9 de setembro de 2016

MAKE LOVE, NOT SEX!

A campanha publicitária está aí, por todos os cantos e todas as telas, não, não a do título, refiro-me à da violência, VIOLÉNCIA CONTRA AS MULHERES. Certamente é correto haver uma delegacia especial e haver cuidados especiais com vítimas de violência doméstica, mas a ênfase que vem sendo dada ao tema denota haver manipulação. O objetivo da campanha não é o que dizem. Bem a propósito vejo o blog de henry makow abordar o assunto.
Fiz tradução e passo a palavra a ele:

Ter sexo” ocupou o lugar de “fazer amor.”
Mas homens e mulheres querem amor, não só sexo.
O amor entre homem e mulher é divino.
Sexo anônimo é a antítese de amor.
É por isso que os Satanistas o promovem.

by Henry Makow Ph.D.

Quando eu era jovem, na década de 1960, um homem fazia amor com uma mulher. A relação sexual tinha uma dimensão arquetípica sagrada. A mulher se agregava ao espírito do homem. Ele plantou sua semente, colocando nela sua alma. Ela a fez crescer. Uma criança era fruto. Fazer amor era o ritual sagrado da procriação. Filhos eram nosso florescimento orgânico.

Sexo não era um fim em si mesmo. O homem expressou adoração por sua mulher, dando-lhe prazer em êxtase. Ele “fez amor" com ela. Uma forte união foi estabelecida sobre o fundamento da intimidade sexual. Mas para que isso acontecesse, naturalmente tinha de ser exclusivo.

A maioria das mulheres jovens férteis é sexualmente atraente para a maioria dos homens. Mas o sexo anônimo é desumanizante - é como um prazer sensual fugaz e uma exploração mútua. Fomos feitos para ser mais que insetos.

Deus é Amor. Amor entre homem e mulher é o mais próximo que a maioria das pessoas poderá chegar a Deus. Satanistas promovem o sexo anônimo para perverter o amor.

AS MULHERES QUEREM SER ADORADAS

A dinâmica do "fazer amor" está profundamente enraizada na psique humana. As mulheres procuram seu cavalheiro em brilhante armadura, um homem que vá se dedicar exclusivamente a ela. Ela vai se entregar de corpo e alma a um homem assim. Ela vai segui-lo.

Homens representam o princípio de energia. As mulheres representam o amor. Os homens querem poder. As mulheres querem amor. O casamento é o intercâmbio dos dois: o poder secular do sexo feminino com o poder masculino expressos como amor.

O sacrifício de poder das mulheres proporciona uma demonstração de amor, que inspira seus maridos a amá-las e a se dedicar á sua família.

Fazer amor é o símbolo do vínculo matrimonial. É um ato de posse.

SEXO ANÔNIMO

O sexo anônimo é humilhante para uma mulher. A mensagem a ela é clara: Ele quer o seu corpo, ele não quer que você. Você nada lhe vale.

Se as mulheres são possuídas por homens que não as amam, elas são feridas. Satanistas promovem isso, a fim de acabar com o amor no mundo.

Em “The Psychology of Women” (1944) a psiquiatra Helene Deutsch disse que as mulheres são regidas por princípios masoquistas e narcisistas. Para se sacrificarem para o marido e filhos, eles querem ser adoradas como deusas.

As mulheres precisam de sexo tanto quanto ou mais do que os homens. Mas elas não podem ser verdadeiramente satisfeitas a menos que possam se render completamente. Em “Power of Sexual Surrender” (1958), a psiquiatra Marie Robinson escreve que, para um profundo orgasmo vaginal, a excitação provém do ato de entrega. Há uma tremenda êxtase física na submissão, no sentimento de ser o instrumento passivo de outra pessoa ..." (158).
O amor incondicional de uma mulher é a coisa mais preciosa do mundo. É a fonte de harmonia e felicidade. Uma mulher amorosa é como o nascer do sol.

Em vez disso, fomos treinados a procurar amor “ersatz” (substituto), sexo, um corpo perfeito. Mas, no ato de amor, todas as mulheres são perfeitas notas 10. Um corpo perfeito é nada comparado com a ternura e felicidade de um rosto amoroso. Muitas mulheres vão fazer sexo com você por um preço. Quantas mulheres podem te amar?

Que prazer um homem pode ter com uma mulher que faz por fazer? Sexo casual segue um roteiro banal que termina com – "menino, foi ótimo", quando apenas deixou todo mundo se sentir inquieto e vazio e degradado. Fome espiritual só pode ser satisfeita por alimento espiritual.

