14 de maio de 2015

NAZIISMO / SIONISMO

Já falei aqui da crítica que recebi tempos atrás de um leitor dizendo que eu não sabia a diferença entre judeu, israelita e sionista. E ele tinha razão. Também acho que a maioria não se preocupa com tal questão. Recebi agora a indicação de um endereço que se denomina TRUETORAHJEWS, o que pode ser traduzido VERDADEIROS JUDEUS DA TORÁ. Este portal publica uma matéria altamente pertinente e que, como efeito colateral, talvez até contribua na análise do que foi dito na postagem anterior. Confirmei a origem como genuína, fiz a tradução e, apesar de longa, vai merecer um interesse geral.

Propaganda nazista foi baseada no que disseram sionistas

SIONISMO E O ANTISSEMITISMO
 Nós imploramos e rogamos a nossos irmãos judeus perceber que os sionistas não são os salvadores do povo judeu e garantia da sua segurança, mas sim os instigadores e causa original do sofrimento judeu na Terra Santa e no mundo inteiro. A ideia de que o sionismo e o Estado de "Israel" são os protetores dos judeus é provavelmente a maior farsa já perpetrada sobre o povo judeu. Na verdade, onde mais desde 1945 os judeus têm sido expostos a tal perigo físico como no estado sionista?!

Judeus são exortados por suas leis religiosas a serem leais ao país no qual são cidadãos. Desde a destruição do Templo Sagrado em Jerusalém e do exílio do povo judeu, há cerca de dois mil anos atrás, nós fomos intimados a ser escrupulosamente leal aos países nos quais residimos. Um dos grandes profetas bíblicos, Jeremias, no capítulo 29 de seu livro proclamou a mensagem de D'us a todos os exilados; no versículo sete se lê, "Buscai o bem-estar da cidade para a qual eu os exilei e orai por ela ao Todo-Poderoso, porque através bem-estar dela, você terá seu bem-estar." Este tem sido um dos pilares da moralidade judaica em toda a nossa história até hoje.

Judeus fiéis à Torá desejam viver em paz e harmonia com seus vizinhos em todos os países da comunidade das nações, inclusive na Palestina histórica. Eles lamentam atos de violência e políticas levadas a cabo por aqueles que, fazendo mau uso do nome de Israel, nosso antepassado, terem substituído o ideal dos valores eternos da Torá, a eterna herança divinamente outorgado do povo judeu, por um nacionalismo chauvinista.

Tem sido a intenção antiga do sionismo criar intencionalmente antissemitismo em qualquer lugar possível, e ainda mais comumente, tirar proveito de qualquer sofrimento dos judeus em toda parte, a fim de reforçar a sua causa. Na verdade, ódio a judeus e sofrimento de judeus é o oxigênio do movimento sionista, e desde o início a incitação deliberada ao ódio a judeus e, em seguida, o horror fingido, são usados para justificar a existência do estado sionista - isto é, naturalmente, maquiavelismo elevado ao mais alto grau. Assim, os sionistas prosperam através do ódio e o sofrimento dos judeus e procuram se beneficiar, assim, mantendo judeus no medo perpétuo, levando-os a ignorar a verdadeira natureza do sionismo , pensando que o estado sionista é a sua salvação.

ANTISSEMITISMO ATRAVÉS SIONISMO POLÍTICO
 Embora sionistas e outros o disputem, o fato inegável é que revolucionários seculares e elementos apóstatas na comunidade judaica da Europa contribuíram grandemente para a hostilidade em relação aos judeus após a Primeira Guerra Mundial. Isso despertou o ódio aos judeus em geral entre muitos não-judeus. Enquanto era um prisioneiro em 1924 na fortaleza de Landsberg à margem do rio Lech, Hitler escreveu seu Mein Kampf. Quando ele se tornou chanceler da Alemanha, em 1933, ele foi assistido por Goebbels, Rosenberg e Streicher. Deles vieram as declarações: "Os judeus da Alemanha causaram a derrota da Alemanha na guerra 1914-1918; os judeus da Alemanha foram responsáveis ​​pelas terríveis condições na Alemanha que se seguiram à guerra; os judeus da Alemanha são estrangeiros e eles desejam permanecer estrangeiros; eles não têm nenhuma lealdade para com o seu país de nascimento; eles não são humanos; eles são cães imundos; eles não têm o direito de se intrometer nos assuntos da Alemanha; há também judeus demais na Alemanha.

No que concerne ao Sionismo, o seu fundador e apóstata, Theodor Herzl, buscou intensificar o ódio ao judeu a fim de reforçar a causa do sionismo político. Aqui estão algumas de suas "pérolas":

"É essencial que os sofrimentos dos judeus. . . tornem-se pior. . . isso vai ajudar na realização de nossos planos. . .Eu tenho uma excelente ideia. . . vou induzir antissemitas a liquidar riqueza judaica. . . Os antissemitas vão nos ajudar assim, na medida em que reforçarem a perseguição e opressão dos judeus. Os antissemitas são nossos melhores amigos ". (De seu Diário, Parte I, pp. 16) Palavras adicionais da imaginação vívida deste sonhador, de p. 68 da Parte I do seu Diário. Então, o antissemitismo, que é uma força profundamente enraizada na mente subconsciente das massas, não prejudicará os judeus. Na verdade, eu acho que ele seja vantajoso para a construção do caráter judaico, a educação das massas que levará à assimilação. Esta educação só pode acontecer através do sofrimento, e os judeus vão se adaptar.

 Visualizações de ódio dos judeus como sendo subumanos não tinham que ser inventadas por teóricos nazistas, como Hitler, Goebbels, Rosenberg e Streicher. Esta ideologia foi simplesmente adaptada de declarações de sionistas políticos como aqueles encontrados nos escritos do sionista Yehezkel Kaufman em 1933.

Em 1920 houve declarações hostis aos judeus expressas na Universidade de Heidelberg. Estas declarações, argumentando que os judeus da Alemanha causaram o tumulto que se seguiu à guerra; que os judeus da Alemanha não tinha nada em comum com os alemães, e que os alemães tinham o direito de impedir que os judeus da Alemanha se intrometessem nos assuntos de seu Volk, não foram feitas por Adolf Hitler em Mein Kampf, mas por Nahum Goldmann, que veio para se tornar o presidente da Organização Sionista Mundial e cabeça do Congresso Judaico Mundial, e, indiscutivelmente, o mais influente político sionista do mundo, perdendo apenas para o primeiro-ministro do Estado de Israel.

