29 de maio de 2015

JORNALISMO INVESTIGATIVO

O chefão do serviço secreto convoca o agente X-9 ao seu gabinete e o interpela: Mandei o senhor vigiar os JORNALISTAS INVESTIGATIVOS. Quero saber por que o senhor até agora não fez seu relatório? O agente X-9 responde: Desculpe chefe, mas não encontrei nenhum... Ouvi essa blague outro dia num programa satírico e agora pergunto aos meus leitores se não é isso mesmo o que acontece. Sumiram, acabaram com aquele jornalista que não dava trégua, fuçava atrás dos bastidores, não se conformava com fatos nebulosos, não esclarecidos. Se não, vejamos:

Já se passaram mais de sessenta dias desde que morreram em acidente de avião 150 pessoas. Isto em plena Europa. Em menos de 24 horas as autoridades decretaram que a causa do acidente foi a instabilidade emocional do copiloto que resolveu se suicidar, derrubando a aeronave que dirigia. Ele se matou de maneira absolutamente original e levou consigo mais 149 passageiros e tripulantes. Só pela lógica fica evidente que é mais que impossível solucionar uma ocorrência destas em tão curto prazo. Mas este “prato cheio” não chegou a sensibilizar qualquer jornalista, trabalhador da INFORMAÇÃO. Nenhum órgão de formação da opinião pública revelou ter entre os seus colaboradores um daqueles verdadeiros pesquisadores da notícia. Daria para encher páginas com as dúvidas que o acidente do GERMANWINGS D-AIRX deixou sem resposta. Vou exibir apenas algumas e suscintamente.

Terrorismo – Desde setembro de 2001 temos aí o primeiro suspeito de planejar ou praticar qualquer ato de violência. Mas neste caso poucas horas depois do crash e antes que equipes de socorro pudessem chegar ao local do desastre, os primeiros ministros Merkel (Alemanha) e Hollande (França), bem com a administração Obama (USA) se apressaram a comparecer às telinhas e microfones para declarar que a possibilidade de ataque terrorista estava excluída. Atitude surpreendente.
Mirage – Na hora e local do acidente testemunhas, inclusive o prefeito de Meolans Revel, viram dois ou três aviões de combate da força aérea francesa em voo de ida e volta. O que estavam fazendo ali?
Aviso de emergência – Apesar de depois ter sido negado foi divulgado (Spiegel Online, CNN) de que fora captado um sinal de emergência. Um suicida não pede socorro.
Explosão e fumaça – Testemunhas afiançaram terem ouvido explosão ou explosões. Uma declarante disse ter visto fumaça saindo do avião.
Black Box – De início noticiaram que acharam a Caixa Preta, porém sem o dispositivo gravador dos dados. Até mostraram algo como uma caixa metálica toda amassada. Muitos dias depois noticiou-se que teriam achado a Caixa Preta (agora completa) e que os dados estariam confirmando tudo que haviam dito. Mostrou-se a imagem do objeto preto, preto mesmo (não devia ser vermelho?), todo encalacrado, como se tivesse acabado de ser desenterrado por arqueólogos. Os dados da Black Box do MH17 abatido sobre a Ucrânia estão sendo analisados até hoje pelos peritos na Holanda.
Gravador de Voz – Este foi logo achado e gravou inicialmente só a respiração do copiloto(?), mais tarde isto foi completado com sons de batidas e gritos. Alguma coisa foi divulgada na internet, mas gerar deduções é preciso que se tenha muita imaginação.
Machadinha – O piloto, trancado para fora da cabine, teria tentado arrombar a porta com auxílio de uma machadinha (vide batidas). Impõe-se a pergunta: onde é que ele teria encontrado tal instrumento a bordo de um avião de passageiros onde hoje até a presença de uma liminha para unhas é proibida?
Destroços – Há que se duvidar de que o impacto de um avião no solo, mesmo numa elevação do terreno e por maior que fosse, tivesse a capacidade de desintegrar a aeronave de tal forma, em milhares de minidestroços e, ainda, espalhá-los por uma área tão vasta e acidentada. Nem mesmo o local onde teria se dado o impacto foi identificado.
Vítimas – Em caso de acidente aéreo a mídia sempre destaca em seus noticiários o resgate e posterior identificação das vítimas. Basta lembrar o caso do Boeing 777 da Ucrânia. Até um trem com vagões refrigerados entrou em cena. As vítimas do GERMANWINGS 4U9525 não mereceram esta atenção.

Atenção a este caso é exatamente o que não se queria. O COPILOTO SE SUICIDOU e acabou! E ficou sendo a opinião corrente, pergunte a quem quiser pela causa da queda do Germanwings e ele responderá (se ainda se lembrar) que foi o copiloto.

Acabaram os jornalistas investigativos. Ou se tornaram muito preguiçosos, ou são mal pagos, ou lhes falta ambição profissional, OU SÓ PODEM PUBLICAR O QUE O DONO MANDAR.