Fazer amor é fazer com que duas pessoas se sintam una. Para que uma mulher se entregue, é claro que ela deve poder confiar em um homem completamente. Ela deve ter as condições encontradas no casamento: devoção, fidelidade e comprometimento.

Cabalistas mágicos atacam destroem a confiança da mulher em homens alardeando violência doméstica, assédio sexual e estupro. Eles ensinam as mulheres a procurar o poder, em vez de amor e se tornam masculinas elas próprias, a fim de castrar os homens.

Os satanistas querem destruir a divina dinâmica heterossexual que traz o amor ao mundo. Eles querem recriar a raça humana, fazendo dela seus animais domésticos, ou seja goyim.

Precisamos parar de fazer sexo e começar a fazer amor novamente.


- x -

Temos aqui mais um exemplo de como nossa mídia é manipulada desavergonhadamente e sem qualquer escrúpulo. O estranho é ver que a maioria das pessoas não o percebe e aceita tudo com a maior indiferença. Talvez seja porque tudo isto já vem sendo preparado desde há muito e, de uma forma ou outra, incutido na mente das populações. É o MIND CONTROL, do qual já falamos neste blog, praticado pelos “satanistas”, como os chama o Henry Makow. São eles nada mais nada menos do que o poderoso grupo que busca assumir o DOMÍNIO MUNDIAL. Escondem-se atrás da denominação de GLOBALISTAS. Para conseguir seus objetivos se empenham em destruir a relação homem/mulher, a família, o estado e a herança genética dos povos. Só não vê tudo isso quem não quer, não se sensibiliza com o destino reservado aos seus descendentes, ou não consegue se livrar do CONTROLE DA MENTE!
Toedter



24 comentários:

  1. E pa, eu propunha-lhe uma solucao. Como o senhor se esqueceu do cinto de castidade? Olhe a sua volta que pode gostar de sitios onde nao ha "devassidao"? Usa-se burka obrigam-se a casar em meninas, apedrejam-se se cometem adulterio, fazem excisoes clitorianas, e ai veja bem nao ha mind control.

    Ainda bem que a mulher ocidental se libertou sexualmente, e dona de si e mais nem homens nem mulheres gostam de fazer amor para procriar mas para ter prazer alem da procriacao. Irra que nos tempos que correm e raro ver pensamentos pre historicos.

    Qual heranca genetica o senhor ainda nao percebeu que nao esta a apurar uma raca de canideos?mas de sentimentos entre as pessoas que gostam umas das outras, brancas pretas amarelas vermelhas. Se calhar gostava mas esses passaram a historia como os vencidos e derrotados da historia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eheheheh o anônimo aí acima parece tocar para a frente as enfermidades de Freud e outros doentes da escola de Frankfurt!

      Deixo algumas "contribuições" dos "eleitos" aqui abaixo (atenção leitores, pois são aberrações lamentáveis, e ainda ensinadas e até promovidas em faculdades!!!):

      Esquecendo Wilhelm Reich (24/03/1897 – 03/11/1957) – Por Alex Kurtagić
      http://nazismo-verdades-e-mentiras.blogspot.com.br/2015/11/esquecendo-wilhelm-reich-24031897.html

      O ilusionista Herbert Marcuse - Por Robin Phillips
      http://nazismo-verdades-e-mentiras.blogspot.com.br/2014/10/o-ilusionista-herbert-marcuse-por-robin.html

      Esquecendo: Shulamith Firestone (07/01/1945 – 28/08/2012) – por de Alex Kurtagić (um pouquinho de feminismo!!!)
      http://nazismo-verdades-e-mentiras.blogspot.com.br/2015/08/esquecendo-shulamith-firestone-07011945.html

      Acima só doentes!

      Esse negócio de se libertar sexualmente só é verdade se alma domina o instinto, fora disso é escravidão! Tu podes até dar outro nome, mas não muda a situação!

      Os arios, que seguem o modo ario de ser, procuram impor suas virtudes sobre os seus instintos, não o contrário, sendo escravo dos instintos, pior que animais, que ao menos são regulados pelos ciclos reprodutivos...

      Somente com a "tradição" abraamica é que de uma maneiro ou de outra se passaram a se entregar aos instintos, ou para a devassidão ou para que um deus antropomórfico faça o "milagre"...