Em 1921, os alemães na Alemanha foram informados de que:
"Nós judeus somos estrangeiros ... um povo estrangeiro em seu meio e nós ... queremos continuar assim. Um judeu nunca pode ser um alemão leal; todo aquele que chamar um país estrangeiro de Pátria é um traidor ao povo judeu ". Quem disse estas palavras vis? Foi Jacob Klatzkin, o segundo de dois ideólogos sionistas políticos na Alemanha na época, onde os judeus da Alemanha desfrutavam direitos políticos e civis integrais. Foi ele quem havia proposto minar as comunidades judaicas como uma forma certa de aquisição de uma posição. "Eles não tiveram escrúpulos em matéria de arrastar para baixo as comunidades judaicas existentes."

Quem falou em um discurso público em uma reunião política sionista em Berlim e declarou que "a Alemanha tem judeus demais"? Foi Hitler ou Goebbels? Não, foi Chaim Weizman, que viria a ser o primeiro presidente do Estado de Israel. Este discurso foi publicado em 1920, e, portanto, quatro anos antes de Hitler escrever Mein Kampf.

Quantos sionistas judeus sabem desta traição pérfida perpetrada por esses líderes sionistas políticos seniores, esses apóstatas do povo judeu? No Julgamento de Nuremberg de Criminosos de Guerra, propagandista nazista, Julius Streicher testemunhou: "Eu não fiz nada mais do que repetir o que os líderes sionistas tinham dito", é claro que ele tinha dito a verdade.

Além de Hitler, Rosenberg, Goebbels e Streicher, muitos outros líderes nazistas utilizaram declarações de sionistas para validar as suas acusações contra os judeus da Alemanha. Tais são os esforços dos líderes sionistas até o dia de hoje para manter um alto grau de antissemitismo, a fim de capacitá-los, em horror fingido, apontar para o antissemitismo em prol de sua causa idólatra e antijudaica. Em 1963, Moshe Sharett, então presidente da Agência Judaica, disse ao 38º Congresso Anual da Federação da Juventude escandinava que a liberdade de que goza a maioria dos judeus coloca o Sionismo em perigo e no 26º Congresso Sionista Mundial, os delegados foram informados de que o judeu está ameaçado pela flexibilização do antissemitismo nos Estados Unidos. "Estamos ameaçados por liberdade", declarou.

Como dissemos anteriormente, o Sionismo se aproveita do antissemitismo. Ben Gurion declarou: "... nem sempre e não em todos os lugares faço oposição ao antissemitismo". Sionistas se valem regularmente da prática de chamar de "antissemita" contra quem quer que seja, judeu ou não judeu, que se atreva a falar contra a maldade do sionismo.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a organização Lehi, um desdobramento do Irgun de Begin que foi chefiada pelo Yitzchak Shamir, procurou uma aliança com os nazistas! O que se segue é uma citação dos escritos do Lehi em seus contatos com os nazistas:

"O estabelecimento do Estado judeu histórico em uma base nacional e totalitária, e comprometido por um tratado com o Reich alemão, seria de interesse alemão para fortalecer sua futura posição de poder no Oriente Médio ... O NMO na Palestina se oferece para exercer um papel ativo na guerra ao lado da Alemanha ... A cooperação do movimento de libertação israelense estaria também em linha com um dos últimos discursos do chanceler do Reich alemão, em que Herr Hitler sublinhou que qualquer acordo e qualquer aliança seriam incluídos com o fim de isolar Inglaterra e derrotá-la. "
 Para aqueles que presumem que sionistas têm estado do lado da liberdade e da igualdade, estas palavras parecem estranhas. No entanto, para aqueles que entendem a raiz do sionismo, que é a transformação e erradicação do conceito tradicional do judeu e do Judaísmo, estas declarações não são nada estranhas. Eles são de serem esperadas.

Os sionistas concordaram com o nazismo em geral, mesmo antes do advento do nazismo. Eles acreditavam que os judeus não podiam, e não deveriam, viver em harmonia com qualquer outra sociedade no mundo, e que devem ser removidos dessas sociedades em benefício das mesmas. Eles acreditavam que a nova existência judaica em Estado próprio iria corrigir a imagem de judeus tida como "inúteis" e "parasitas". Essas idéias já existiam muito antes de Adolf Hitler!

Há uma enorme quantidade de literatura que descreve como os sionistas tornaram muito difícil salvar judeus durante e após a Segunda Guerra Mundial. Como vários indivíduos e organizações estavam tentando organizar partidas de judeus para os países ocidentais, os sionistas trabalharam horas extras para evitar que isso aconteça. Eles expressaram a opinião de que o aumento da população judaica na Palestina era mais importante do que permitir que os judeus fossem para países terceiros, insistindo junto a potências ocidentais de que judeus não devem ser aceitos em lugar algum que não seja a Palestina. Na verdade, Yitzchak Greenbaum, um famoso sionista, proclamou que "uma vaca na Palestina valia mais do que todos os judeus na Polónia." O infame David Ben-Gurion disse em 1938: "Se eu soubesse que seria possível salvar todas as crianças na Alemanha, levando-os para a Inglaterra, e apenas metade das crianças, levando-as para Eretz Israel, eu escolheria a segunda solução. Devemos levar em conta não só as vidas dessas crianças, mas também a história do povo de Israel ".

Depois da guerra, um líder sionista "religioso", o rabino Klaussner, encarregado de pessoas deslocadas, apresentou um relatório ante a Conferência Americana Judaica em 02 de maio de 1948:

"Estou convencido de que as pessoas devem ser forçadas a ir para a Palestina ... Para eles, um dólar americano aparece como o mais alto dos objetivos. Pela palavra" força ", eu estou sugerindo um programa. Ela serviu para a evacuação dos judeus na Polônia e na história do 'Exodus' ... Para aplicar esse programa é preciso, em vez de prover conforto aos 'deslocados' , criar o maior desconforto possível para eles ... Numa segunda fase, um procedimento chamando o Haganah para perseguir os judeus. "

É irônico os sionistas proclamarem seu Estado como o porto seguro para o povo judeu, quando desde a Segunda Guerra Mundial nenhum lugar na terra foi tão perigoso para os judeus, tanto espiritual como fisicamente, como o estado sionista.

