28 de março de 2017

NEGAÇÃO?

Novo “Filme do Holocausto” tem estreia marcada no Brasil para o fim deste mês. Veja o poster:

Segundo o trailer o filme coloca em oposição uma jovem e linda professorinha e um homem rude e grosseiro. Ela defende o Holocausto e ele nega. É previsível quem vai ganhar a disputa e a total simpatia do público. Mas o fato de se realizar mais este esforço doutrinário, após 70 anos de ininterrupta catequização, faz supor que o barco dos holopromotores está fazendo água. São muitos os que mundo afora, até mesmo desafiando ou sofrendo efeitos de leis facciosas, demonstraram a insustentabilidade da tese do assassinato ordenado de seis milhões de pessoas.

Assim, como certamente muitos outros, este blogueiro tem motivos pessoais para duvidar do que a respeito deste tema a mídiaQmente impingiu ao mundo durante todo este tempo.

POR QUE EU NÃO POSSO ACREDITAR NO HOLOCAUSTO

Vivi na Alemanha durante a Segunda Grande Guerra. Não era combatente, mas integrado na população civil, vivenciando tudo que de comum se passa nas hostes do povo.

Os servidores públicos, os membros do partido, das forças de segurança, das forças armadas, também fazem parte do povo e, quando não em ação – soldados gozavam suas licenças ao lado de suas famílias – conviviam normalmente com seus concidadãos. Na convivência a troca de ideias faz parte da natureza humana. Por maior que seja o segredo imposto sobre determinado tema ou assunto, sempre existe alguém que não resiste ao impulso de confidenciá-lo a familiar, ou a amigo. Então terá o destino de qualquer boato ou fofoca, começará a circular. Talvez um segredo destes possa ser preservado por curto prazo, mas não por QUATRO ANOS. Também não por tanta gente, que teria que estar envolvida ou tivesse ciência. O assassinato de MILHARES de pessoas a cada dia (6 milhões em 4 anos = 4.106 por dia), significaria um número imensurável e mesmo inimaginável.

Mas NADA TRANSPIROU. Falava-se em mortes, sim. Vítimas dos bombardeios aéreos, mortos em combate nas diversas frentes, mas em matadouros de gente ninguém falou. Anos atrás eu vi casualmente o ex-chanceler da Alemanha Helmut Schmidt ser entrevistado pela TV e declarando que durante a guerra NÃO teve conhecimento do Holocausto. Schmidt, neto de judeus, foi oficial do exército alemão.

Então, na Alemanha ninguém falava, nem segredava, que nos campos de concentração estaria ocorrendo o extermínio de quase a metade de um povo inteiro. Mas também entre as forças aliadas de ocupação isto não era assunto. Tenho guardado um exemplar do primeiro jornal que circulou em Hamburgo depois do fim da guerra, editado pelas forças de ocupação britânicas. Consistia de uma página só, redigida obviamente em alemão. Mas em toda a matéria não se encontra qualquer menção ao depois alegado “maior crime contra a humanidade”. Abaixo uma cópia.

Acima já aleguei que na Alemanha até o final dos combates em maio de 1945 nada se sabia sobre o tal Holocausto. Porém tenho outro motivo, talvez ainda mais convincente para NÃO ACREDITAR. Quando chegamos à Alemanha em 1942 minha mãe e eu ficamos morando em Hamburgo e meu pai empregou-se na empresa Sanitas AG de Berlim, produtora de aparelhos eletromedicinais, raio-X etc. Esta o encarregou de assumir a filial em Cracóvia, na Polônia ocupada pelos alemães, onde teve que ficar residindo. Eventualmente nós o visitávamos, ou ele conseguia dar uma chegada rápida a Hamburgo. Meu pai tinha facilidade em fazer contatos, principalmente com os médicos da região. Não sei como se entendiam, mas era uma região multilíngue, pois Cracóvia já fora cidade alemã, polonesa, austríaca e em 1918 voltou à Polônia. Se não me engano o Papa João Paulo II nasceu ali.