      Qualquer literatura aria mostra a predominância da doutrina de impor a virtude sobre o vício (muito nítido entre os germânicos conforme Tácito narrou!), só leigo, naturalmente, ou deficiente mental, lamentavelmente, não sabe...

      Só espero que não tentem trazer mais uma promoção "cultural" abraâmica de sucção de pênis de bebes para nós...

      Excluir
    2. "Esse negócio de se libertar sexualmente só é verdade se alma domina o instinto, fora disso é escravidão!"

      o pacovio escravidao existe em mentes incultas como a tua e as muculmanas onde as mulheres sim sao escravas. no ocidente ja nao sao e perder escravos e pessimo para os amos. as mulheres libertaram-se sexualmente ao controlarem a sua sexualidade e reprodutividade. e nao estar sujeitas a possiveis gravidezes indesejadas ou vitimas de violacao, isso mudou as leis do aborto. libertou-se economicamente ao serem pessoas com cursos como os homens e nao financeiramente deles dependentes, o que no caso de uma relacao nao funcional lhe permite ter meios de sobrevivencia proprios sem estar sujeita a uma fatalidade de escravidao do homem por nao ter para onde ir e sustentar-se. por fim, isso mudou as leis do divorcio, libertou-se culturalmente e tira os mesmos cursos que o homem ocupando os mesmos cargos de relevo politico social e cultural.emancipando-se.

      claro que isto e mau para quem nao evolouiu culturalmente e vive na pre historia tal como tu e ja agora ve-la que tens pessimas companhias, os povos mais atrasados do planeta, os muculmanos. vai la criar e apurar caniches que e o teu futuro

      Excluir
    3. Caro Anônimo, o Tannhauser já colocou o "óbvio ululante", eu me limitarei a mostrar o caos irracional de sua proposta.
      90% das mulheres sofrem de anorgasmia, e acreditas que a mulher ocidental se libertou? De que?
      A submissão ao macho é total, usam salto alto que é destruição total da base e da coluna vertebral, fazendo-as mais frágeis e vulneráveis inclusive para estupradores.
      As mulheres ocidentais em suas "liberdades" mutilam seus corpos com silicones e cirurgias íntimas que apenas demonstram que a virilidade está em ocaso, visto que se não estivesse, eles saberiam que corpo de mulher é espetacular sempre. Mas, claro, para perceber isso é fundamental ainda ser homem, tomadores de viagra por exemplo não tem qualidade para apreciar mulher!
      Mulheres ocidentais usam inclusive anticoncepcional que é hormônio feminino para desequilibrar corpo feminino, ou seja, se detonam em detrimento da seleção criteriosa do parceiro e consequente cria!
      Mulheres ocidentais se pintam com metais pesados para realçar características objetificadoras de seus corpos.
      Mulheres ocidentais são tão satisfeitas sexualmente que é regra o adultério, a traição.
      E o mais óbvio, se o que mostra a qualidade de uma fêmea é exatamente a capacidade de só admitir "o" macho inseminando-a, o que te faz acreditar que mulheres se deitando com dezenas tem mais liberdade?
      Elas tem é incapacidade de escolher macho e consequente incapacidade de parir algo que preste!
      Posso te listar CENTENAS de provas de que a mulher ocidental é a mais cerceada de todas as mulheres, o problema é que a mídia JUDIA TODA glamourizou o que não presta, pois só seres degenerados são facilmente submetidos.
      A prova maior do que falo é a fossa brasilis, onde a mulherada acha que são parquinhos de diversões e o resultado é a glamourização do esgoto do corpo como play ground.
      A principal perda da humanidade com o sexo lazer foi EXATAMENTE a estupidificação, e sabemos que estupidificar para conquistar é tão ou mais eficaz que divide et impera!
      Sexo é só para os macos dispostos a guerra total por uma fêmea, o resto nem chupar dedo merece!

      Excluir
    4. "... as mulheres libertaram-se sexualmente ao controlarem a sua sexualidade e reprodutividade"... vix!! Quer dizer que alterar o natural, mexer/adulterar o biológico natural é libertar-se?! ... cada doido que aparece ...

      Antigamente, só o homem trabalhar fora já era suficiente para sustentar casa, esposa e filhos. Hoje, na "era da liberdade", todo mundo precisa trabalhar fora e os filhos, cada vez mais raros, ficam em empresas chamadas creches sob gerenciamento de estranhos. Realmente, uma "liberdade" bem estranha ... cada doido que aparece ...

      As mulheres ao trabalharem fora se tornaram financeiramente livres dos homens e agora estão presas ao emprego/patrão/deus mercado/salário ... cada "raciocínio", cada doido que aparece ...