Os sionistas trabalharam incansavelmente para criar medo entre os judeus nos países árabes depois que o estado sionista foi criado. Sua tática funcionou com mais sucesso no Iêmen, Marrocos, Iraque, Argélia, Líbia, Tunísia.

É do conhecimento comum entre os judeus iraquianos que durante 1949-1950 o famoso sionista, Mordechai ben Porat, que tinha o apelido de Morad Abu al-Knabel (Mordechai Bomber), após a criação do estado sionista, esmerou-se em procurar subornar autoridades iraquianas a aprovar leis para encorajar os judeus a deixar o Iraque. Isto foi reforçado pelos sionistas plantando bombas nas sinagogas em Bagdá, em março de 1950. Informações sobre isso são facilmente disponíveis na internet.

Os escritos do Sr. Naim Giladi documentam em detalhe o que os sionistas fizeram em Bagdá, em 1950, com o propósito de provocar a saída dos judeus com destino ao estado sionista. Aos sionistas não importa o efeito que suas políticas têm sobre as comunidades judaicas de qualquer país. Quando acusam as nações europeias de todos os pecados sob o sol, os sionistas se importam que isso possa produzir hostilidade contra os judeus? Não! Nem um pouco. Pelo contrário, como já vimos, eles progridem em tais circunstâncias, agarrando-se a vã esperança de que essas comunidades judaicas venham a correr para a "salvação" no "porto seguro" do paraíso sionista onde os judeus estão em perigo constante porque o regime sionista comete toda forma de provocação cruel contra os não-judeus.

ACUSAÇÕES TERRÍVEIS DE VIOLÊNCIA E INTIMIDAÇÃO
 Leia mais, em tempos mais recentes os sionistas têm procurado todas as oportunidades para encorajar os judeus a abandonar os seus países de origem. Sempre que houver mesmo o menor caso de hostilidade em relação aos judeus na esteira da política sionista, ou se existem sinais de sofrimento econômico e deslocamento, os sionistas os ampliam mil vezes, procurando humilhar impiedosamente as nações envolvidas, e incentivando os judeus a ir para o estado sionista, o chamado "lar natural" do povo judeu. Este tem sido o caso em países como França, Argentina, Uruguai, da antiga União Soviética e no Egito.

As promessas da Torá estão sempre a serem realizadas. Este versículo da Torá demonstra que aqueles que são seus inimigos irão pagar um preço quando o reino de D-S prevalecer.

Deuteronômio 32:43: Jubilai, ó naçöes, o seu povo, porque ele vingará o sangue dos seus servos, e sobre os seus adversários retribuirá a vingança, e terá misericórdia da sua terra e do seu povo.

---------------------------------------------
Fontes:
Guardian Volume two Issue 7
■Satmar Grand Rebbe Joel Teitelbaum
■The Jews of Batna, Aleria: A Study of Identity and Colonialism by Elizabeth Friedman.
■The Jewish Communities of Morocco and the AIU by M. Laskier, State University, Albany, N.Y.
■The Impact of Western European Education on the Jewish Millet of Baghdad by Maurice Sawdayee.
■Outcaste Jewish Life in Southern Iran by Laurence D. Loeb. Gordon and Breach.
■The Last Arab Jews. The Communities of Jerba, Tunisia by Abraham Udovitch and Lucette Valensi. Harwood Academic Publishers.

No portal http://www.truetorahjews.org/naziismzionism a matéria acima pode ser confirmada.

Toedter 

22 comentários:

  1. Artigo que reforça as ponderações sobre a política do século XX cuja interpretação e história propagada necessitam mais e mais de aprofundamento. Muito enriquecedor para entendermos melhor tal contexto.

    Publiquei no blog esse artigo

    Parabéns camarada Toedter!

    ResponderExcluir
  2. Caro Sr. Toedter,

    Sou obrigado a discordar totalmente do texto devido a vicios de origem que judeus NUNCA conseguem ocultar, vamos a eles!
    Antissemitismo é de uma parapraxia (ato falho, termo inventado por freud, judeu que alavancou a imbecilidade como algo louvável e chamo-a de psique) sem par.
    Semitas são todos os povos descendentes da tribo de sem (filhote de noé) e em sua imensa maioria não são judeus, são árabes, são sírios, fenícios, caldeus e um monte de outros, que em termos de número são pelo menos 10 vezes mais abundantes que judeus, mas esses seres de outra ESPÉCIE acham que antissemitismo é contra eles, os pimpolhos de deus!
    Só essa aberrante egolatria já é prova mais do que consistente que o texto é SIONISTA.
    Para não perderem o hábito, acusam os sionistas de todas as desgraças possíveis, e isso é 100% JUDEU, se esconder atrás do erro de outrem, para ocultarem seus atos.
    Esquecem que quem leu a torá, o pentateuco, sabe quais as regras impostas por deus para esses personagens, por exemplo, são obrigados a enganar todo gentio, isso inclusive é tido como grande qualidade de um judeu, e está escrito não só em números, mas também em levítico.
    Está escrito em deuteronômio que se necessário, os hebreus deveriam matar aos seus para emplacar a agenda de deus, e que isso seria acertado no fim dos tempos, a cada judeu eliminado seria exterminado mil gentios!
    Logo é evidente que matar judeu é regra entre judeus! Vide os adoradores de bezerros de ouro que foram vinte mil executados a fio de espada.
    Lembro que TUDO o que estou mostrando está na TORÁH, é texto 1000% JUDAICO e não sionista!! O teodor herz não existia nem em genealogias!!
    Voltando ao cinismo dessa espécie antiantropus, genocida e mentirosa.
    Os vermes se colocam como os coitados perseguidos por nazistas induzidos por "sionistas", mais uma vez de forma subliminar evocando o tal holoconto!
    O tal deus exige deles a mais brutal sanha destruidora, vide moabitas, amorreus, e todas as comunidades do sinai, e isso está contado em versos e prosas no V.T.!
    Lendo a sanha dessas bestas apocalipticas perambulando pelo sinai o que vemos é que a agenda é SEMPRE FUNDAMENTADA na DIASPORIZAÇÃO, regra básica de todo processo EPIDÊMICO!
    Não há como infectar povos se não existir entre esses povos!
    ELES SÃO obrigados a se introduzirem em todos os povos, isso é lei divina, e mesmo que estejam satisfeitos em posições agradáveis, serão diasporizados pelo mundo a fora, foi assim que eles satisfeitíssimos com a parasitagem na europa, sobretudo na evoluida Alemanha (ganharam até nome lá: "askeNAZIS"!!! asconazi?) foram obrigados a se diasporizarem holoconticamente! E os que se recusaram serviram ao sacrifício de fogo, vulgarmente chamado holocausto. Os desobedientes foram poucos, e não foram dizimados pelos alemães, mas sim por bombas de fosforos de seus pares germânicos sobretudo!
    Não foi por acaso que aarão foi mandado para o Egito e muito menos que ele foi autorizado a engravidar escravas (que evidentemente não foi só uma) para disseminar seu imundo gene! Enquanto isso deus incubava os genes de sarai para que "melhor" ficasse os descendentes.
    As evidencias de que o método de deus É SEMPRE a virulência, a transgenia estão sobretudo em exodo, onde fica claro que a tal décima peste foi uma virulência, afinal o método de evitar a praga foi passar sangue de cordeiro (até hoje é o animal mais utilizado para a afabricação de vacinas, é o cavalo dos "enxertos" virulentos) na soleira das portas hebreias, e mais, foi o consumo de carne de cordeiro mal passada, ou seja, com virulência ainda atuante ainda que fraca, mais uma forma de vacinar! Usou do pão ázimo, pois é sabido que a penicilina é um antibiótico e pão ázimo não tem nenhum bolor e nem se permite que esse se forme, e bolor e penicilum são as mesma coisa!
    Continua