Agora o detalhe. Olhando o mapa podem constatar que a apenas 50 km de distância de Cracóvia se situa AUSCHWITZ. Em Cracóvia nunca meu pai ouviu falar que ali do lado exterminava-se gente.

Então como é que alguém pode querer que eu acredite nessa estória, que, camuflada de História teve o poder de ocasionar mudanças fundamentais no mundo. Já disse Edward Bernays (sobrinho de Freud) em seu livro PROPAGANDA – (1928): Uma GRANDE MENTIRA, repetida muitas vezes, torna-se VERDADE.
Não vou assistir o filme.
Toedter


20 comentários:

  1. O assassinato moral dos alemães vai continuar por décadas, talvez, centenas de anos. E quando a verdade for finalmente revelada vão dizer: "desculpem, também fomos enganados". Até lá, a Alemanha já acabou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o povo alemão continuar a aceitar esse assassinato passivamente, merecerá sua extinção.
      Ou se luta contra os parasitas ou estes farão o que nasceram para fazer.

      Excluir
    2. E por esta resenha, o filme é menos que fraco.
      http://dalenogare.com/2017/01/denial-negacao-2016/

      Excluir
  2. Estava aguardando seu comentário sobre este filme. As criticas sobre ele seguem a tendência normal das mídias. Não acreditei em nada.
    ET: o "verdades e mentiras" não esta acessando, foi retirado?

    ResponderExcluir
  3. "demonstraram a insustentabilidade da tese do assassinato ordenado de seis milhões de pessoas."

    demonstraram quem? um tal de leutcher a maior chacota. o seu testemunho vale tanto como o daqueles que dizem o contrario de si.nem o seu pai ouviu nem muito polaco e alemao.e no entanto aconteceu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza um mais confiável do que qualquer sionista e sua midia a serviço do estado ASSASSINO de Israel(HELL).

      Excluir
  4. Dos 4,5 milhões de judeus que estiveram sob administração alemã durante toda a guerra, 6 milhões morreram e 5 milhões sobreviveram pra pedir indenização.

    -------------------------------------

    EUA mostrando quem manda no Brasil:

    http://www.ocafezinho.com/2017/03/28/brasil-ja-e-um-protetorado-norte-americano/

    Não é mais BRICS, agora é apenas RICS. Não sei como ainda tem essa multidão de bobalhões que acham que a maçonaria é só filantropia. Bem, de certa forma, é mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanta besteira. Ler isto ai baixa 2 QI. O BRICS párou, os EUA fez acordo. Pára de ler "ocafezinho", por favor.
      [...]
      Primeiro, o BRICS não parou. E dentro do BRICS, há diversas outras siglas. IBSA, que trata do desenvolvimento econômico, tem outros que descartam China e Rússia, no tocante ambiental, dizendo que a vez deles já deu, nós agora decidiremos o nosso uso e cobertura da terra, dentre outros. Tem o BASIC, que trata dos poluentes. Enfim, tudo funcionando (aparentemente), não fale o que não sabe.
      [...]
      Claro que não sou entreguista, mas o Brasil tem que se modernizar, se não vai ser conhecido como país de commodity. De duas, uma: não adianta produzir e não ter valor agregado, produto, nem que seja primário, com qualidade. O Brasil tem, mas está caindo. Segundo, ele precisa valorizar o trabalho. Cada vez mais o trabalhador é desmerecido, imigrantes entram no país, ai cria-se uma mão-de-obra "dumping", ou seja, abaixo da concorrência, o que é bom e ruim: ruim para o Brasil com uma população pequena, bom à China e Índia que tem milhões e milhões de trabalhadores em espera (sem contar que com a desvalorização do trabalho, da mão-de-obra precária e barata, perde-se o valor agregado aos produtos). Ninguém, no Brasil, até hoje, valorizou o trabalho - no máximo, Getúlio, e os militares...
      [...]
      Só que Índia e China estão se modernizando, melhorando a industria e o serviço público, e já já vão superar esta defasagem laboral, tornando seus produtos quanti e qualitativamente bons (o piorzinho não vai ficar nem pro Brasil manufaturar, vai ficar com Laos, Cambodja).
      [...]
      Mas o Brasil roubou, gastou, estado de bem-estar, nunca teve um programa de austeridade, ou, mesmo neste mundo liberal, teve um ordoliberalismozinho, como a Alemanha teve (pelo menos ela não está tão ruim assim, falando dos setores, e falando do jogo de ratos que é o liberalismo, é o único que deixariam vigorar), não fez industrias, ou melhor, fez, mas não tratou de dar upgrades.
      [...]
      Então, acordos entre o Centro de lançamento de Alcântara, se feito por patriotas, pessoas inteligentes, não frangotes (concordo com você que com estes canalhas-maçons não dá), dentre todos os outros acordos, acordos de macho, seria ótimo.
      [...]
      Mas enfim, não sou liberal, nem social-democrata. Sou patriota, realista. E seus comentários são d'um alarmismo pueril, não adiantam nada, coisa de esquerdista retardado...