      Excluir
    5. Pois e parolo nao entendes mais nem te das conta que era isso que tu defendes que fazia das mulheres escravas. O lugar delas era em casa, nao precisavam trabalhar porque o homem cuidava delas. A mesma defesa era feita no tempo da escravatura para defender os escravos, estes tinham "casa e alimentacao"nao precisavam mais nada. Como ves isso nao chegou para quererem ser livres a nao ser em mentes pre historicas como a tua. Isto de os amos perderem "escravos" e terem que os tratar em pe de desigualdade e tramado. Entao uma pessoa ter emprego ter cultura ganhar a vida dependendo de si e nao dos humores de outrem e ser "escravo" do mercado do dinheiro? Antes isso qur ser obrigado aos desejos do amo, casar criancas com velhos, impedi-las de ir a escola, espanca-las etc etc. pateta o teu raciocinio tem companhia nos lugates mais atrasados do mundo.

      Parolo a familia que tu defendes baseada na secundarizacao da mulher e num casamento de fachada, foi inventado por uma aristocracia bem antiga como meio de manter o poder. nao so o podet politico mas outro poder o patrimonial unindo familias independentemente da vontade dos sujeitos que eram obrigados a formar casal e a suportarem-se para toda a vida,mantendo assim unido um patrimonio, os sentimentos deles nao contavam para nada so os dos "amos". isto acabou pateta e as pessoas ja nao sao objectos, relacionam-se pelos seus sentimentos e enquanto estes durarem. a partir dai nao vale a pena andar a aturar-se. isto foi um rude golpe para os amos ao perder os seus "escravos". e ao ver que tinham" escravos" que se estavam pouco importando com a defesa do seu patrimonio e mais em vjver com quem gostavam. e em defender os seus sentimentos. ha cada parolo que nao evoluindo nao entende o mundo em que vive.

      Excluir
    6. Seguindo a "lógica" do anônimo lusitano, pergunto:
      Na sociedade ocidental sua lógica de que todos tem diretos iguais gerou sobretudo a pederastia, os seres que sofrem de afeto fecal alavancado com mais poder do que mulheres (tanto é que depreciar mulher pode, mas chamar um efeminado de algo politicamente correto é crime, mas o ser que aquilata o próprio ânus, o esgoto do corpo, a uma Vagina, a porta da vida não é visto como um misógino que incita a todos a crerem que uma vagina vale o mesmo que o ânus dele), é pertinente?
      Percebeu a demencia da proposta?
      Pois é, ela é causada pelas mães que acham que suas vaginas são parques de diversão e usando anticoncepcional geram os efeminados, sem escolher o macho, afinal sexo é natural e a mulherada tem é que dar para todos (sim essa é a lógica que vc defende) pois é a forma saudável dela testar sua sexualidade.
      Nem preciso dizer que essas mães acham mais pertinente entregar a educação de seus filhotes para os outros, em creches, para que ponham tolices alienígenas na cabeça da prole.
      O resultado?
      Eu já narrei.
      Como coloquei no comentário abaixo, sexo não pode ser feito por qualquer macho, ou nascer qualquer coisa, as fêmeas tem que entender que suas vaginas são prêmio SÓ para o melhor e premiar o néscio, o medíocre, é castigar o bravo, o forte, o abnegado pela evolução.
      É dizer que ele, o alfa não é nada e que isso não basta para que ela se recate.
      O resultado? como já disse, já narrei.
      Observo que o QI humano caiu 20 pontos percentuais nos últimos quarenta anos, antes o QI normal era 100/110, hoje em dia é 85/90!
      E da-lhe neimar!!!
      Consegui te desenhar o resultado de sua "filosofia" libertária e politicamente correta?
      Aliás, deixo uma pergunta: se os políticos são os mais completos lixos abjetos possível, o que te leva a crer que o politicamente correto é correto?

      Excluir
    7. Tem gente aqui, o anônimo acima, que defende o judaísmo internacional e ainda vem querer dizer que é equivalente o poder masculino de tocar a sociedade com o feminino de fazer o mesmo. Conclusão é que o cara, como já disse, vem defender Freud, Marx, doentes da Escola de Frankfurt.

      No meu Blog não consegue argumentar, se evade dos tópicos mais contundentes (silêncio é o mesmo que dar razão nesse caso!), não é cortes (coitado, algum verme da laia dele deve dar alguma "aula" de psicologia que pretende ganhar contendas argumentativas!!).