    ResponderExcluir
  3. Continuação
    As mortes primeiras primogênitas são óbvias, todo povo já "falocratificado" tem nos filhos primogênitos, os pimpolhos do papai, logo, a carne de cordeiro, uma iguaria cara (resultado das especulações de pastores superlegais e "escravos") e incomum (animais quadrúpedes não eram comidos pelos egipcios, eram animais de tração para arar as terras ricas das cheias do Nilo, e só um imbecil não percebe que um quadrúpede vivo ara vários acres que resultam em milhares de sacas de alimento POR ANO, ao contrário de morto que só "alimenta" umas duas duzias de pessoas por UM DIA) só podia ser consumida pelos filhinhos de papai!!
    A "escravidão" alegada por essas pestes é absolutamente irracional! Afinal um povo agrícola e predominantemente comedor de cereais e frutas, tendo sua dieta cadavérica só nos peixes e raras caças, não tem a menor chance em combate contra nômades salteadores como SEMPRE FORAM e SÃO os judeus! Até um judeu gracie disse que apesar de vegetariano, ele perto dos combates comia carne churrascosa para se bestializar! E os pimpolhudos de deus nesse testo comentam com o devido pesar que foram perseguidos e sofreram as diabruras e agruras que os outros fizeram a eles tadinhos.
    Voltando aos empestados:
    Ao hebreu foi terminantemente proibido (até hoje) que ingerisse o sangue do cordeiro, e é também sabido que o sangue é a maior fonte nutricional de qualquer animal, tanto é que Massais só bebem o sangue de seus vacunos com leite em vez de matarem os gados e o resultado são personagens magrelos, fortes, rápidos, corajosos e que caçam leões como ritual de adentramento a idade adulta! Mas o tal sangue é também a maior fonte da própria virulencia quando ela existe! Assim mais uma vez o hebreu foi protegido da virulência maldita do tal deus!
    Isso são evidencias para lá de absolutas quando observamos a "epopeia" exodal da espécie do mal!
    E não sou eu quem digo, é deus, são os judeus!
    E eles são seres pacíficos que coabitam harmoniozamente com os não híbridos humanos??
    Eu acho que não! E a lógica também diz que não, e até a bíblia diz que não!
    Por que haveriamos de acreditar quando esses demônios vêm através da internet, uma ferramenta JUDIA para convencer aos outros que os culpados são só os sionistas?
    Ao contrário do que tais farsantes dizem, os sionistas estão sendo entregues de bandeja para que os diletos de deus herdem o reino da Terra!
    Ou seja, eles fazem o serviço brutal enquanto o judeu comum faz o serviço vil!
    Vide o tal irmão nathanael (padre da igreja anglicana) que é vedete no youtube culpando e apontando todas as mazelas dos sionistas!
    E dai temos o francisco nada franciscano, mas sim jesuita (coisa de loyolas levitas) que é o porta voz de deus para todos os pios católicos do planeta!!
    E se observarmos os traços, todos os papas são judeus! E os cristãos acreditam mesmo que o primeiro que era assumidamente judeu era exemplo de algo salutar aos gentios?

    Continua

    ResponderExcluir
  4. Continuação
    Se todo judeu é incitado a enganar gentio, tem coerência os gentios dizerem que cristo só disse coisa boa para gentio?
    Observemos que tudo o que cristo diz é perfeito para o domínio judeu!
    Diz que os gentios não devem se preocupar com bens materiais, pois isso é coisa do mal, e tal ato garante que os judeus terão menos trabalho para tomar todfos os bens materiais, não é por acaso que judeus são os mais ricos do mundo e que com isso dominam em todas as instâncias as políticas dos gentios, ou sejam, dominam os gentios, e se observarmos o tal bunda, digo buda, é mais um salafro que diz que o negócio é se despojar e não por acaso, a Índia é o antro de parasitagem por excelência das elites, que também não por mera coincidência são da mesma "casta" que o ghandi, gandi canalha na minha opinião!
    E nem vou adentrar a fossa brasilis, afinal aqui só judeu dá as cartas desde que kahais foram denunciados por Gustavo Barroso!
    O tal cristo é tão legal que disse, sejam mansos, pois vosso reino é ao lado do "pai" la no céu, e depois de mortos tudo vos serpá dado no paraíso, para isso sejam bem bonzinhos segundo meus ditames!
    Ora, se para os judeus deus diz que o reino deles é aqui na Terra, vide deuteronômio, levítico, êxodo e gênesis (não estou citando nada fora do livro sagrado dos judeus, a torá, o pentateuco), não fica sobremaneira conveniente que um judeu diga para o "resto" que o reino deles é no céu???
    Para os judeus "mauzinhos" aqui na Terra é o local de alegria e perpetuação, e para os "bons" gentios o reino é no ...u da perua!!! É no céu??
    Que céu é esse e quem voltou de lá para contar, os escritores chicoxavierianos?
    Como mostro, TODAS as religiões propagadas pelo mundo são PERFEITAS para que o judeu grasse na Terra e os gentios pereçam no céu!
    Grato pela atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto em 90%. Embora enxergue uma falha no teu raciocínio: Jesus não pregou para os gentios, ele viveu e pregou entre os judeus. Paulo é quem teve essa primazia. Portanto, a questão da aliciação das ovelhas não me parece correta.