      Excluir
    2. O comentário "Não é mais BRICS, agora é apenas RICS" foi sarcasmo. E agora pergunto quem tem menos 2 QI?

      Escárnio! Grande mídia fica de fora da desoneração de impostos
      http://www.ocafezinho.com/2017/03/30/escarnio-grande-midia-fica-de-fora-da-desoneracao-de-impostos/

      https://www.youtube.com/watch?list=PLqwxvHjjfHIQF1BMdRF5alhuMJk3obY-C&v=oDrZo6L55Ec

      https://www.facebook.com/PerfidisJudaeis/videos/1347009098699239/

      https://www.youtube.com/watch?v=FYcSuPHvlQc
      Algumas informações curiosas sobre o nióbio. Exemplo, adicionar 2% de nióbio ao aço no cano de um armamento dá 250.000 tiros, sem a microfusão de nióbio no mesmo cano ele só dá 600 tiros e já perde a precisão. Lembrando que minério só dá uma safra.

      Conforme estudo feito por economista sobre o comércio do nióbio, o Brasil perde por ano no mínimo 100 bilhões de dólares (mais de 300 bilhões de reais) devido as irregularidades como o subfaturamento. Mas os problemas nacionais gravíssimos são o pedalinho, o triplex, o acervo do Lula ... O resultado está aí, arrocho salarial, nas leis decentes, nos direitos, quebradeira de cadeias produtivas inteiras, desemprego, "flexibilizações", "terceirizações" ... continuemos assim e vamos ver se agora sim p Brasil não vira uma "Venezuela". Não se trata de subliminar defesa ao PT, porque em 13 anos não fez nada sobre esse tema tão estratégico e criminoso. Mas culpar só o PT não é honesto e perigoso, e mesmo assim foi o melhor período político do país.

      E antes que alguém venha papagaiar que o Exército deveria intervir, ele já foi avisado e nada fez e continua nada fazendo, e leia (*). As pessoas devem entender que não temos um Exército Brasileiro, mas sim um exército de ocupação travestido de verde-oliva sob comando da Maçonaria, Israel, EUA e Londres.

      (*) Uma lista dos projetos de Defesa dos últimos anos governo Lula/Dilma:
      http://jornalggn.com.br/noticia/uma-lista-dos-projetos-de-defesa-dos-ultimos-anos (vários já cancelados após o golpe de Estado âmis-maçom)

      Antigamente por falta de recursos e contenção de despesas, as FFAA não participavam de treinamentos internacionais por contenção de gastos e problemas financeiros do país. Com o governo petista, o Brasil começou a financiar manobras como a CRUZEX, que bateu recorde de aeronaves e participa com espetacular eficiência de manobras como a RED FLAG nos EUA.

      http://www.cruzex.aer.mil.br/index.php,
      http://www.aereo.jor.br/2008/08/22/os-f-5em-da-fab-na-red-flag-08/

      Fora as manobras da Marinha e e Exército. Os militares são duplamente traidores da Pátria. São uma força militar de ocupação com sede em Washington, Londres e Tel Aviv. Precisa de um profundo e enérgico expurgo.