      Só no politicamente correto mulheres e homossexuais tem a mesma força construtiva de varões virtuosos. Os "argumentos" para alegarem tal absurdo são tão "consistentes" que precisam se amparar em crime de opinião (hoje disfarçado de machismo, "racismo", preconceito)! A mulher tem de ser protegida, e por um varão forte e virtuoso, aliás é isso que a maioria busca, e essa diferença das qualidades sexuais não significa guerra entre sexos, e sim complementação e harmonia).

      A fraqueza da mulher em quase toda política é tão evidente que os países que mais sofrem com a migração na Europa onde abundam estupros tem mulheres (colocadas intencionalmente pela globalização) na "liderança" de setores de defesa.

      Não sei que modernidade é essa que o mentiroso alega! Qualquer civilização arcaica tem bem menos desigualdade de condições ENTRE OS SEUS DA MESMA RAÇA do que os países globalizados. É bem melhor viver numa cidade renascentista onde os recursos são do país do que nascer com três gerações já endividadas por bancos parasitas que pertencem a pessoas alheias aos povos e raças em que tais bancos e trusts estão instalados com suas ventosas...

      Aliás o capital é bem vindo, desde que industrial/artesanal e produtivo, algo que existia em estágio embrionário sem precisar de globalização e internacionalismo. A hipertrofia do capital, o capitalismo, mesmo industrial, é ruim, agora o capital usurário é SEMPRE ruim e é a marca da modernidade que o sofista anônimo defende.

      O resultado é que é melhor estar estacionado no renascimento, e no antigo regime, mas com o capital pertencendo a raça e ao povo do que acelerar para a "modernidade" tendo os recursos transferidos para parasitas alheiros aos povos!Que é a realidade atual.

      A situação é tão clara que a mídia evita auditoria das dívidas nas nações e que essa mesma mídia é anunciada e patrocinada por bancos (aqui no Brasil o Bradesco na Folha de São Paulo, Itaú na Bandeirantes e Globo, HSBC também na mídia). E a censura ao questionamento da usura e o combate psicológico ao bloco oriental do BRICS foi prioridade da globalização no golpe ao Brasil, pois o "retrógrado" BRICS não está preso aos tentáculos da usura como o "moderno" ocidente está.

      O sofista poderia explicar porquê a Líbia com IDH mais alto da África foi libertada do "tirano" Gadaff pelos "modernos" ocidentais e teve seu IDH rebaixado em mais de 40 posições no ranking de nações... parece que a "tirania" do Gadaff era melhor para a Líbia do que é a "modernidade" global!



      Excluir
    8. E fechando o círculo do assunto ao tópico aqui em questão, das mulheres, a intervenção "moderna" na Líbia resultou em violações absurdas sobre as mulheres, que antes recebiam até auxílio maternidade pelo Gadaffi. E não há uma preocupação com isso por parte dos "modernos"... separar a mulher do homem, usando o sofisma e eufemismo de "emancipação", é deixá-la vulneráveis a mercenários e delinquentes, tal como fizeram na Líbia e como ocorre com as emancipadas mulheres vítimas de estupros na Europa e cujo silêncio e omissão é o protesto feminista e globalizante. Aliás na calamidade de Colônia na virada do ano, a mídia globalizante na Alemanha escondeu o assunto por 4 dias e não questionou o movimento feminista obviamente por não admitirem a falta de machos ao lado das mulheres!

      Ma Rússia até chegou a ocorrer um evento assim, de abuso de alguns poucos imigrantes sobre as mulheres, mas uma tropa de Skinheads deram uma amaciada com barras de aço nos estupradores e as moças voltaram bem para a casa e sem nem precisar incomodar a polícia local... Entendeu a diferença?

      Essa situação da Líbia é o paroxismo da modernidade almejado pelos usurários e seus lacaios, no caso também você sofista anônimo!

      Excluir
    9. Aprenda a ler, depois aprenda a entender, e então tente ser minimamente honesto, parolo panão!

      Excluir
    10. eheheh uma pessoa fala da mulher do papel da mulher na sociedade da igualdade de papeis que a mulher conquistou na sociedade ocidental, ocupando um papel em que so depende dela e com isso alterou-se a sociedade ate aqui organizada, em que o local da mulher era dependente do homem e subalténizada na sociedade. e o que e que esta mentezinhas entendem? nada zero, falam da russia siria libia violaçoes de mulheres ena pa, e preciso ser burros, precisa-se de um bocadinho mais de inteligencia, para perceber a sociedade ocidental e o papel da mulher ao lado e nao abaixo do do homem,para isso so mentes retrogadas e ao nivel da pre-historia como estas que por aqui polulam.