Toedter

20 comentários:

  1. "Atenção a este caso é exatamente o que não se queria. O COPILOTO SE SUICIDOU e acabou! E ficou sendo a opinião corrente, pergunte a quem quiser pela causa da queda do Germanwings e ele responderá (se ainda se lembrar) que foi o copiloto."

    A realidade factual impoe-se a qualquer especulacao,mas uma idiotice como a do post alimenta debeis mentais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante. Temos aí um patrulheiro que se sentiu melindrado pelas dúvidas expostas e reagiu com violência. Por que será?

      Excluir
  2. Certamente, estes casos de acidentes aéreos são investigados com pouco rigor. Daí os investigadores determinam uma causa qualquer para o que ocorreu com as aeronaves, sem comprovar nada! Fico me perguntando, se os investigadores do acidente do avião da Germanwings, tinham as escutas das Caixas pretas que eles dizem terem sido gravadas no dia da tragédia daquela aeronave, porque até agora não divulgaram estas supostas gravações na mídia mundial? Muito estranho isso.

    Abraços, Nobre Toedter!

    ResponderExcluir
  3. mais que simples e que o levou a sair da toca, as provas judiciais, ou o senhor pensa que todo o mundo se rege pela sua bitola de conspiracoes, o caso e mais serio do que a sua brincadeirinha e mete seguradoras e negociacoes indemenizacoes declaracoes judiciais de mortes legais e outras coisas que so quem vive neste mundo percebe, sem patrulheiros nem machadinhas, a realidade desmonta toda a sua trama conspirativa, mas os patrulheiros se quiser tem por missao mostrar a verdade e nao o deixar mentir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então sr. bravo Anônimo que vive neste mundo, por favor guie-nos até a tão sonhada realidade. Você fala da realidade de uma maneira tão vazia. Digita, digita e não nos mostra nada. Só o que fez foi ofender - "as injúrias são os argumentos daqueles que não têm razão" - quem pensou de maneira diferente e, com todo direito, apresentou dúvidas nesse caso no mínimo estranho. Aliás, nem diria que o Sr. Toedter pensou de maneira diferente, diria que ele simplesmente pensou. Algo que você, que aceita sem questionar tudo o que vê na TV, não fez e provavelmente continuará não fazendo enquanto continuar temendo a verdade.
      Permita-me usar a frase de Jordan Maxwell, da postagem anterior: “as pessoas sempre irão apoiar o que elas querem ouvir, mas não apoiarão o que não querem ouvir”. Essa frase lembra tipos como você.

      Marcello Henrique - Vila Velha/ES

      Excluir
    2. Estranho... a democracia louva a divisão dos três poderes, legislativo, judiciário e executivo inspirada em parte nos postulados de Montesquieu.

      Mas a mídia é monopolizada pelas agências de noticias, Havas, Reuters, Bloomberg que pertencem à um só poder, o judaísmo internacional.

      É difícil aceitar que tais agências em certos assuntos irão nos dar as informações sem omissões e imparciais.

      Tem gente, como o anônimo acima, que acha que não só a maioria é otária, mas sim que todos são otários!

      Excluir
    3. "O século 20 produziu uma espécie terrível de pessoas: a do homem que acredita realmente que é publicado nos jornais."
      Oswald Gottfried Spengler, historiador e filósofo alemão.

      "Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador."
      Eduardo Galeano, escritor uruguaio.

      "Quem vive da mentira deve temer a verdade!"
      Friedrich Christian, Príncipe de Schaumburg Lippe

      "A razão pela qual os homens são silenciados não é porque eles falam falsamente, mas porque eles falam a verdade. Isso porque, se os homens falam mentiras, suas próprias palavras podem ser usadas contra eles, enquanto se eles falam verdadeiramente, não há nada que pode ser usado contra eles, exceto a força."
      John “Birdman” Bryant, americano (26/10/1943 - 26/02/2009) autor do livro "Everything You Wanted to Know about Jews ... But Were Afraid to Ask Because You Thought You'd Be Called "Anti-Semitic".

      "A população geral não sabe o que está acontecendo, e nem sabe que não sabe."
      Noam Chonsky, linguísta judeu numa autoconfissão.

      “Qualquer pessoa que ainda possua algum resíduo de honra deve ter muito cuidado em não se tornar um jornalista”.
      Paul Joseph Goebbels, ex-Ministro do III Reich.

      "O outro grande poder é a imprensa. Ao repetir sem cessar certas ideias, a imprensa consegue o fim em tê-los aceito como realidades. O Teatro (hoje substituído pelo cinema e tv) nos presta serviços análogos. Em todos os lugares da Imprensa e do Teatro obedecer nossas ordens."
      Trecho do discurso "Oração Fúnebre" feito em 1869 pelo rabino Reichhorn.