      E veja se a FEB não foi à Itália salvar os soviéticos da Alemanha.

      Excluir
  5. Nem eu assistirei. Meu tempo é precioso, muito precioso para usá-lo em coisas sem sentido.

    ResponderExcluir
  6. Tal sofisma segue a mesma linha do filme "Die weisse Rose" A ROSA BRANCA, em que um casal que se opõe ao regime que libertou a Alemanha, é tornado herói.

    http://blogln.ning.com/forum/topics/a-verdade-n-o-evita-evitada-n-o-odeia-odiada?page=1&commentId=2189391%3AComment%3A1199854&x=1#2189391Comment1199854

    http://www.erf.de/data/files/content.sources.cina.cartoons/407978.jpg MATEUS 07:16~20: "PELOS SEUS FRUTOS OS CONHECEREIS"

    https://theuglytruth.files.wordpress.com/2015/12/jews-judaism-anti-semitism.jpeg = https://pp.vk.me/c637925/v637925892/25fb6/bjXv8Hx_eXk.jpg

    https://pp.vk.me/c637825/v637825892/17805/3ZC6rs8vOhM.jpg BANCOS JUDAICOS COM SEUS MÉTODOS ILEGAIS CONTROLARÃO TODA A RIQUEZA AMERICANA. ELES CORROMPERÃO A CIVILIZAÇÃO MODERNA E NÃO EXITARÃO EM LANÇAR TODA A CRISTANDADE EM GUERRA E CAOS PARA ASSUMIREM O DOMÍNIO MUNDIAL.

    https://pp.vk.me/c836424/v836424892/19128/vpTTDGnxWkc.jpg O FUTURO DA RAÇA JUDAICA É INERENTE AO COMUNISMO INTERNACIONAL.

    https://pbs.twimg.com/media/Cxu7-99W8AA2JMG.jpg

    http://holocaust.uy/wp-content/uploads/2016/09/jude-rothschild.jpg

    https://i0.wp.com/2.bp.blogspot.com/-viq8ZN1ip30/U_ozgxI3mVI/AAAAAAAAQuE/uJQ_suzbq08/s1600/1aaaManis1.jpg

    http://www.germanvictims.com/wp-content/uploads/2015/12/jew-driving-slaves.jpg

    http://4.bp.blogspot.com/-5eavkVYWENk/VFP6TxycSyI/AAAAAAAADF0/qzZfrzfGsqw/s1600/COMUNISMO%2BGRAMSCI%2BHEGEMONIA.jpg

    https://grrrgraphics.files.wordpress.com/2013/02/sleeping_giant_cartoon.jpg

    http://smoloko.com/wp-content/uploads/JosephGoebellsJewsWW2quoteMeme.jpg

    http://i1.wp.com/www.wehuntedthemammoth.com/wp-content/uploads/2015/01/cultural_marxism.jpg


    https://i.ytimg.com/vi/gg8VFg69g6U/maxresdefault.jpg

    ResponderExcluir
  7. Foi direto ao ponto senhor Toedter, perfeitas as observações. De minha parte, vou ficar esperando os alunos perguntarem minha opinião sobre o filme.

    ResponderExcluir
  8. Além do mais, parece que o filme tem se revelado como um fracasso de bilheteria nos EUA.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. "NO ACTUAL HOMICIDAL GAS CHAMBERS OR GAS VANS HAVE EVER BEEN FOUND. The alleged gas chamber at Auschwitz 1, SHOWN TO TOURISTS, WAS "RECONSTRUCTED" BY THE RUSSIANS IN 1947 on the site of a crematorium and morgue, later used as an air raid shelter (with gas-tight door).

      UNTIL THE MID-NINETIES, IT WAS PRESENTED TO VISITORS AS "original". [See David Cole's video from 1992 where the Chief Archivist admitted the deception.] Auschwitz 1 alleged reconstructed
      gas chamber

      EVEN TODAY THE PUBLIC ARE ENCOURAGED TO BELIEVE IT IS IN ITS ORIGINAL STATEand you will only be told it is a "reconstruction" IF YOU ACTUALY ASK, OR GO TO A VERY OBSCURE CORNER of their web site (last paragraph on that page).