      Excluir
    2. Caro Anônimo,
      Creio que não errei, visto que o que doutrina a massa gentia não é o cristo, mas o livro de deus, a tal bíblia, e ela diz que o cristo fez isso e aquilo, alias diz inclusive que foi paulo, ou saulo, como queira, que doutrinou a massa galática, afinal não sou seu inimigo por dizer-lhe a verdade! :-D

      Excluir
  5. A História (a verdadeira e não a marqueteira) desmentem totalmente o texto do blog. Vejamos alguns, só alguns exemplos:

    "Os judeus pertencem a uma força obscura e repulsiva. Ninguém sabe quão numerosos esta camarilha é, como eles se unem e que poder exercem através de seus sindicatos. Eles são uma nação de patifes e enganadores."
    Marcus Tullius Cicero, famoso filósofo romano, orador e estadista (106 a.C. - 43 a.C.)

    "Eles (os judeus) fizeram de seu ódio à humanidade, uma tradição..."
    Diodoro Sículo (90 a.C - 30 a.C.)

    "Mas, segundo Possidônio, o povo (judeu) é feiticeiro e pretende usar encantamentos, tais como urina ou outros líquidos malcheirosos que eles derramam sobre a substância solidificada e espremem o asfalto e endurecem-no e o cortam em pedaços."
    Estrabão (63 a.C. ou 64 a.C. - 24 a.C.)

    "[Os judeus são] assassinos do Senhor, assassinos dos profetas, se rebela contra aborrecedores de Deus, Deus, ... advogados do diabo, raça de víboras, caluniadores, caluniadores, pessoas de espírito escuros, fermento dos fariseus, sinédrio de demônios, pecadores, homens maus, stoners, e inimigos da justiça."
    São Gregório de Nissa (335 d.C. - 395 d.C.)

    "Se você chamar (referindo-se às sinagogas) um bordel, um antro de vícios, refúgio do diabo, fortaleza de Satanás, um lugar para depravar a alma, um abismo de cada desastre concebível ou qualquer outra coisa que você vai, você ainda está dizendo menos do que merece."
    São Jerônimo (347 d.C. - 420 d.C.)

    "Os costumes dessa nação mais criminosa (Israel) ganharam tal força que eles já foram recebidos em todas as terras. O conquistados deram leis aos conquistadores."
    Lucius Annaeus Seneca (4 a.C. - 65 d.C.)

    "(Judaísmo é) sempre ... poderoso em maldade ... quando ele amaldiçoou Moisés; quando ele odiava a Deus; quando ele prometeu seus filhos aos demônios; quando mataram os profetas, e, finalmente, quando se traiu ao Pretor e crucificado nosso Deus e Senhor ... E assim gloriam através de toda a sua existência com a injustiça."
    Hillary de Poitiers (300 d.C. - 368 d.C.)

    "(Os judeus têm) uma atitude de hostilidade e ódio em relação a todos os outros."
    Tácito (56 d.C. - depois de 117 d.C.)

    Cobalto - continua

    ResponderExcluir
  6. etc etc ... Nem vou citar os milhares de reclames e maldições contantes na Bíblia em ambos os Testamentos contra os "divinos eleitos". Mas vão ainda essas,

    "Os Judeus são Leprosos Expulsos do Egito: Eles disseram também que os ancestrais dos judeus tinham sido expulsos do Egito como homens ímpios e detestados pelos deuses. Pois, para purificar o país, todas as pessoas que tinham manchas brancas ou leprosas nos seus corpos foram reunidas e conduzidas além da fronteira, como sob maldição; os refugiados ocuparam o território nas cercanias de Jerusalém e, tendo organizado a nação dos judeus, fizeram do seu ódio à humanidade uma tradição e para isto introduziram leis completamente exóticas: não partir o pão com nenhuma outra raça, nem mostrar-lhes nenhuma boa vontade."

    Fonte: http://www.airtonjo.com/judeus05.htm

    Gandhi e seu amante judeu. Mahatma Gandhi foi um pederasta:

    Fonte: http://desatracado.blogspot.com.br/2014/07/gandhi-e-seu-amante-judeu.html

    Nova biografia diz que Gandhi era bissexual, afirma jornal. Líder indiano teria abandonado mulher para viver com fisiculturista.
    Livro de 448 páginas será publicado em março, diz "Daily Mail":

    Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/03/nova-biografia-diz-que-gandhi-era-bissexual-afirma-jornal.html

    Como podemos ver, e saltando às vistas, O INCÔMODO QUE CAUSAM NÃO COMEÇOU COM A CRIAÇÃO DO TAL SIONISMO. Isso é puro diversionismo sem um mínimo de respeito pelos fatos históricos, pela verdade, pelas milhares de vítimas e incalculável destruição e prejuízo que causaram e causam por onde passam. Então, umas das funções do blog citado, George Orwell na sua obra "1984" desvendou quando disse "Quem controla o passado, controla o futuro. Quem controla o presente, controla o passado." O blog se presta, senão tão somente, mas certeiramente para principalmente a manipulação dos fatos, da História (a verdadeira e não a marqueteira). Podemos, e talvez apenas devemos entender assim toda essa chula tagarelice: pegar os parvos.

    Cobalto, die Jagdquack.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Cobalto,