      Excluir
  2. Caro Sr. Toedter, sei o risco que corro em ter todo esse post jogado no lixo em uma deletada só, entretanto sou obrigado a refutar as tolices com sabotagem subliminar que o Makow disse, vamos aos fatos:
    Em primeiro lugar "Ele plantou sua semente, colocando nela sua alma. Ela a fez crescer" isso é demente!
    QUALQUER fêmea pode gerar sem macho, é a partenogênese.
    Se pegarmos dois óvulos e retirarmos de um os genes e inserirmos no outro fazemos uma fêmea, se pegamos dois espermas e tentamos o mesmo, NADA ACONTECE!
    De onde ele tirou que o homem põe a semente?
    Podemos afirmar que o esperma é o catalizador (e SÓ ISSO), ele acelera o processo e não garante o processo, se todos os homens sumirem do mapa o corpo feminino ira praticar partenogenese!
    Essa retórica é pertinente aos tementes a deus, e deus É MISÓGINO, e para entendermos isso basta lermos toda a bíblia!
    Ou seja, com uma retórica travestida de boas intensões, esse personagem emplaca a agenda de que o maco é que é o reprtodutor, minoriza a fêmea e torna o macho imprescindível, retórica perfeita para o sequestro das mulheres!
    No mundo animal TODA fêmea escolhe o macho, e graças a religião misógina falocrata, a mulher é a única fêmea que tem que aceitar que os homens as escolham, ou comprem se entendermos a coisa de forma mais exata e despida de subliminaridades.
    No mundo animal todo macho tem que se esforçar para ser o melhor ou então ficará para titio, e 90% fica para titio!
    Enquanto entre os humanos a seleção foi eliminada e todos copulam e inseminam mulheres e o resultado é viagra, pederastia, sexo perversão tara e fetiche e SOBRE TUDO, CORRUPÇÃO!
    Contando que é regra que só 10% dos machos mereçam a reprodução, ou seja, mesmo selecionando, só 10% do que nasce, presta!
    Daí, se começamos a permitir a reprodução de todos o que conseguimos é DEGENERADOS! Exatamente os usuários de viagra, os que entendem esgoto do corpo como órgão reprodutor, os que não se bastam sendo o que são!
    A corrupção só nasceu do sexo pusilânime, ela é o resultado de um ser degenerado (ou os dois) procriando!
    A causa da desgraça do mundo é exatamente o sexo preconizado pelo Makow!
    Amor se faz ao tentar desestupidificar uma espécie inteira, amor se faz ao respeitar uma mulher quando ela mesma não se respeita, amor é ter respeito pelos animais em vez de mata-los por que é culturalmente aceito!
    Agora fecundar uma fêmea é apenas perpetuação, as inebriantes e extremadas sensações tateis são apenas o prêmio gerador da vontade de procriar, visto que procriar é doar consciência e sem um argumento forte, nenhum ser em sã consciência doa parte de sua consciência.
    Resumindo a bagaceira, a sexualidade humana é a causa da degeneração humana!
    Sexo sem seleção é condenação!

    Senhor Toedter, sei que minha retótica é sobremaneira grosseira para o senhor, entretanto busco sempre amenizar ao limite minha verve para que não ofenda seu espaço que prezo bastante, gostaria na medida do possível, saber como escrever algo que não seja entendido pelo senhor como uma ofensa por parte de minha pessoa.
    Escrevo isso porque creio sinceramente que meus comentários são o contraponto ao aparentemente salutar, e é o aparentemente salutar que engana a todos, pois imbuido de "boas intensões" abaixa a guarda das pessoas, as pessoas abrem mão do senso crítico em prol do aparentemente confortável

    Agradeço a atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com seu ponto de vista. Só não concordo com uma coisa - sua estatística [pueril]. Estatística se resume a tabela, número de amostra,intervalo de classe, população, frequências etc.. Estes teu 90%, 10%, são muito escrotos.

      Excluir
    2. Eu concordo, são muito "escroto" e no sentido mais amplo!
      Mas mais "escroto" é a sociedade atual em sua totalidade, onde os que acham que merecem perpetuar seus genes bebem educadamente para educar os filhos a beber, assistem videotias achamdo que passar o tempo é pertinente, sem perceber que quem vai morrer não tem tempo a perder!
      Como mostro, nossas crenças, sempre medrosas por conta de nossas escolhas frágeis e equivocadas acabam entendendo que tudo o que é "escrotamente" duro é errado!
      O nome desse sintoma é leniência, fraqueza, ambiguidade e acima de tudo irresponsabilidade!