      Even this reference has since been removed. The mock-up is referred to simply as "gas chamber and crematorium I"!] At Auschwitz 2 there are only ruins of buildings whose plans and specifications in the Auschwitz Construction Office are for crematoria and morgues, with nothing to identify them as gas chambers; the ovens are standard crematorium design for individual bodies and their capacity is far too low for the mass murderous use claimed for them. Majdanek has gas chambers used to kill lice in clothing and bedding, using Zyklon B, which it is alleged, WITHOUT ANY EVIDENCE, were also used to kill people. "
      copy and paste > http://www.whatreallyhappened.info/index.html


      http://vilistia.org/archives/11761 Un rapport Croix-Rouge internationale confirme que l’Holocauste de six millions de juifs est un canular

      "O assunto do holocausto só veio à tona depois da Guerra dos Seis Dias, em 1967, quando os Estados Unidos perceberam ser Israel o parceiro ideal no Médio Oriente."

      Conocer la VERDADERA HISTORIA de la 2GM es CONDITIO SINE QUA NON para poder defendernos efectivamente. Sin saber quién fue realmente HITLER y lo que intento hacer, no entenderán jamas lo que esta sucediendo en nuestros dias http://es.metapedia.org/wiki/Econom%C3%ADa_nacionalsocialista#Abolici.C3.B3n_del_inter.C3.A9s_del_dinero

      Cuestionando el Holocausto® – ¿Por qué lo creímos? https://www.youtube.com/watch?v=-PK818SYvqk = http://questioningtheholocaust.com/
      https://plus.google.com/117780186646962901957/posts/HhtW4EzADeg + 7 comentários anteriores

      Excluir
  9. Parabéns, Norberto Toedter! Seu testemunho deverá ser ouvido!

    ResponderExcluir
  10. Bem, antes de falar do holocausto, vamos recordar as leis racistas do nazismo, que o Sr Toedter provavelmente também vai tentar negar que existiram...(isto porque já li neste blog o Sr Toedter afirmar que nunca existiu discriminação aos judeus na Alemanha...)