      O que acho é que não tem sentido citar textos bíblicos cujo cunho é meramente preconceituoso, os tais "santos" só ofendem sem dar subsídio, e isso é frágil, é maniqueista e sem profundidade.
      O que é bom, o que é ruim?
      Isso não tem sentido, para os judeus, judeu é fantástico, para humanos eles são a peste em pessoa.
      Mas quem está certo?
      O que é certo ou errado?
      O dualismo é sempre dialético, não existe sob uma ótica pragmatica.
      Se eu fosse judeu, eu diria que os judeus são zilhões de vezes mais efeitvos que os gentios, e o pior, do ponto de vista gentio penso o mesmo!!
      Eles conseguem impor sua cultura (descultura em minha opinião) e nós parvamente assimilamos como mulas! Vide hollywood e suas "obras"!
      Vide boçais que chamam a besta acéfala einstein de gênio!
      Vide os cristãos que tolamente seguem preceitos que só fortalecem os JUDEUS e ´pior, chamam de salvador, redentor, um judeu, cuja lógica é absolutamente perfeita para o domínio judaico!
      Eu vou dizer que eles são lixos?
      São demônios em minha opinião, mas são brutalmente mais efetivos que todos os gentios juntos, de norte a sul e este a oeste!
      O tal bunda, digo buda é 100% cristão e garantiu que os de olhos puxados esquecessem Temujin e outros nobres guerreiros, que em vez de paparicar um bunda, digo, buda que nem controle sobre si tinha, precisando se afastar misoginamente de mulheres para controlar seu "self", sabiam que SunTzu tinha razão! Os de olhos puxados deveriam entender que muralhas chinesas de verdade não são de pedra, são de espíritos possantes!
      E os judeus é que são os "mauzinhos"?
      Mauzinhos são os boçais que acham que passar o tempo é sadio e legal, sem entender que quem vai morrer, quem tem tempo limitado de vida, NÃO PODE PERDER TEMPO, pois não há tempo para perder!!
      Assim, qual o sentido de se "divertir"?
      Diversão é apriomoramento e não comemorações, comemorações são pertinentes a judeus que nem a vida é deles, é do tal deus!
      Nós gentios temos que tomar vergonha na cara e entender que estamos em guerra, guerra contra alienígenas e suas criações!
      A primeira regra é deixarmos de usar sexo como lazer/prazer, pois isso gera filhotes pusilânimes vocacionados para o lazer/prazer!
      Sexo é sagrado, não sob ótica religiosa, mas sob ótica PRESERVACIONISTA, assim em vez de acharmos que comer uma gatinha é legal, deveriamos ensinar essas gatinhas que vagina não é parquinho de diversão de cafajeste, edonista, ou até seres com qualidades menores que o máximo!
      A segunda é NUNCA INGERIR ÁLCOOL, pois álcool é a mais efetiva arma JUDAICA!
      É com álcool que o ...u do bêbado vira "orgão sexual", que o orgão sexual da bêbeda vira parquinho de diversão e que anticoncepcional vira algo salutar!
      O resultado? O resultado é excrementos (qualquer um que entende que existe sexo anal é excremento, visto que sexo é reprodução e do ânus o único nascido é excremento) ditando leis misóginas onde o órgão absoluto da perpetuação da espécie é aquilatado ao esgoto do corpo!

      Continua

      Excluir
    2. Continuação

      O tal pênis é absoluto, insubstituível, e esse nem filho gera só!
      Enquanto a VAGINA, a porta mágica e sagrada da vida, a ÚNICA que pode gerar só (partenogênese), a tal que até o tal chamado deus precisou sequestrar e tomar de assalto para gerar seu filhote dileto, o tal cristo, e olha que esse tal ser se acha deus!
      E mesmo "deus" precisou de uma MULHER, precisou de uma VAGINA para gerar seu "omunculo de tróia"!
      Conseguiu entender quem é de verdade a divindade?
      Conseguiu entender o que é MISOGINIA?
      E se existem fecoafetivos dizendo que vaginas valem tanto quanto um ...u, o esgoto do corpo, isso é razão de sobra para que repensemos nosso modus operandi!

      Eu entendi isso, e defendendo a ESPÉCIE humana, abro mão de me refestelar entre as pernas de uma mulher, e olha que sou um personagem que deixa a mulherada em agito total, pois além de bem apessoado, sou inteligente e inteligência é 1000% afrodisíaca para mulheres com cérebro!
      E mesmo que elas não se respeitem, eu as respeito e as protejo dos maus habitos!
      Não é facil, é coisa para homem e não "omem"!

      Entenda caro Cobalto, que o que f...de a humanidade não é o judeu, é a estupidez!
      Eles são apenas golens, entidades sem futuro, apenas peões de deus, eles nada podem contra um pensante, contra um que opta pela evolução do espírito a qualquer custo, por isso precisaram do tal cristo, um judeu mutante com pegada gentia e apoiado pela prodigiosa mídia judia!

      A carne, o cadavorismo é outra arma judia, se observares a própria "profissão" de cafetão de quadrúpedes é 100% judaica!
      Afinal quem são os "pastores"?
      E qual o gentio que abre mão do churrasco e da cervejinha de final de semana?

      Ou seja, a cada fim de semana, os gentios enchem as burras de "ambevcidos" judeus e pastores do "senhor" e ainda ousam discutir sobre os males dos judeus!
      É o mesmo que dizer que sodomia e pederastia não prestam e irem fazer exame de próstata!
      É o mesmo que dizer que mulheres devem ser castas e dizerem as suas mulheres para irem a gineco homem!
      É o mesmo que dizer que saúde é tudo e deixar a saude nas patas de mérdicos!
      Aliás, essa profissão é outra arma judaica!
      E se não acredita pense no fato de serem as maiores industrias do planeta, as fármacos, isso talvez seja elucidativo!
      Se uma industria depende da doença para lucrar, vide mérdicos e farmlabs, qual o sentido de acreditar que essas mesmas empresas vão ajudar a nossa saúde?

      Entendeu que os culpados da masela humana NUNCA foram os judeus?
      Só a estupidez condena a humanidade, e os judeus agradecem, afinal graças a estupidez humana eles estão ganhando a humanidade de lavada e a terra de mão beijada.
      Beijada por deus!

      Grato pela atenção

      Excluir
    3. Vapera, não sei o que andam falando sobre Jesus pra você. Mas Ele é o antídoto ao que você critica se praticado corretamente. A questão é que não andam ensinando corretamente. A consequência é uma prática inadequada. Então, o problema não é Jesus, é o que andam a "ensinar".

      E diria que é o mau-caratismo que condena a humanidade. Existem dois tipos de estúpidos: aquele com falta de inteligência e o inculto. Então, estúpidos podem fazer boas e más ações inocentemente sem negarem a si mesmos. Já o mau-caráter nunca poderá ser bom, senão negará a si próprio.

      O homem simples ("estúpido") pode ser induzido para o bem ou para o mal sobre algo que não conheça. Vai depender do caráter de quem controla as cordas. E mesmo que desconfie e questione, poderá ainda assim ser maldosamente direcionado ao erro.

      Cobalto, die Jagdquack.