      O que torna pueril minha estatística não é o número dela, mas seu medo de ser enquandrado como um dos 90%, mas é fundamental você entender que VOCÊ é que está se colocando para baixo, você está se entendendo aquem da proposta, e não a proposta é que é falha!

      Esses 10% são a média mundial de direito a reprodução dos machos, essa média varia de espécie para espécie, para entender, se eu citar abelhas, essa estatística vira menos de 1%, mas se eu falar de cetáceos, essa proporção passa a ser muito próximo dos 50% e isso sem me ater a uma séria de variantes, como por exemplo o ocaso de alfas por conta de alguma extemporaneidade.
      Números e tabelas servem para tirarmos média apenas e médias sem argumentações validas não valem, logo não tema os números nem as tabelas, tema a forma como elas podem manipular entendimentos.
      Eu não estou aqui manipulando ninguém.

      Nossas obrigações como homens (caso seja mulher essa premissa vale também) são ficarmos os mais fortes possível, pois só fortes não tememos nada, e melhor entendemos que mortais, só nos sobra buscar ampliar a vida a qualquer custo sabendo que a morte será nossa última batalha e postergada não será menos importante, mas nos dará o oportunidade de adquirir mais substância para enfrentar o inevitável de forma ótima.
      Coloco isso porque creio que a morte não é absoluta, creio ser possível passar por ela sem morrer, mas isso já é outra história.
      O que creio ser importante em toda essa questão é que o sexo é uma das formas de se superar a morte, sexuamos e perpetuamos "alguma coisa" nossa e a outra forma é a busca da expansão da consciência, em ambas as modalidades não há segurança de sucesso, mas sim a oportunidade de fazer valer nossas consciências.
      Nos ritos tibetanos, cinco movimentos simples garantem uma vitalidade superior e o ritmo sincrônico dos chacras são divulgados aos quatro ventos, mas o sexto rito que é o que faz rejuvenescer não há divulgação, e a razão é banal, para que todos sexuem, pois sexo total não é para selecionar a espécie é para aumentar a produção, é quantidade em detrimento da qualidade.
      Se a pessoa faz o sexto rito, ela rejuvenesce mas TEM que parar de sexuar, ou acaba que esvai a potência e consciência em jogos eróticos.
      Como mostro, o sexo nosso foi sabotado, nós somos aberrações feitas com exagerado dimorfismo sexual pois somos criados para alimentação assim como qualquer "produto pecuário". Daí, surgiu a máxima, "crescei e multiplicai" pertinente a agenda de criação de divindades.
      Depois que entendemos o jogo a coisa se torna apavorantemente banal!

      Excluir
  3. foi bom ver o neonazis rabiar, nao entendem nada dos temas que se abordam vem com floreados libios sirios violaçoes e nao percebem puto de direitos iguais entre sexos, casamento, divorcio, abortos,emancipaçao da mulher, violencia domestica etc. mentes pequeninas ou nao fossem o que sao. cada aborto, desculpando o vapera e as suas ef(j)abulaçoes fecais.eheheh.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo como até posso dar aula (as que faço a você não cobro!)

      Ignorante a ponto de esquecer como comecei o assunto é que não sou, ao contrário de tu, que falas em modernidade (FOI ESSE PAPINHO DE MODERNIDADE QUE RECORRESTES) e depois esqueces que usou tal tema para justificar o feminismo!! E eu mostrei que modernidade é só um ambiente propício para parasitas! Ademais, está tudo escrito acima por mim para entender, você e os demais foristas!

      Só acho que o Sr. Toedter dá muito espaço aqui para sofistas que ao se evadirem do assunto que eles mesmo iniciam, atuam em causa da desinformação e anarquia!

      Excluir
    2. Eta burro meu. num parcabi um treco. Esplica otra vez.