    As Leis Raciais de Nuremberg
    Em 1935, no comício anual do Partido Nazista realizado na cidade de Nuremberg, foram anunciadas as novas leis que legalizavam muitas das teorias raciais errôneas que compunham a ideologia nazista. Aquelas leis tiraram a cidadania alemã dos judeus [judeus alemães, com antepassados nascidos e criados naquele país], e os proibiram de se casar ou manter relações sexuais com pessoas de "sangue alemão ou seus descendentes". Outras leis complementares os privaram da maioria de seus direitos políticos.
    As Leis de Nuremberg, como ficaram conhecidas, não definiam um/a "judeu/judia" como alguém que possuísse uma crença religiosa específica. Pelo contrário, qualquer cristão que tivesse três ou quatro avós judeus era identificado como judeu, independentemente do fato daquela pessoa se considerar judia ou pertencer à comunidade religiosa judaica. Mesmo aqueles que haviam se convertido ao cristianismo, bem como seus filhos e netos, nascidos e criados como cristãos, eram definidos como judeus pelos nazistas.
    Em 1937 e 1938, o governo decidiu empobrecer os judeus, exigindo que registrassem suas propriedades e, em seguida, “arianizando” [colocando-as sob propriedade e administração de não judeus] os estabelecimentos judeus. Isto significou a demissão de milhares de gerentes, trabalhadores, funcionários e fornecedores judeus. A posse da maioria dos estabelecimentos judaicos foi transferida para alemães não-judeus que os compraram a preços baixíssimos, fixados pelos nazistas. Os médicos judeus foram proibidos de tratar os não-judeus, e os advogados também foram impedidos de exercerem sua profissão.
    Como todos os alemães, os judeus eram obrigados a carregar carteiras de identidade, porém, o governo adicionou símbolos especiais a elas: a letra “J” era carimbada em vermelho no seu documento de identificação, e aqueles judeus cujos primeiros nomes não podiam ser facilmente reconhecido como “judeus” tiveram um segundo nome adicionado pelo governo em seus documentos de identificação: “Israel” para homens e “Sara” para mulheres. Desta forma, a polícia podia identificá-los mais facilmente.
    Datas importantes
    15 DE SETEMBRO DE 1935
    AS LEIS DE NUREMBERG SÃO INSTITUÍDAS
    No comício anual do partido, os nazistas anunciaram novas leis que retiravam a cidadania alemã dos judeus e os proibiam de se casar ou ter relações sexuais com pessoas de "sangue alemão ou seus descendentes". Posteriormente, tais relações passaram a ser conhecidas como “Infâmia racial”, e tornaram-se infração penal. As Leis de Nuremberg definiam “judeu” qualquer pessoa com três ou quatro avós judeus. Consequentemente, os nazistas classificaram como judeus milhares de pessoas que haviam se convertido a outras religiões e seus descendentes, inclusive freiras e padres católicos romanos e sacerdotes protestantes que tinham avós judeus.
    18 DE OUTUBRO DE 1935
    INSTITUÍDOS NOVOS REQUISITOS PARA CASAMENTOS
    A "Lei de Proteção à Saúde Hereditária do Povo Alemão" exigia que todo indivíduo que desejasse se casar obtivesse um certificado de aptidão das autoridades de saúde pública. Os certificados eram recusados para quem sofria de “doenças hereditárias”, contagiosas e para os que tentavam casamentos que violavam as Leis de Nuremberg.
    14 DE NOVEMBRO DE 1935
    AS LEIS DE NUREMBERG SE ESTENDEM A OUTROS GRUPOS
    O primeiro decreto suplementar às Leis de Nuremberg estendeu a proibição de casamento às relações sexuais entre pessoas que pudessem produzir descendentes "racialmente suspeitos". Uma semana depois, o ministro do interior disse que aquele referia-se a relações sexuais entre pessoas de “sangue alemão ou seus descendentes" e os impuros: judeus, ciganos, negros ou seus descendentes.

    Vai publicar isto, Sr Toedter ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já me referi aqui várias às Blutschutzgesetze, conhecidas como Leis de Nuremberga. São elas muito menos discriminantes do que os códigos religiosos judaicos.
      Também confirmo que o povo alemão, que eu conheci, não costumava discriminar nem judeus, nem outra gente que pudesse parecer diferente.
      E respondendo à sua pergunta final, sim está publicado, apesar de autor/a se esconder no anonimato e o assunto do post ser o Holocausto.

      Excluir
  11. Também não verei este filme, assim como não vi Bastardos Inglórios e outros filmes autopiedosos de judeus. Creio que lançaram esta comédia por conta de que o suposto holocausto já está virando piada internet afora. Vejo alguns adolescentes na internet brincarem e desacreditarem o assunto em meios que de nazis não tem nada. É uma mentira tão insustentável que precisa de leis, filmes, documentários e décadas de lavagem cerebral. Sempre tão obcecados, os judeus... no caso com o número 6. No próprio campo de Auschwitz estava que 6 milhões ali morreram, depois a placa foi "consertada" e hoje só 4,5 milhões, e não é o Ari Toledo, morreram ali. Na ganância de fazer com que o número "bata" têm de fazer vários malabarismos... inclusive os malabarismos antes da Segunda Guerra, quandos os tais 6 milhões já eram mencionados...

    ResponderExcluir
  12. Outro sofisma sucedendo A Rosa Branca 1982; A Vida é Bela 199 .... "Um engano não se torna verdade por meio de uma ampla divulgação, nem ... se torna um engano porque ninguém a enxerga" - M. K. Gandhi https://plus.google.com/117780186646962901957/posts/HhtW4EzADeg

    ResponderExcluir
  13. Esse filme é só mas uma propaganda Hollywoodiana para convence o público que o holocausto existiu e quem tem o interesse de pesquisar sobre esse fato é censurado, eu acho um absurdo isso!

    ResponderExcluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas não são bem-vindas, agressões e baixarias não serão publicadas.