      Excluir
    4. Caro Cobalto,
      A culpa não é minha é da filosofia proposta e essa está na bíblia, no novo testamento, no mai-vos uns aos outros e etc.
      É uma proposta piegas e fragilizante, mas entendo que pode ser que ele disse outra coisa, mas além de não conhece-la, observo que os judeus foram doutrinados a enganar gentios, e acreditar em judeus é no meu entender algo deveras incoerente.
      Mas sempre sou ouvinte de propostas outras que possam melhorar minhas epistemológicas analises.
      Por conta disso peço que me diga o que é que ele falou que é benéfico para gentios e maléfico para judeus.
      No mais, não me leve a mal, mas se alguém pode se bandear tanto para um lado como para o outro, como o estúpido, entendo como algo nocivo, visto que sequer entende o caminho coerente, entendo tais seres como perniciosos, são aqueles que não se importam de assistir uma novela, são aqueles que não se importam de entender sexo como lazer e até anal, e como já disse, quem entende orificio de defecar, esgoto do corpo como orgão sexual é igual ao que "nasce" desse orifício.

      Se tu estivesse correto, a natureza não se esmeraria em liquidar tais entes no mundo animal, no mundo humano tais entes só existem por que o tal deus defende-os pois é com tais personagens grassando que a coisa vai ficar sem graça muito em breve!

      Excluir
    5. Um exemplo de Evangelho mal ensinado é a negligência total de certos versículos como Tito 1:14. Se ele fosse devidamente explorado e ensinado como fazem com vários outros ... humm

      Sobre "o que f...de a humanidade não é o judeu, é a estupidez!" citando o exemplo de corrupção, a área da saúde (médicos, pesquisadores, fármacos, ...), estes não são estúpidos em nenhum dos 2 sentidos. São de maucaratismo.

      Se "podem se bandear de um lado para outro" é sinal que pode-se corrigir sua rota e alvo. Já o mau-caráter nunca poderá ser bom, senão negará a si próprio. Os estúpidos apenas precisam de uma liderança de bom caráter que deixam de ser problema. Um mau caráter estraga até um não-estúpido.

      Cobalto, die Jagdquack.

      Excluir
    6. Vapera
      Estou 1000% atraida. Mas vc não está com esse cacife todo. 999% da mulheres não conseguem entender 999,99% do que vc fala. Sissi

      Excluir
  7. Quanto à crítica de influentes pessoas judaicas expondo suas pretensões de domínio ideológico (pois o real se encontra relativamente cumprido) judaico segue artigo que mostra que tais críticas são censuradas e caluniadas como mero preconceito no pior sentido, o de intolerância gratuita, o que é uma mentira óbvia já na primeira análise.

    Você é um “antissemita” se você repete o que a elite judaica diz sobre judeus – por David Duke

    http://nazismo-verdades-e-mentiras.blogspot.com.br/2015/01/voce-e-um-antissemita-se-voce-repete-o.html

    ResponderExcluir
  8. Sr Toedter
    Desta vez o Sr ganhou o Oscar “Pinóquio de ouro”.
    O Sr como aposentado , tem tempo de “bolar” estas distorções e falácias, mas poderia usar melhor o seu tempo.
    Pelo que entendi, os judeus querem e até exigem que alguém os mate!
    Os nazistas, na verdade, foram bondosos, recolhendo-os em fazendas
    de concentração e exterminando-os como gado.
    O Sr acredita realmente, que alguma pessoa com um mínimo de conhecimento histórico e discernimento vai acreditar nisto ?
    Não estou falando da meia dúzia de fanáticos que sempre estão por aqui...
    Acredito que o Sr não vai publicar isto, mas estou escrevendo, como diz o título
    do filme de James Bond: “for your eyes only”.
    E sim, nazista é palavrão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro soldado a soldo do senhor.

      Não é meu costume repicar debate inócuo, sobretudo em blog alheio, entretanto como hoje domingo estou de folga vou fazer-lhe um favor e mostrar que escolhestes errado o seu general.
      Aparece por aqui também alguns que decupam a bíblia de forma bastante elucidativa e sem chance de retrucações vazias, eu por exemplo já mostrei claramente o que vocês são e fazem, já mostrei inclusive que só grupos askenazis podem transmitir aids sem manifestarem sintomas e TUDO graças a um distúrbio em uma posição genética chamada delta 32, e olha só, tal distúrbio é oriundo da infecção da peste negra! E quem colocou a peste negra na europa? Sim, as pestes de deus!! O tal marco polo marrano infiltrado como todo judeu sói ser, foi o contrabandista que colocou o tal rato do deserto de Góbi na europa, o tal que disseminou a tal peste e garantiu as propriedades gentias nas patas das pestes.
      E como já mostrei "N" vezes o deuseco judeu é o master da guerra bacteriológica!
      Você acha que ninguém nota que vacinas surgem depois que surge a peste?
      Sabin sabia disso, fleming, pasteur, todos judeus sabiam disso!

      Responda rápido, as pestes foram criadas pelas pestes para venderem vacinas e destruirem gentios inclusive com roubo de seus pertences "infectados", ou as pestes foram criadas pelo peste para que suas pestes disseminassem a destruição gentia e de lamburja garantiu com isso os bens gentios para suas pestes?

      O post citado é de um site JUDAICO e a culpa é do autor do blog que só o reportou??
      Percebeu o raso cinismo de sua argumentação com "tempo de “bolar” estas distorções e falácias,", isso sim é que é tempo mau aproveitado!!
      ISSO é a capacidade judaica!
      O que me espanta é como o gentio pode ser tão estúpido para ter sido submetido por personagens de tão baixa capacidade intelectual!

      O título pinóquio de ouro não é mais pertinente aos pimpolhos de deus e seus "narizinhos" de reinações divinas?
      Se nazista é palavrão, judeu é o que?
      Seu cabedal histórico foi aprendido em filmecos de ian fleming!
      Que coincidência, a literatura é judia! :-D

      Foi mal sr. Toedter, mas às vezes eu não resisto em desbancar trolls com uma boa trolhada! :-D

      Excluir
  9. Príncipe tailandês que nega Holocausto e admira Hitler, deixa judeus "decepcionados":

    http://www.dailystormer.com/thai-royal-praises-hitler-denies-jew-holocaust/

    Nós também estamos "decepcionados" com o que os judeus fazem na Palestina.

    E será que agora dá crise financeira na Tailândia?

