tem coisa!"

      tem tem, I am the eyewitness D kkkk

      https://thesmallfashionista.com/2017/10/15/kymberley-suchomel-wasnt-murdered/

      eyewitness A (deceased): Kymberley Suchomel

      deixa de ser mentiroso e de ler mentiras de teoricos da conspiraçao.

      http://www.dailymail.co.uk/news/article-4996918/Hotel-insisted-Jesus-Campos-appear-Ellen-fearing-lawsuites.html

      proprietário da Mandalay Bay insistiu que o guarda de segurança, Jesus Campos, apareça SOMENTE no programa da Ellen e não seja grelhado por hardhitters de TV, temendo que suas respostas às perguntas da linha de tempo possam resultar em ações judiciais maciças de vítimas do massacre Jesus Campos, o guarda de segurança do hotel Mandalay Bay que primeiro alertou a polícia para o homem armado de Las Vegas, apareceu em Ellen para sua primeira e única entrevista na quarta-feira

      Excluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas não são bem-vindas, agressões e baixarias não serão publicadas.