2 de fevereiro de 2017

O INIMIGO DE TRUMP

Caso alguém possa se lembrar de ter vivido, ou sabido, de uma situação pós-eleitoral semelhante, na qual o vencedor de uma eleição presidencial, logo após assumir, passou a ser alvo de protestos de multidões de inconformados, peço que a nos indique.

Eu diria que isso nunca aconteceu, a não ser, talvez, em uma dessas novas repúblicas africanas. Mas agora acontece sim, é o que os noticiários diários estão nos dizendo e mostrando. Parece que Mr.Trump, que acaba de ser vitorioso numa das mais disputadas eleições americanas, passou a ser o homem mais odiado do planeta. Manifestações em cima de manifestações, até em outros países. Tem até “Marcha das Mulheres” contra Trump. Durante a campanha eleitoral foi dito que ele era muito garanhão e cafajeste frente ao sexo frágil e agora se atreve a ser desumano com os refugiados. Brincadeiras a parte, a verdade é que os motivos que levam toda essa gente às ruas são fúteis e rebuscados.

Antes de prosseguir quero deixar claro que até agora eu próprio não elaborei ideia consistente sobre os verdadeiros objetivos do novo presidente dos Estados Unidos. Mas acho que isto é natural. A gente fica com um pé atrás, será que depois dos Bush e Obama apareceu alguém em quem se possa confiar? Bilionário e com um linguajar um tanto simplório? São tantas as influências e fatores que agem sobre o detentor de um cargo destes. Estamos conhecendo o homem agora, mas foi eleito e está fazendo o que prometeu fazer. E do que está fazendo eu estou gostando.

Eu disse acima que os motivos das manifestações são rebuscados. Os motes dos protestos não têm fundamento. O mais alegado: RESTRIÇÕES À IMIGRAÇÃO. Dizem que é inconstitucional, é contra os direitos humanos, fere as tradições americanas, os valores morais, é racismo, ditadura etc.

TUDO MENTIRA! Mas, feito gado, todos aceitam, marcham juntos, carregam faixas e cartazes e esquecem que É PRAXE a maioria das nações, inclusive os Estados Unidos, adotar um controle do ingresso de estrangeiros em seu território. O fazem através da concessão ou não do VISTO de Entrada, internacionalmente conhecido como VISA. É um documento que deve ser solicitado à representação diplomática do país de destino ANTES de se encetar a viagem.

Através da Wikipédia vamos saber:
Entrar em um país sem um visto válido, isenção válida ou realizar atividades não cobertas por um visto (por exemplo, trabalhar com um visto de turismo), resulta na transformação do indivíduo num imigrante em situação ilegal, geralmente sujeito à deportação ao seu país natal, atividade que é muito comum principalmente nos Estados Unidos.

Razões para recusa

Um visto pode ser negado por várias razões, algumas das quais provocadas pelo próprio solicitante:
- Fraude ou incorreção no(s) formulário(s) de solicitação do visto;
- Ficha criminal ou pendências jurídicas não concluídas;
- Potencial risco à segurança do país de destino;
- Falta de provas de laços com o país de origem, o que dificulta o convencimento do responsável pela emissão do visto de que o solicitante retornará ao local de partida;
- Pretensão de residência e/ou emprego no país de destino;
- Falta de razão aparente para a viagem;
- Ausência de meios legais de sustento durante a viagem, ou mesmo para pagamento das despesas da jornada (passagem aérea, hospedagem em hotel etc.);
- Não apresentação de planos de viagem (por exemplo, reservas de hotel, passagens aéreas, etc.);
- Falta de seguro de saúde, o que poderia levar o solicitante a recorrer ao serviço público do país de destino em caso de necessidade, o que geraria gastos;
- Aparente imoralidade de caráter;
- Solicitação do documento em prazo muito curto, em relação à data da viagem;
- Negação de vistos anteriores solicitados, tornando o solicitante inelegível;
- Cidadão de um país com fracas (ou nenhuma) relações diplomáticas com o país de destino;
- Posse, por parte do solicitante, de notáveis problemas de saúde, como tuberculose;
- Cometimento de crimes no país de destino (e.g.: ficou além do tempo permitido) e/ou foi deportado;
- Validade do passaporte inferior à necessária;
- Inutilização de um visto anterior sem aparente razão (a qual seria, por exemplo, uma doença entre familiares);
Como se pode verificar, um país tem toda autonomia para aceitar, ou não, o forasteiro em seu meio. Trump disse que pretendia proteger seus cidadãos e está implementando as medidas correspondentes. Então, qual é a surpresa?

Mas essa mobilização de protestos em massa contra o novo mandatário talvez tenha objetivos até mais virulentos do que apenas o de enfraquecê-lo. Faz parte de uma ação global. Tem a mesma origem da ilegal e destruidora abertura das fronteiras europeias. O mesmo nome, que deu suporte às ongues que organizaram as manifestações “WELCOME REFUGEES”, financia através sua OPEN SOCIETY FOUNDATIONS segundo consta, mais de 180 organizações não-governamentais nos Estados Unidos, entre elas as que reúnem pessoal LGBT, outras de artistas, outras do meio jurídico etc. Se houver interesse, maiores detalhes podem ser encontrados buscando no Google pela palavra discoverthenetworks.