      “Perdeis o tempo a tagarelar. Enquanto não se achar em nossas mãos a imprensa do mundo inteiro, tudo o que fizerdes será infrutífero. É preciso que dominemos a imprensa universal, ou ao menos influamos nela, se quisermos iludir e escravizar os povos”.
      Escreveu em 1840, Sir Moses Haim Montefiore (24/10/1784 - 28/07/1885), conhecido como Barão de Montefiore, filantropo judeu.

      Veritas odium parit.

      Cobalto, die JagdQuack..

      Excluir
    4. Vai ocorrer agora o encontro Bilderberg

      http://inacreditavel.com.br/wp/bilderberg-2015/

      E o que comentei no artigo acima reproduzo aqui em resposta ao anônimo mal intencionado:

      E ainda me aparecem estúpidos e principalmente mal intencionados insistindo em dissuadir as pessoas a considerarem o peso da influência de grupos secretos ou que omitem descaradamente (como é o caso dos Bilderberg) suas ações e sua agenda.

      Conspiração é coisa séria, se não fosse não haveria tanto esforço para desqualificar o questionamento dos que não se satisfazem com notícias superficiais e mau contadas.

      Excluir
  4. Essa mídia além de não investigar, não publica quem investiga. Vejamos alguns exemplos:

    Israel ataca Síria com bomba nuclear ou termobárica.
    https://www.youtube.com/watch?v=jC0LI_jR68A

    Israel ataca Síria com bomba nuclear.
    https://www.youtube.com/watch?v=4pI2Liqn7oY

    Israel e Arábia Saudita usam bomba atômica de nêutrons no Iêmen.
    https://www.youtube.com/watch?t=52&v=OTE_Eshm2xw

    Cobalto

    ResponderExcluir
  5. Sr Toedter :

    Entendo que voc levantou duvidas, perguntas sem resposta, e que viu detalhes mal contados.

    Entao na sua opinião, se não foi suicidio do piloto, o que realmente teria acontecido ? Qual seria a realidade dos fatos, que foi ocultada do publico ? Como o aviao caiu, entao ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Versões existem muitas, é só procurar. Uma já foi publicada neste blog e agora pode ser encontrada no livro "Pobre Mundo Novo". Quem sabe a verdade já mostrou que não vai publicar.

      Excluir
  6. Sr Toedter:

    Vale a pena refletir sobre o que escreveu o jornalista Janer Cristaldo (1947-2014) no livro COMO LER JORNAIS, uma obra que disseca, um pouco, sobre o funcionamento dos veículos midiáticos.

    "O homem é um animal político – dizia Aristóteles. Isso no tempo da ágora e do areópago.
    Aristóteles também desenvolveu uma lógica, cujas premissas determinam até hoje
    qualquer discurso que se pretenda racional.

    Mas vivemos dias televisivos, de apelo ao irracional, em que a boa lógica não vale um vintém.

    A ágora virou telinha em tubo catódico.

    O homem contemporâneo tornou-se um animal midiático, que aceita sem titubear nem pensar qualquer despautério que emane do vídeo ou que esteja impresso.

    O que a imprensa afirma ou reproduz, o animal midiático engole e digere."

    Augusto Landini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por falar em "tubo catódico" ...
      https://www.youtube.com/watch?v=qCBK8QuaK2Y

      Cobalto

      Excluir
    2. O homem da cultura youtubiana

      Excluir
    3. E vc da geração (judaica) coca-cola:
      https://www.youtube.com/watch?v=bMHApq8zSYM
      (Só serve, e servem, pra isso mesmo)

      Cobalto

      Excluir
    4. O senhor não tem vergonha de não apresentar uma única prova ou um indicio solido daquilo que escreve? ainda estou a espera de um celebre documento. mas como diz o adagio, "Quem não tem vergonha todo o mundo é seu" Será mas pelos piores motivos

      Excluir
    5. Como diz outro adágio popular "O saco de arroz pesa mais que um saco de feijão, porque o saco de arroz tem 5 kg e o de feijão tem 2 kg."

      https://www.youtube.com/watch?v=SMFjUIAZDIs

      Cobalto

      Excluir
  7. Caro anônimo,
    Toedter não tem vergonha, não tem compromisso com a verdade. Toedter é nazista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cabe a pergunta: quem ou o quê estes patrulheiros anônimos estão defendendo com tais ofensas gratuitas e sem qualquer nexo com a matéria postada?

      Excluir
    2. Pegue o IP do "soldado" de papagaio e denuncie por calúnia, difamação e injúria. Terá que provar o que diz. É caso ganho.

      Excluir

Escreva aqui o SEU pensamento sobre o assunto. É dispensável repetir o que já é de domínio público. A indicação de links deve ser acompanhada de breve descrição do conteúdo. Mensagens anônimas não são bem-vindas, agressões e baixarias não serão publicadas.