      Excluir
  4. Lamento que para muitos não tenha conseguido me fazer entender. No meu tempo, e isto faz tempo (Henry Makow deve ser mais moço, mas não muito), num bom casamento não havia diferença de direitos individuais. Sentimentos, por quanto íntimos, nada têm a ver com isso. Com a Escola de Frankfurt estas diferenças foram criadas e desde então são promovidas. Contra a GUERRA ENTRE OS SEXOS, que está sendo fomentada por todos os meios, é que nós nos posicionamos. Esta guerra serve a propósitos inconfessados, porém visíveis a quem os quer reconhecer: Querem desestruturar a sociedade. Esta postagem procurou apenas ser mais um alerta. - Toedter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que o português anônimo faltou nas aulas de interpretação de texto.

      Excluir
  5. A malandragem da bobice de dizer de "igualdade" entre homem e mulher, da suposta "libertação" ou "emancipação" da mulher, entre outros fetiches utópicos da "modernidade" atual repetidos ad infinitum e ad nauseam, visam a destruição dos países, como bem demonstrou Rui Barbosa ao dizer "multiplicai a família, e tereis a pátria". Encerrando-se o matrimônio, a feminilidade (não confundir com feminismo), a maternidade e a perpetuação da identidade familiar, racial e nacional, destrói-se o país com sua cultura e identidade, qualquer país. E a quem interessa a destruição dos países ou nações? Aos "nazistas" que não é! Interessa aos globalistas, interessa a Nova Ordem Mundial que terá como capital universal Jerusalém, conforme expoentes judeus mesmos já expressaram diversas vezes. É pra isso que serve a tal "guerra dos sexos", para a destruição das soberanias nacionais facilitando a implementação da famosa NOM do Anticristo.

    Acaso se interessem, abaixo segue a fala completa de Rui Barbosa:

    "A pátria é a família amplificada. E a família, divinamente constituída, tem por elementos orgânicos a honra, a disciplina, a fidelidade, a benquerença, o sacrifício. É uma harmonia instintiva de vontades, uma desestudada permuta de abnegações, um tecido vivente de almas entrelaçadas. Multiplicai a célula, e tendes o organismo. Multiplicai a família, e tereis a pátria. Sempre o mesmo plasma, a mesma substância nervosa, a mesma circulação sanguínea."

    E mais uma provocação sobre "igualdade" entre homem e mulher. É sabido, ao menos deveria ser, que o homem é naturalmente mais forte fisicamente que a mulher. Compreendido isso, imaginemos você estando preso num ambiente em chamas em eminência de desabar, com a porta trancada e sem conseguir andar, gostaria de ser salvo por um bombeiro homem ou uma bombeiro mulher? Lembrando que a porta só poderá ser posta abaixo com chute devido ao curtíssimo tempo para pedir ajuda, com risco de desabamento, e você ainda precisa ser carregado entre as chamas e entulhos. Então?! Preferem ser salvos por um "machista" ou por uma moça "emancipada"?!

    Reforçando o que o missivista TANNHAUSER disse, alguns "malvados" skinheads russos volta e meia invadem boates retirando mulheres dessa situação de "moderna emancipação libertária" dos cafetões e "consumidores" na base do "holocausto odontológico."

    Esse tuga parolo panão é manjado em vários blogs, quase ninguém lhe dá atenção. Esteve aqui no blog do sr. Toedter trollando faz pouco tempo, sumiu, achando que ninguém o reconheceria nesse seu "triunfal" retorno. É só um trouxa frustrado em busca de colo abandonado pelos pais. Censurá-lo seria higiênico.

    ResponderExcluir
  6. Ótimo texto, mas contem uma grande falha. Não são os satanistas que pregam isso, são os luciferianos. Satanás é um servo fiel e amigo de Deus que aceitou a incumbência que nenhum outro anjo quis, que é cuidar do inferno. É lucifer, que está na terra, que causa toda a merda que estamos vendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a Sinagoga de Satanás fica onde?

      Excluir
    2. Tudo q esse blog e os similares denunciam foi causado pelas sinagogas de lucifer. E porque vcs acham q eles ainda não botaram seus planos mais macabros em pratica? A Sinagoga de Satanas é a UNICA esperança de salvaçao da humanidade. Lembren-se q a historia eh sempre escrita pelos vencedores e a biblia esta toda invertida.

      Excluir
  7. fico feliz em ver escrituras como a deste post, vejo que o mundo há salvação, os prazeres carnais são um meio do mal influenciar o homen, as musicas de hoje possuem uma batida numa frequencia muito negativa, uma frequencia que ativa os desejos carnais e podres do homen, um estilo de musica que serve como exemplo é o funk, se bem que a maioria das musicas afro são uma porcaria (não estou dizendo todas)

    ResponderExcluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas não são bem-vindas, agressões e baixarias não serão publicadas.