GEORGE SOROS é o inimigo de Trump. Soros quer destronar o homem, porque ele está acabando com o sonho do Globalismo. Soros queria um mundo SEM fronteiras. Todas as pessoas IGUAIS constituindo uma só classe de trabalhadores, e uma casta dirigente, a NOMENKLATURA. Soros maneja inesgotáveis fontes de recursos. É amigo da Merkel que quer acabar com o povo que dirige, é inimigo de Trump, que pretende salvar o seu. Sou obrigado a torcer pelo Trump.
Toedter


6 comentários:

  1. Comungo inteiramente de seu texto, "O INIMIGO DE TRUMP".

    ResponderExcluir
  2. o pior inimigo de trump e o chamado politicamente correcto ou marxismo cultural que domina as sociedades ocidentais sem elas saberem, atraves de ongs, comissoes, midia etc. a maior parte qualificou-o de “palhaço" ou coisas bem piores, as manifs de mulheres, de lésbicas marxistas, afro-nativo-americanas, o choradinho das estrelas de Hollywood, os midia, estão criadas as condições para o trump nao ser deixado em paz, por ter emperrado um movimento que ja dominava a america por dentro. muitas das medidas que o trump toma ja estavam em andamento mais moderado tomadas pelo bush e pelo obama em relaçao aos " famosos" paises cujos cidadaos nao podem entrar na america. trump parece querer proteger a america das doenças do mundo, e isso e mau. os eua sempre foram um poder e uma segurança digam o que disserem, quando se isolaram pouco depois tiveram que vir combater na europa duas vezes. deixar o mundo entregue a islamicos radicais globalizantes que vivem mentalmente ainda no tempo do profecta e um pesadelo a evitar, um urso russo sem açaimo sao poderes perigosos, exigem compromissos, e acho que trump os dara, ja deu ao programa nuclear do irao. so os eua da america e israel sao e representam um obsctaculo a estes poderes globalizantes, dos inimigos de trump e apurar quantos possuem no currículo o respeito pela liberdade, a coisa oscila entre taradinhos das "conspirações", leninistas encartados e gente que nunca se maçou com o suplício das mulheres sob o islão. nao deixa de ser engraçado, apesar da ameaça que o sr. Trump representa, os inimigos sao bem piores

    ResponderExcluir
  3. Se puser em prática o que disse neste vídeo e na sua posse, a NOM precisa mesmo fazer tudo contra ele:

    https://www.youtube.com/watch?v=xdfYiFpaxao

    ResponderExcluir
  4. O pior inimigo de Trump é essa corja judaica que financia movimentos feministas e de manifestantes pró-imigrantes. Os eternos parasitas do mundo. Depois dizem que é "teoria da conspiração" quando dizemos que os judeus controlam a mídia e financiam todas essas agendas da esquerda.

    ResponderExcluir
  5. O maior aliado de Trump é ISRAEL, e estranhamente ninguém fala nada...nem mencionam isso...Por que será?

    ResponderExcluir
  6. você tem toda a razão. mas eu falo disso...
    http://hyperborea-land.blogspot.pt/2017/01/trump-e-o-pantano.html
    http://hyperborea-land.blogspot.pt/2016/06/trump-apenas-mais-uma-marioneta_11.html
    http://hyperborea-land.blogspot.pt/2016/03/sobre-euforia-pro-trump.html

    http://antizionismo.blogspot.pt/2016/11/quem-controla-trump-e-clinton.html
    http://antizionismo.blogspot.pt/2016/11/parabens-donald-trump.html
    http://antizionismo.blogspot.pt/2016/11/mafioso-adelson-da-25-trump.html


    eu não tenho culpa de outros andarem a dormir e não verem o óbvio, o gritante, e andarem a reboque de "sound-bytes" e "estímulos" da CNN e BBC (mas a Fox News já não ligam?)

    sobre os "protestos anti-Trump" também já falei aqui:
    http://antizionismo.blogspot.pt/2017/01/protestos-anti-trump.html

    sem ser eu, só mais meia-dúzia de NS é que está realmente acordada. alguns que comentam no site "inacreditável" e uns poucos na Anglosfera, como o Scott Roberts ou o gajo do Renegade Tribune (onde o Scott Roberts chegou a escrever algumas vezes).

    o resto é tudo gado anestesiado, que fecham os olhos para o facto de Trump ser um mafioso sionista, devido a esta retórica e teatro relativamente bem-ensaíado de "oposição controlada" e acreditam que o canalha realmente está "fora do sistema". tão "fora" que já começou a ameaçar o Irão e tudo...

    ResponderExcluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas não são bem-vindas, agressões e baixarias não serão publicadas.