    Cobalto

    ResponderExcluir
  10. Olhando a lista de países que expulsaram judeus nos últimos 2.000 anos, o que você concluiria que seja o problema? São as pessoas nesses diversos países e épocas ou é a maneira de vida dos judeus? E onde entra o "monopólio da culpa" do tal do Sionismo nesta expulsões todas?

    108 locais diferentes de onde os judeus foram expulsos desde 250 d.C.:

    ANO . . . . . . . . . LOCAL

    250 - - - - - - - - - Cartago
    415 - - - - - - - - - Alexandria
    554 - - - - - - - - - Diocese de Clermont (França)
    561 - - - - - - - - - Diocese de Uzès (França)
    612 - - - - - - - - - Espanha visigoda
    642 - - - - - - - - - Império visigodo
    855 - - - - - - - - - Itália
    876 - - - - - - - - - Sens
    1012 - - - - - - - - Mainz
    1182 - - - - - - - - França
    1182 - - - - - - - - Alemanha
    1276 - - - - - - - - Alta Baviera
    1290 - - - - - - - - Inglaterra
    1306 - - - - - - - - França
    1322 - - - - - - - - França (novamente)
    1348 - - - - - - - - Suíça
    1349 - - - - - - - - Hielbronn (Alemanha)
    1349 - - - - - - - - Saxônia
    1349 - - - - - - - - Hungria
    1360 - - - - - - - - Hungria (novamente)
    1370 - - - - - - - - Bélgica
    1380 - - - - - - - - Eslováquia
    1388 - - - - - - - - Estrasburgo
    1394 - - - - - - - - Alemanha
    1394 - - - - - - - - França
    1420 - - - - - - - - Lyons
    1421 - - - - - - - - Áustria
    1424 - - - - - - - - Fribourg
    1424 - - - - - - - - Zurique
    1424 - - - - - - - - Colônia
    1432 - - - - - - - - Savoy
    1438 - - - - - - - - Mainz
    1439 - - - - - - - - Augsburg
    1442 - - - - - - - - Holanda
    1444 - - - - - - - - Holanda
    1446 - - - - - - - - Bavária
    1453 - - - - - - - - França
    1453 - - - - - - - - Breslau
    1454 - - - - - - - - Wurzburg
    1462 - - - - - - - - Mainz
    1483 - - - - - - - - Mainz
    1484 - - - - - - - - Varsôvia
    1485 - - - - - - - - Vicenza (Itália)
    1492 - - - - - - - - Espanha
    1492 - - - - - - - - Itália
    1495 - - - - - - - - Lituânia
    1496 - - - - - - - - Nápoles
    1496 - - - - - - - - Portugal
    1498 - - - - - - - - Nuremberga
    1498 - - - - - - - - Navarra
    1510 - - - - - - - - Brandenbergo
    1510 - - - - - - - - Prússia
    1514 - - - - - - - - Estrasburgo
    1515 - - - - - - - - Gênova
    1519 - - - - - - - - Regensburg
    1533 - - - - - - - - Nápoles
    1541 - - - - - - - - Nápoles

    Cobalto, die Jagdquack.....continua

    ResponderExcluir
  11. 1542 - - - - - - - - Praga e Bohêmia
    1550 - - - - - - - - Gênova
    1551 - - - - - - - - Bavária
    1555 - - - - - - - - Pesaro
    1557 - - - - - - - - Praga
    1559 - - - - - - - - Áustria
    1561 - - - - - - - - Praga
    1567 - - - - - - - - Wurzburg
    1569 - - - - - - - - Estados Pontifícios
    1571 - - - - - - - - Brandenburg
    1582 - - - - - - - - Holanda
    1582 - - - - - - - - Hungria
    1593 - - - - - - - - Brandenburg, Áustria
    1597 - - - - - - - - Cremona, Pavia e Lodi
    1614 - - - - - - - - Frankfurt
    1615 - - - - - - - - Worms
    1619 - - - - - - - - Kiev
    1648 - - - - - - - - Ucrânia
    1648 - - - - - - - - Polônia
    1649 - - - - - - - - Hamburgo
    1654 - - - - - - - - Pequena Rússia (Bielorrússia ou Belarus)
    1656 - - - - - - - - Lituânia
    1669 - - - - - - - - Oran (África do Norte)
    1669 - - - - - - - - Viena
    1670 - - - - - - - - Viena
    1712 - - - - - - - - Sandomir
    1727 - - - - - - - - Rússia
    1738 - - - - - - - - Wurtemburg
    1740 - - - - - - - - Pequena Rússia (Bielorrússia ou Belarus)
    1744 - - - - - - - - Praga e Bohêmia
    1744 - - - - - - - - Eslováquia
    1744 - - - - - - - - Livônia
    1745 - - - - - - - - Morávia
    1753 - - - - - - - - Kovad (Lituânia)
    1761 - - - - - - - - Bordéus
    1772 - - - - - - - - Deportações para assentamentos (Polônia e Rússia)
    1775 - - - - - - - - Varsóvia
    1789 - - - - - - - - Alsácia
    1804 - - - - - - - - Vilas na Rússia
    1808 - - - - - - - - Aldeias e áreas rurais na Rússia
    1815 - - - - - - - - Lubeck e Bremen
    1815 - - - - - - - - Francônia, Suábia e Baviera
    1820 - - - - - - - - Bremen
    1843 - - - - - - - - Rússia, Áustria e Prússia
    1862 - - - - - - - - Áreas nos EUA sob a jurisdição do general Ulysses Grant
    1866 - - - - - - - - Galatz, Romênia
    1880 - - - - - - - - Rússia
    1891 - - - - - - - - Moscou
    1919 - - - - - - - - Bavária (estrangeiros nascidos judeus)
    1938-1945 - - - - Áreas controladas pelo nazismo

    Tem gente precisando se benzer.

    Cobalto, die Jagdquack.

    ResponderExcluir
  12. Sr. Toedter, se acreditar pertinente este comentário peço que aceites, pois gostaria de deixar aqui um link de um blog de autoria minha como de meus camaradas do Rio Grande do Sul. E também gostaria de aclarar com minhas parabenizações o teu blog. Serve de exemplo para a juventude, esta incansável luta em prol da verdade. Singelo Abraço.
    Cordialmente K. Der Krieger. aqui o link http://kderkrieger88.blogspot.com.br/ desde ja agradecido.

    ResponderExcluir
  13. Vcs sao a favor do massacre feito pela Siria, Iraque, Iran,...???

    ResponderExcluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas não são bem-vindas, agressões e baixarias não serão publicadas.